Objetivos

Formar docentes e pesquisadores de alto nível na área de Psicologia contribuindo, assim, para a melhoria da qualidade do ensino da graduação no país e da produção de conhecimentos científicos.

Histórico

O Programa de Pós-Graduação em Psicologia da PUC-Campinas foi criado no final da década de setenta. Originou-se a partir de um Curso de Especialização que ao consolidar-se oportunizou a criação de um Mestrado Acadêmico com uma área de concentração em psicologia clínica. Do ponto de vista teórico foram respeitadas as duas principais abordagens que já estavam presentes na formação dos graduandos do então Instituto de Psicologia – comportamental e psicanalítica.  A construção do curso de Mestrado contou com a vinda de docentes prestigiados, reconhecidos tanto no Brasil quanto no exterior, que contribuíram para a formação dos primeiros mestres em Psicologia Clínica da Universidade e da região. Do final dos anos 70 ao início dos 90, foram formados 125 mestres em Psicologia Clínica e o corpo docente do programa integrava quinze pesquisadores. A partir de 1990, em função de uma demanda crescente, foi criada uma nova área de concentração no mestrado – psicologia escolar. Com o funcionamento desta nova área, várias mudanças ocorreram, dentre elas a reestruturação do espaço físico e a ampliação do corpo docente. A diversidade de posicionamentos teóricos e o contexto propício ao debate científico contribuíram para o necessário amadurecimento do Programa, qualificando-o para a submissão à CAPES da proposta do curso de Doutorado que contou com a aprovação, apoio e entusiasmo institucional. O incentivo havia surgido dos próprios avaliadores da CAPES que consideraram que já havia maturidade suficiente para a criação do nível doutorado de forma a tornar o Programa completo. Em 1995, inicia-se o doutorado em Psicologia da PUC-Campinas, constituindo-se na primeira experiência institucional neste nível de formação.

 

De maneira processual e contínua, a PUC-Campinas foi respondendo a evolução das políticas públicas para o ensino superior brasileiro e constituindo, em seu âmbito, as condições necessárias para o desenvolvimento de pesquisa, desde a implantação do Programa de Iniciação Científica filiado ao PIBIC/CNPq até a implantação de uma carreira docente que prioriza a vinculação em tempo integral de todos os docentes pesquisadores com a Universidade, com metade das horas destinadas exclusivamente ao desenvolvimento de projetos de pesquisa no contexto dos Grupos de Pesquisa institucionais certificados junto ao Diretório de Grupos de CNPq. De modo análogo, a Faculdade Psicologia ao longo das décadas vem reestruturando seu currículo de forma a atender não só às diretrizes da área, mas também às mudanças estruturais da própria sociedade brasileira com repercussões para a categoria profissional do Psicólogo. As reestruturações curriculares objetivam, dentre várias dimensões, a integração da pesquisa com o ensino, da graduação com a pós-graduação, qualificando a formação do psicólogo de maneira integral e inserindo-o nos debates nacionais.

 

A Pós-Graduação Stricto Sensu, por outro lado, foi se ajustando às mesmas exigências, reformulando suas linhas de pesquisa e produção para dar consistência à área de concentração PSICOLOGIA COMO PROFISSÃO E CIÊNCIA, que passou a caracterizar o Programa como um todo a partir de 2005. A estrutura curricular atual permanece com uma única área de concentração e duas linhas de pesquisa – intervenções psicológicas e processos de desenvolvimento humano, e instrumentos e processos em avaliação psicológica – em relação às quais integram-se grupos de pesquisa que contemplam a diversidade de teorias e práticas que constituem a profissão.

Público Alvo

Mestres em Psicologia ou áreas de domínio conexo, graduados em Psicologia ou áreas conexas com produção científica comprovada.

Processo Seletivo

Período de Inscrições: 1º a 31 de outubro de 2016

documentos necessários - clique aqui

 

O Processo de Seleção é composto das seguintes fases:

- 1ª fase eliminatória: prova de conhecimentos e suficiência em língua estrangeira, além de prova de suficiência em língua portuguesa para candidatos estrangeiros;
- 2ª fase eliminatória: entrevista, a ser realizada por docentes designados pelo Programa em função das linhas de pesquisa;
- 3ª fase classificatória: média geral obtida a partir das notas parciais da prova de conhecimentos, do anteprojeto, do currículo e da entrevista.

 

Calendário do Processo Seletivo:

 

Prova escrita de conhecimentos específicos
08/11/2016 (das 9h às 12h)
Local: Auditório da Biblioteca (Campus II)

 

Exame de suficiência em língua estrangeira *
Língua Inglesa
08/11/2016 (das 14h às 17h)
Local: Auditório da Biblioteca (Campus II)

 

Língua Espanhola
09/11/2016 (das 9h às 12h)

Local: Bloco A – Sala A35

 

Língua Francesa
09/11/2016 (das 14h às 17h)

Local: Bloco A – Sala A43A

 

Exame de suficiência em língua portuguesa (para candidatos estrangeiros)
10/11/2016 (das 9h às 12h)

Local: Bloco B – Sala B41

 

* Observação: No caso de ingresso direto no curso de Doutorado (sem conclusão prévia de curso de Mestrado na PUC-Campinas ou em Programa de Pós-Graduação reconhecido pelo MEC), o candidato deverá submeter-se a provas de suficiência em dois idiomas, sendo obrigatória a aprovação no Exame de Suficiência na Língua Inglesa, além da aprovação no Exame de Suficiência em um segundo idioma, Espanhol ou Francês, em relação ao qual o próprio candidato fará sua escolha.

