Acessibilidade  
Central de Atendimento ao Aluno Contatos oficiais