 

Divulgação dos resultados da 1ª fase (eliminatória)
18/11/2016

 

Entrevistas
22 e 23/11/2016

 

Publicação dos resultados classificatórios
05/12/2016

 

Todo o processo de seleção será realizado no endereço abaixo:

PUC-CAMPINAS (CAMPUS II)
Programa de Pós-Graduação em Psicologia
Avenida John Boyd Dunlop, s/nº - Jardim Ipaussurama - Campinas/SP

CEP 13060-904

 

 

Documentos Necessários

- Preenchimento do Formulário de Inscrição on-line
- 1 cópia legível e autenticada do RG (ou RNE, se estrangeiro)
- 1 cópia legível e autenticada do CPF
- 1 foto 3x4
- 1 cópia legível e autenticada do Histórico escolar do Curso de Mestrado ou, caso não tenha cursado Mestrado, do Curso de Graduação
- 1 cópia legível e autenticada do Diploma * do Curso de Mestrado (ou Certificado de conclusão do Curso de Mestrado) ou, caso não tenha cursado o Mestrado, Diploma * do Curso de Graduação (ou Declaração de Conclusão de Curso de Graduação no ano corrente - por exemplo: Certidão de Pressuposta Conclusão de Curso de Graduação **)
- 1 cópia do exemplar da dissertação de mestrado, quando defendida fora da PUC-Campinas
- 1 via impressa do Currículo cadastrado na Plataforma Lattes do CNPq (anexar cópia de todas as produções)
- Anteprojeto de pesquisa

 

* São aceitos diplomas de Cursos de Graduação ou Mestrado emitidos em outros países, desde que revalidados no Brasil, de acordo com a legislação vigente. Só serão aceitos os diplomas emitidos por Programas de Mestrado reconhecidos pela CAPES.

** OBS.: por ocasião da matrícula, o candidato selecionado deverá, obrigatoriamente, apresentar Histórico e Diploma, ou Certidão de Conclusão de Curso.

 

Anteprojeto:
O anteprojeto deverá ser apresentado de maneira clara e resumida ocupando no máximo 10 páginas digitadas em espaço 1,5, letra arial 12.
Deverá apresentar: Título; Justificativa (científica, social, pessoal para realização da pesquisa); Fundamentação teórica (referencial teórico e conceitos básicos envolvidos nos eixos dos fundamentos); Métodos (fundamentos metodológicos, participantes, material e procedimento); Plano para Análise dos Resultados; Cronograma; Referências Bibliográficas.

Observação: Trata-se de um anteprojeto, que deve exclusivamente fornecer ao colegiado do Programa condições para identificar possibilidades de acolhida do candidato nas diferentes Linhas de Pesquisa, bem como dar indicações do grau de familiaridade do candidato com o campo da pesquisa/ciência.

 

Entrega da Documentação:
Os documentos devem ser entregues no período de 1º de outubro a 1º de novembro na Secretaria Acadêmica do Programa, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h (ATENÇÃO: em função das datas de realização do Vestibular 2017 da PUC-Campinas, não será possível a entrega de documentos na Secretaria Acadêmica do Programa no dia 21 de outubro, sexta-feira). Também serão aceitos os documentos enviados via correio para o endereço indicado abaixo, desde que a postagem ocorra até o dia 31 de outubro. Obs: a inscrição será indeferida se as regras institucionais não forem cumpridas.

 

Procedimento para confirmação da inscrição:
A inscrição será validada apenas e tão somente por ocasião da entrega dos documentos comprobatórios na Secretaria Acadêmica do Programa, além do pagamento da taxa de inscrição. Após o preenchimento e envio do Formulário de Inscrição on-line no portal da PUC-Campinas, será fornecida a opção de pagamento da taxa de inscrição por meio de boleto bancário ou cartão de crédito.

 

Endereço:
PUC-Campinas
Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Psicologia - Campus II
Avenida John Boyd Dunlop, s/n
Jardim Ipaussurama - Campinas / SP
CEP 13060-904

a) CAPES/MEC: Programa de Suporte à Pós-Graduação de Instituições de Ensino Particulares;
b) CNPq/MCT: Doutorado (GD).

c) PUC-Campinas/Reitoria: isenção de 50% no valor da mensalidade escolar.

 

A PUC-Campinas realiza, anualmente, um processo de seleção para ingresso de novos alunos regulares em seus Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu. As inscrições ocorrem, regularmente, no mês de outubro, e a seleção, no mês de novembro.

O Processo de Seleção contempla as seguintes etapas:


- Prova dissertativa de conhecimentos da área;
- Análise pontuada do curriculum vitae do candidato;
- Prova de suficiência em língua estrangeira *;
- Análise pontuada do anteprojeto de pesquisa;
- Entrevista.

 

* Observação: No caso de candidato a ingresso direto no curso de Doutorado (sem conclusão prévia de curso de Mestrado na PUC-Campinas ou em Programa de Pós-Graduação reconhecido pelo MEC), deverá submeter-se a provas de suficiência em dois idiomas, sendo obrigatória a aprovação no Exame de Suficiência na Língua Inglesa, além da aprovação no exame de Suficiência em um segundo idioma, Espanhol ou Francês.

 

O número de vagas é fixado, anualmente, pela Reitoria, ouvida a Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação.

São necessários um total de 32 créditos para a obtenção do diploma de Doutor em Psicologia, área de concentração: Profissão e Ciência. Os créditos (*) são assim distribuídos:

 

1) Disciplinas obrigatórias = 04 créditos (duas disciplinas, perfazendo 02 créditos, duas horas/aula);
2) Seminários Avançados de Pesquisa – SAP = disciplina obrigatória, 06 créditos (três SAPs, perfazendo 02 créditos, duas horas/aula). Só poderá ser cursado um SAP por semestre.
3) Disciplinas eletivas = 06 créditos (duas disciplinas, perfazendo 03 créditos, três horas/aula);
4) Tese = 16 créditos.

 

As disciplinas obrigatórias são de duas naturezas:

a) Obrigatória Geral, que deve ser cumprida por todos os alunos regularmente matriculados no Doutorado no 1º semestre letivo. Trata-se da disciplina indicada abaixo:
- Tendências e Perspectivas em Psicologia Científica (Obrigatória geral)

b) Obrigatória de Linha, serão oferecidas duas das quais o aluno escolherá uma a ser cursada no 1º semestre letivo de acordo com seu Projeto de Tese:
- Prevenção e Intervenção Psicológica
- Avaliação Psicológica: Fundamentos

Cada doutorando, portanto, cumprirá a Obrigatória Geral e uma das duas Obrigatórias de Linha que corresponda a seu projeto de Tese.

 

SAP – Seminário Avançado de Pesquisa: inclui três módulos obrigatórios de 02 créditos a serem cumpridos em três semestres consecutivos. Analisa e acompanha o delineamento de projetos de pesquisa dos alunos, em especial projetos de dissertação e tese, priorizando os aspectos epistemológicos e metodológicos. Promove reflexões acerca das temáticas desenvolvidas pelo Grupo de Pesquisa institucional.

 

A estrutura do Doutorado busca seguir as orientações das agências externas, e supõe um tempo de titulação ideal de quarenta e oito meses (48 meses), o equivalente a oito semestres para a obtenção do título de Doutor em Psicologia.

 

Ao final do quarto semestre letivo, o doutorando deve submeter seu projeto ao Exame de Qualificação, que confirma ou reorienta a direção do projeto de pesquisa do aluno. Para que o Exame de Qualificação seja produtivo, é necessário que o aluno tenha tido ao menos dois semestre de orientação. Ao final do oitavo semestre, o aluno defende publicamente sua tese, que aprovada, lhe conferirá o título de Doutor em Psicologia. O doutorando poderá titular-se em trinta meses; para tanto deverá cumprir todos os créditos até o terceiro semestre letivo.

 

O aluno que ingressar diretamente da Graduação no Curso de Doutorado, via Processo Seletivo, deverá integralizar os créditos em disciplinas, obrigatórias e eletivas, correspondentes aos níveis Mestrado e Doutorado, além da Tese, num prazo máximo de 48 meses, fazendo jus ao título de Doutor em Psicologia.

 

(*) Para a obtenção do título de Doutor, além do cumprimento dos créditos elencados acima, o aluno deve cumprir integralmente as disposições constantes do Regulamento Geral dos Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu.

 

Desse modo, a progressão do curso distribui-se da seguinte forma:

 

1º semestre 2º semestre 3º semestre 4º ao 8º semestre
Obrigatória Geral Eletiva (1) Eletiva (2) Orientação
Obrigatória de linha SAP II SAP III -
SAP I Orientação Orientação -
Orientação - - -

 

LISTA CLASSIFICATÓRIA DE CANDIDATOS APROVADOS NO PROCESSO SELETIVO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM PSICOLOGIA 2017

CURSO DE DOUTORADO EM PSICOLOGIA COMO PROFISSÃO E CIÊNCIA

 

 

 

CANDIDATOS APROVADOS

 

1º    Mharianni Ciarlini de Sousa Bezerra

2º    Gisele Meirelles Fonseca Inacarato

3º    Luciano Alvarenga Montalvão

4º    Gisele Maria da Silva

5º    Rita Pimenta de Devotto

6º    Lívia Maria Andrade Malaquias

7º    Carlos Del Negro Visintin

 

CANDIDATO EM LISTA DE ESPERA

 

Tamiris da Silva Cantares

 

 

ATENÇÃO

 

Os 7 primeiros candidatos aprovados estão sendo convocados às vagas disponíveis. A chamada da candidata da lista de espera ocorrerá de acordo com a disponibilidade de vaga de orientador.

 

Esta classificação não é válida para atribuição de Bolsas de Estudos das Agências de Fomento, pois haverá para este fim um processo seletivo específico, no início do ano letivo de 2017.

 

Os 7 primeiros candidatos convocados deverão comparecer no dia 14 de dezembro de 2016, das 10h00 às 11h30, no Bloco A sala A27, no Campus II; localizado à Av. John Boyd Dunlop, S/Nº – Jardim Ipaussurama, Campinas, para uma reunião com a Coordenadora do Programa, Profª Dra. Vera Lúcia Trevisan de Souza.

 

Os candidatos não aprovados poderão retirar sua documentação na Secretaria do Programa no prazo de 2 meses, a contar a partir do dia 05 de dezembro de 2016; após essa data, os documentos serão incinerados.

Disciplinas

  • A CONDIÇÃO HUMANA NO TRABALHO

    Semestre: 01

    Carga Horária: 135

    Ementa: Analisa aspectos psicossociais do trabalho em diferentes contextos históricos e na atualidade. Utiliza o enfoque da Psicologia Social do Trabalho para discutir as repercussões dos modelos de organização do trabalho para o homem e a sociedade.

  • A ÉTICA DO CUIDADO NA PSICOTERAPIA: ESTUDOS SOBRE OS TEMAS E PROBLEMAS ATUAIS DAS PRÁTICAS PSICOTERÁPICAS

    Semestre: 01

    Carga Horária: 135

    Ementa: Analisa quais são os pressupostos, o modo de funcionamento e o desenvolvimento do método de tratamento psicoterápico, no que se refere à compreensão de uma ética do cuidado psicoterápico.

  • A PSICOLOGIA HISTÓRICO-CULTURAL DE VIGOTSKI

    Semestre: 01

    Carga Horária: 135

    Ementa: Estuda a teoria de Vigotski e sua contribuição para a compreensão do psiquismo humano. Aborda seus principais conceitos a luz dos seus pressupostos teórico-filosóficos. Busca compreender o método dialético nas pesquisas em psicologia. Repensa a contribuição das ideias do autor para as pesquisas e atuação no campo da psicologia.

  • A TEORIA DE HENRI WALLON E ASPECT AFETIVOS DESENV

    Semestre: 01

    Carga Horária: 135

    Ementa: Estuda a teoria de Henri Wallon e suas contribuições para o campo teórico da Psicologia. Reflete sobre o papel da afetividade no desenvolvimento e sua relação com a aprendizagem. Pesquisa a aplicação de seus conceitos nas pesquisas e nas práticas educativas.

  • ASPECTOS CLÍNICOS E TEÓRICOS DO MÉTODO DE PESQUISA E DE TRATAMENTO NA PSICANÁLISE

    Semestre: 01

    Carga Horária: 135

    Ementa: Analisa os pressupostos, o modo de funcionamento e o desenvolvimento do método de tratamento psicoterápico do ponto de vista da psicanálise, explicitando seu método de pesquisa e tratamento.

  • AVALIAÇÃO E INTERVENÇÃO EM PSICOLOGIA PEDIÁTRICA

    Semestre: 01

    Carga Horária: 135

    Ementa: Descreve e analisa procedimentos e instrumentos utilizados em pesquisas com crianças e adolescentes, seus cuidadores e profissionais de saúde, na área da Psicologia Pediátrica. Analisa pesquisas sobre desenvolvimento de crianças e adolescentes, com instrumentos para avaliação cognitiva, linguística, motora, sócio-afetiva-emocional, comportamental e acadêmica. Apresenta e discute procedimentos especiais usados em pesquisas e intervenções na área, para populações em risco de desenvolvimento e psicossocial, com destaque para a avaliação assistida.

  • AVALIAÇÃO EM PSICOLOGIA CLÍNICA:PROC INSTRUM (M-D)

    Semestre: 01

    Carga Horária: 135

    Ementa: Análise dos procedimentos de avaliação psicológica aplicáveis ao contexto clínico. Estudo do processo de construção, adaptação e validação de instrumentos utilizados na avaliação psicológica clínica.

  • AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA:FUNDAMENTOS (D)

    Semestre: 01

    Carga Horária: 90

    Ementa: Enfoca diferentes concepções, métodos, técnicas e processos atuais em Avaliação Psicológica. Analisa criticamente o valor e as limitações dos recursos disponíveis neste campo, com ênfase em aspectos éticos e metodológicos.

  • CLÍNICA E PESQUISA PSICANALÍTICA DA MATERNIDADE

    Semestre: 01

    Carga Horária: 135

    Ementa: Estuda diferentes modalidades de atendimento psicanalítico à gestante e à mãe em termos de sua articulação com seus pressupostos teóricos, com pesquisas recentes na área do cuidado materno e pesquisas psicanalíticas sobre o imaginário social acerca da figura materna.

  • ESTÁG DOCÊNCIA NA GRADUAÇÃO 1(D)

    Semestre: 01

    Carga Horária: 30

    Ementa:

  • ESTÁG DOCÊNCIA NA GRADUAÇÃO 2(D)

    Semestre: 01

    Carga Horária: 30

    Ementa:

  • ESTATÍSTICA APLICADA ÀS CIÊNCIAS HUMANAS

    Semestre: 01

    Carga Horária: 135

    Ementa: Focaliza o ensino de noções básicas de Estatística dentro de um enfoque voltado à compreensão dos métodos frequentemente empregados nas pesquisas em Psicologia.

  • ESTUDOS AVANÇADOS DO DESENVOLVIMENTO

    Semestre: 01

    Carga Horária: 135

    Ementa: Ampliação do campo de estudos sobre desenvolvimento humano. Repensa a contribuição das teorias do desenvolvimento para o campo da Psicologia. Situa as teorias emergentes, o campo da pesquisa e seus pressupostos epistemológicos.

  • HUMANISMO EM PSICOLOGIA CLÍNICA (M-D)

    Semestre: 01

    Carga Horária: 135

    Ementa: Analisa a evolução das tendências humanistas na história e nas atualidades da Psicologia, assim como suas decorrências para a prática clínica e para o desenvolvimento de pesquisas que se baseiam na aplicação do método fenomenológico, priorizando a descrição, compreensão e interpretação dos elementos psicológicos com ênfase nos significados da experiências.

  • IDENTIFICAÇÃO DA CRIATIVIDAD E ESTILOS PENSAR(M-D)

    Semestre: 01

    Carga Horária: 135

    Ementa: Conceituações da criatividade sob diferentes modelos teóricos. Questões envolvidas na compreensão do processo e do produto criativo. Características das pessoas criativas. Avaliação multidimensional da criatividade. Identificação de Superdotados e talentosos. Estilos de pensar, criar e aprender. Implicações sobre estilos de pensar e aprender no rendimento acadêmico. Pesquisas sobre identificação da criatividade e estilos de pensar.

  • INVESTIGAÇÃO E PSICANÁLISE:MÉTOD PSICANALÍTIC(M-D)

    Semestre: 01

    Carga Horária: 135

    Ementa: Esta disciplina visa introduzir o aluno ao conhecimento dos fundamentos epistemológico do método psicanalítico, bem como prepará-lo para seu uso em pesquisas clínicas.

  • LÍNGUA ESPANHOLA - EXAME SUFICIÊNCIA (M-D)

    Semestre: 01

    Carga Horária: 45

    Ementa:

  • LÍNGUA FRANCESA - EXAME SUFICIÊNCIA (M-D)

    Semestre: 01

    Carga Horária: 45

    Ementa:

  • LÍNGUA INGLESA - EXAME SUFICIÊNCIA (M-D)

    Semestre: 01

    Carga Horária: 45

    Ementa:

  • LÍNGUA PORTUGUESA - EXAME SUFICIÊNCIA (M-D)

    Semestre: 01

    Carga Horária: 45

    Ementa:

  • O COTIDIANO NA PERSPECTIVA PSICOSSOCIAL: CONTRIBUIÇÕES TEÓRICAS E METODOLÓGICAS

    Semestre: 01

    Carga Horária: 135

    Ementa: Analisa perspectivas teóricas e estratégias metodológicas que adotam o cotidiano como espaço privilegiado para a compreensão da relação indivíduo-sociedade.

  • ORIENT TESE DOUTORADO (D)

    Semestre: 01

    Carga Horária: 90

    Ementa:

  • PESQ PSICOLOGIA:DESENVOLVIM METODOLÓGICOS(M-D)

    Semestre: 01

    Carga Horária: 135

    Ementa: Análise de desenvolvimentos e propostas metodológicas aplicáveis à pesquisa em Psicologia, em especial à Psicologia Clínica.

  • PRÁT PSICOLÓGICAS CLÍNICAS EM INSTITUIÇÕES (M-D)

    Semestre: 01

    Carga Horária: 135

    Ementa: Analisa elementos psicológicos presentes em relações interpessoais decorrentes de práticas psicológicas de caráter clínico em instituições e na comunidade. Estuda as possibilidades de desenvolvimento de programas e serviços preventivos no campo da Saúde Mental.

  • PROCEDIM EXPR TRANSIC PESQ CLÍN IMAG COLET (M-D)

    Semestre: 01

    Carga Horária: 135

    Ementa: A disciplina introduz o aluno ao uso detalhado e epistemologicamente fundamentado de procedimentos expressivos na pesquisa de imaginários coletivos, tendo em vista a produção de conhecimentos capazes de orientar práticas psicológicas preventivas em instituições. Diferentes procedimentos são considerados desde, uma perspectiva investigativa fundada numa visão intersubjetiva, dialógica e transicional do fenômeno humano.

  • PROCESSOS DE DESENVOLVIMENTO E SAÚDE

    Semestre: 01

    Carga Horária: 135

    Ementa: Apresenta e analisa a área da Psicologia Pediátrica e sua aplicação em diferentes contextos, assim como inter-relação com a Psicopatologia do Desenvolvimento e seus temas associados, como proteção e risco ao desenvolvimento, resiliência, vulnerabilidade, autorregulação e temperamento. Enfatizam-se as questões téorico-metodológicas da área.

  • PROCESSOS DE STRESS, COPING E SAÚDE

    Semestre: 01

    Carga Horária: 135

    Ementa: Descreve e analisa a conceituação, as abordagens teóricas, os tipos de intervenções e delineamentos de pesquisas sobre o processo de enfrentamento (coping) do estresse, no campo interdisciplinar da Psicologia da Saúde, sob uma perspectiva desenvolvimentista.

  • PROCESSOS PSICOTERÁPICOS E TEORIAS DO DESENVOLVIMENTO PSICOAFETIVO

    Semestre: 01

    Carga Horária: 135

    Ementa: Analisa os pressupostos, o modo de funcionamento e o desenvolvimento dos métodos de tratamento psicoterápico, no que se refere à compreensão das suas teorias do desenvolvimento psicoafetivo que são a base de sua ação clínica.

  • PSICANÁLISE E NARRATIVA

    Semestre: 01

    Carga Horária: 135

    Ementa: Apresenta a narratividade como campo de pesquisa psicanalítica, tendo como pressuposto a relação orgânica entre o viver, o narrar e o processo de elaboração psíquica, estabelecida desde Freud e recuperada por estudiosos e pesquisadores contemporâneos.

  • PSICOLOGIA - TEORIAS E PRÁTICAS NOS CONTEXTOS DE DESENVOLVIMENTO HUMANO (D)

    Semestre: 01

    Carga Horária: 90

    Ementa: Estuda e analisa modelos e abordagens teórico-práticas da Psicologia em diferentes contextos de desenvolvimento humano.

  • PSICOLOGIA COMUNITÁRIA E MUDANÇA SOCIAL (M-D)

    Semestre: 01

    Carga Horária: 135

    Ementa: Fundamentos teóricos sobre a Psicologia Comunitária e seus Pressupostos conceituais. Processos sociais e suas relações com saúde psicológica em níveis individuais e coletivos. Estratégias de Avaliação e intervenção preventiva em comunidades. Psicologia da Libertação.

  • PSICOLOGIA CRÍTICA: TEORIA E PRÁTICA

    Semestre: 01

    Carga Horária: 135

    Ementa: Analisa a história e constituição da Psicologia Crítica e algumas de suas principais tradições teóricas. Focaliza a Psicologia como Ciência do Sujeito e a Psicologia Social da Libertação.

  • PSICOLOGIA E INCLUSÃO: PERSPECTIVAS TEOR-PRÁTICAS

    Semestre: 01

    Carga Horária: 135

    Ementa: Ampliação do campo da inclusão para além dos portadores de deficiência e da escola. Repensa o conceito de inclusão, de portador de necessidades especiais, da diferença, do preconceito e da discriminação. Pesquisa os processos de inclusão em diferentes espaços e de diversas naturezas, com foco nos aspectos que promovem o desenvolvimento das pessoas e o acesso a condições de vida mais digna.

  • PSICOLOGIA E POLÍTICAS PÚBLICAS (M-D)

    Semestre: 01

    Carga Horária: 135

    Ementa: Políticas sociais e políticas públicas, processos de elaboração, administração, e avaliação e o conhecimento psicológico. Ética social e valores que norteiam a ação do psicólogo na interação com indivíduos ou comunidades em processos de mudanças. Políticas de proteção especial a crianças e adolescentes – avaliação e processos de implantação de medidas de proteção. Risco e Proteção. A psicologia crítica, avaliação e formulação de políticas sociais.

  • PSICOLOGIA ESCOLAR: QUESTÕES E CONTROVÉRSIAS (M-D)

    Semestre: 01

    Carga Horária: 135

    Ementa: A psicologia no contexto educativo, origem, história e desenvolvimento da área como profissão e ciência. Escola, Educação e Psicologia Escolar no Brasil. Psicologia, Educação e Democracia. O psicólogo no contexto educativo, funções e papéis. A ideologia Educacional na sociedade capitalista e o psicólogo neste contexto.

  • PSICOMETRIA

    Semestre: 01

    Carga Horária: 135

    Ementa: Estuda os conceitos básicos de Psicometria, focando os parâmetros psicométricos básicos necessários aos instrumentos de avaliação psicológica.

  • QUESTÕES E POSSIBILIDADES DA AVALIAÇÃO COGNITIVA

    Semestre: 01

    Carga Horária: 135

    Ementa: Enfoca diferentes concepções, métodos, técnicas e processos atuais que permitam a avaliação cognitiva. Analisa criticamente o valor e as limitações dos recursos disponíveis neste campo, com ênfase em aspectos éticos, científicos e metodológicos.

  • SAÚDE MENTAL E TRABALHO

    Semestre: 01

    Carga Horária: 135

    Ementa: Analisa a possível relação entre Saúde Mental e Trabalho em diferentes enfoques teóricos. Discute contextos reais de trabalho que podem influenciar o processo saúde/doença mental.

  • SEMINÁRIO AVANÇADO DE PESQUISA I (M-D)

    Semestre: 01

    Carga Horária: 90

    Ementa: Analisa e acompanha o delineamento de projetos de pesquisa dos alunos, em especial projetos de dissertação e tese, priorizando os aspectos epistemológicos e metodológicos. Promove reflexões acerca das temáticas desenvolvidas pelo Grupo de Pesquisa institucional.

  • SEMINÁRIO AVANÇADO DE PESQUISA II (M-D)

    Semestre: 01

    Carga Horária: 90

    Ementa: Analisa e acompanha o delineamento de projetos de pesquisa dos alunos, em especial projetos de dissertação e tese, priorizando os aspectos epistemológicos e metodológicos. Promove reflexões acerca das temáticas desenvolvidas pelo Grupo de Pesquisa institucional.

  • SEMINÁRIO AVANÇADO DE PESQUISA III (M-D)

    Semestre: 01

    Carga Horária: 90

    Ementa: Analisa e acompanha o delineamento de projetos de pesquisa dos alunos, em especial projetos de dissertação e tese, priorizando os aspectos epistemológicos e metodológicos. Promove reflexões acerca das temáticas desenvolvidas pelo Grupo de Pesquisa institucional.

  • SEMINÁRIO AVANÇADO DE PESQUISA IV (M-D)

    Semestre: 01

    Carga Horária: 90

    Ementa: Analisa e acompanha o delineamento de projetos de pesquisa dos alunos, em especial projetos de dissertação e tese, priorizando os aspectos epistemológicos e metodológicos. Promove reflexões acerca das temáticas desenvolvidas pelo Grupo de Pesquisa institucional.

  • SEMINÁRIO AVANÇADO DE PESQUISA V (M-D)

    Semestre: 01

    Carga Horária: 90

    Ementa: Analisa e acompanha o delineamento de projetos de pesquisa dos alunos, em especial projetos de dissertação e tese, priorizando os aspectos epistemológicos e metodológicos. Promove reflexões acerca das temáticas desenvolvidas pelo Grupo de Pesquisa institucional.

  • SEMINÁRIO AVANÇADO DE PESQUISA VI (M-D)

    Semestre: 01

    Carga Horária: 90

    Ementa: Analisa e acompanha o delineamento de projetos de pesquisa dos alunos, em especial projetos de dissertação e tese, priorizando os aspectos epistemológicos e metodológicos. Promove reflexões acerca das temáticas desenvolvidas pelo Grupo de Pesquisa institucional.

  • TEMAS AVANÇ DESENVOLV CRIATIVIDADE E INOVAÇÃO(M-D)

    Semestre: 01

    Carga Horária: 135

    Ementa: Distinções entre criatividade e inovação. Liderança e inovação. Tipos de pensamento envolvidos na solução de problemas. Hemisfericidade cerebral e comportamentos criativos. Ambiente criativo na sala de aula. Estratégias para o desenvolvimento do pensamento criativo. Programas educacionais para atendimento aos superdotados criativos. Clima criativo nas organizações. Pesquisas sobre criatividade e inovação aplicadas em diferentes áreas.

  • TENDÊNCIAS AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA E PSICO-EDUC(M-D)

    Semestre: 01

    Carga Horária: 135

    Ementa: Parâmetros nacionais e internacionais de construção de instrumentos psicológicos e psico-educacionais. Modelos teóricos envolvidos na construção de escalas psicológicas e psico-educacionais. Questões avançadas na investigação da validade, precisão e padronização de testes e escalas psicológicas e psico-educacionais. Adaptação de instrumentos psicológicos e psico-educaionais para as outras culturas. Metodologias para análise de resultados de instrumentos psicológicos e psico-educacionais. Análise da produção científica em avaliação psicológica e psico-educacional.

  • TENDÊNCIAS E PERSPECTIVAS PSICOLOGIA CIENTÍFICA(D)

    Semestre: 01

    Carga Horária: 90

    Ementa: Estudo crítico de áreas problemas e do instrumental de natureza psicológica que reflete o Estado atual da Psicologia como Ciência e Profissão.

  • TESE DOUTORADO-PSICOLOGIA (D)

    Semestre: 01

    Carga Horária: 720

    Ementa:

  • TÓPICOS EM PSICOLOGIA

    Semestre: 01

    Carga Horária: 45

    Ementa: Abrir espaço no currículo para a inserção de temas que abordem temas atuais em psicologia. Abrigar cursos de pesquisadores internacionais que complementem a formação dos estudantes da pós-graduação em psicologia.

Atenção psicológica clínica em instituições: prevenção e intervenção

O grupo vem desenvolvendo pesquisas científicas sobre práticas psicológicas clinicas que privilegiam modalidades diferenciadas de atencão psicológica em contextos institucionais variados. Objetiva-se a proposição de programas de prevenção e intervenção clínicas que possam gerar serviços de atenção psicológica adequados as necessidades de indivíduos e coletivos. Os pesquisadores compartilham, além da linha de pesquisa, a intenção de elaborar, a partir de uma compreensão da prática, uma redefinição do conceito tradicionalmente associado à psicologia clínica, de modo a legitimar modalidades de atenção psicológica outras, que constituam ums perspectiva ampliada em relação aos modelos psicoterápicos tradicionais. A partir de uma interlocução, fenomenologicamente fundada, entre perspectivas humanistas e winnicottianas, encontra-se em pleno desenvolvimento uma reflexão metodológica centrada no uso de narrativas, que permite uma aproximação heuristicamente fecunda ao acontecer clínico, o que vem produzindo interessantes reflexos em teses, dissertações e artigos. Além disso, o cultivo de pesquisas de caráter etnográfico tem permitido a inclusão do contexto institucional como inerente à proposta de intervenção. Criou-se no âmbito da PUC Campinas um Laboratório de Pesquisa intitulado " Laboratório de Psicologia Clínica Social," como um desdobramento das iniciativas das pesquisadoras, com o objetivo de abrigar um Acordo de Cooperação internacional com a Universidade de Paris X, mais especificamente com o Laboratoire de Psychologie des Atteints Somatiques et Identitaires. Todas estes empreendimentos inserem-se no Programa de Pós-Graduação em Psicologia da PUC-Campinas.

Link do Grupo de Pesquisa

Docentes

  • TANIA MARA MARQUES GRANATO
  • TANIA MARIA JOSE AIELLO VAISBERG
  • VERA ENGLER CURY

Avaliação psicológica do potencial humano

Tem por objetivo desenvolver instrumentos e processos para avaliação de potencial humano em diferentes áreas: cognitiva, criativa, emocional e social. Desenvolve estudos e pesquisas para construção e/ou adaptação de testes, escalas, inventários, assim como outras medidas, que possam subsidiar o processo de avaliação psicológica de crianças, jovens e adultos, nos mais diferentes contextos. Este grupo está sediado no Laboratório de Avaliação e Medidas Psicológicas (LAMP), na PUC-Campinas, criado em 1994 e tem atuado nas seguintes temáticas: a) avaliação da inteligência; b) avaliação e desenvolvimento da criatividade; c) avaliação do temperamento e tipos psicológicos; d) avaliação dos estilos de pensar; d) identificação de lideranças; e) avaliação do desenvolvimento infantil; f) identificação de indivíduos com altas habilidades; g); avaliação da personalidade . Suas produções envolvem a publicação de artigos, manuais de testes psicológicos, livros, participação em associações científicas.

Link do Grupo de Pesquisa

Docentes

  • SOLANGE MUGLIA WECHSLER
  • TATIANA DE CASSIA NAKANO PRIMI
  • WAGNER DE LARA MACHADO

GEPINPSI - Avaliação e Intervenção Psicossocial: Prevenção, Comunidade e Libertação

As repercussões seguem sendo a continuidade por mais de uma década de aprimoramento e disseminação de ação preventiva em contextos educativos e comunitários, pela via da participação social e da organização coletiva. O grupo se organiza pelo aprofundamento da praxis que integra teoria e prática, com fundamentos nas contribuições da Psicologia da Libertação de Ignácio Martín-Baró, Psicologia Crítica com a interlocução de diferentes países, principalmente do continente americano e europeu em países com Dinamarca, Alemanha, Inglaterra e Grécia, Psicologia Crítica Alemã de Klaus Holzkamp. As contribuições do grupo servem à modelo de atuação profissional em comunidades e escolas públicas, formula políticas públicas para Educação, Assistência Social e Direitos Humanos. Visa a descolonização da Psicologia para o contexto brasileiro repercutindo na formação de novos profissionais para a área.

Link do Grupo de Pesquisa

Docentes

  • RAQUEL SOUZA LOBO GUZZO

Processos de Constituição do Sujeito em práticas educativas

O grupo desenvolve pesquisas que visam compreender e analisar os processos de constituição de sujeitos em práticas educativas, focalizando os aspectos psicossociais que as caracterizam. Toma como enfoque teórico e metodológico os pressupostos da psicologia histórico cultural, sobretudo os coneitos de Vigotski e alguns de seus seguidores. Também se utiliza de conceitos de Henri Wallon, estudioso do desenvolvimento humano com foco no afetivo. A escolha desses autores deve-se à visão de sujeito e de mundo dos pesquisadores deste grupo: a constituição do sujeito resulta de suas interações com o social em um processo em que o sujeito e o social se imbricam dialeticamente, na produção do social e do prórpio sujeito. A necessidade de analisar os contextos da perspectiva dialética tem conferido as pesquisas do grupo, além do desafio de explicar os fenômenos investigados, o de criar formas de abordar o fenômeno que se aproximem, o maximo possível, de sua totalidade. Tal busca tem conduzido o grupo, inspirado nas ideias de Vigotski, a utilizar a arte como mediação dos processos psicológicos pelo acesso às vivências dos sujeitos pesquisados. Esse movimento tem permitido que tenhamos como resultado, a um só tempo, novas compreensões para dados fenômenos e a sistematização de formas de acessá-lo - método.

Link do Grupo de Pesquisa

Docentes

  • VERA LUCIA TREVISAN DE SOUZA

Psicologia da Saúde e Desenvolvimento da Criança e do Adolescente

O estudo da saúde física e mental de crianças e adolescentes constitui o campo multidisciplinar da Psicologia Pediátrica, que visa a compreender processos que afetam o desenvolvimento infanto-juvenil, incluindo variáveis dos cuidadores familiares e profissionais de saúde e educação. Partindo de uma experiência de mais de 20 anos de pesquisas na UFES, em 2015, formou-se este GP na PUCCAMP, incluindo pesquisadores e alunos de Psicologia e dos Programas de Psicologia e de Ciências da Saúde. As pesquisas têm gerado publicações de artigos e livros, intervenções, instrumentos sobre desenvolvimento e saúde da criança/ adolescente em situações de riscos biopsicossociais; processos de estresse e enfrentamento de crianças, adolescentes, cuidadores e profissionais de saúde e educação; e avaliação e intervenção psicológica em problemas de saúde. Com a produção de um conhecimento baseado em evidências e centrado nos contextos locais, procura-se contribuir e capacitar os recursos humanos na área.

Link do Grupo de Pesquisa

Docentes

  • HELENA BAZANELLI PREBIANCHI
  • LETICIA LOVATO DELLAZZANA ZANON
  • SONIA REGINA FIORIM ENUMO

Trabalho no contexto atual: estudos críticos em Psicologia Social

Este grupo tem suas atividades informadas pela Psicologia Social, sendo que o foco das pesquisas desenvolvidas está na compreensão de aspectos psicossociais relacionados ao trabalho no contexto atual. Além de gerar produções de teses, dissertações, artigos científicos e participações em eventos científicos, as atividades desenvolvidas no grupo têm contribuído para o desenvolvimento de uma análise crítica por parte da psicologia com relação às características do mundo do trabalho na atualidade.

Link do Grupo de Pesquisa

Docentes

  • MARCIA HESPANHOL BERNARDO

Instrumentos e Processos em Avaliação Psicológica

Pesquisas sobre aspectos teóricos e práticas que visam a construção, adaptação e uso de instrumentos e procedimentos da avaliação psicológica, em diferentes áreas de atuação.

Intervenções Psicológicas e Processos de Desenvolvimento Humano

Estudos que visam aos processos de desenvolvimento humano em contextos clínicos, institucionais, educativos, comunitários e laborais, e a intervenções psicossociais e psicoterápicas, segundo diferentes abordagens e modelos teóricos.

Data de defesaTítuloAutorOrientadorTipo de documento
  • Programa de Pós-Graduação em Psicologia
    Programa de Pós-Graduação em Psicologia - Doutorado
  • Coordenador
    VERA LUCIA TREVISAN DE SOUZA
  • Área de Concentração
    Psicologia como Profissão e Ciência
  • Local Campus II
  • Avaliação CAPES Visitar Página Oficial

PUC_0030_17 45 anos Psico_FINAL

Manifestação de Interesse

  • SECRETARIA DO CENTRO

Informações

Telefone (19) 3343-6892
Fax (19) 3343-6891

 

E-mail

pospsico.ccv@puc-campinas.edu.br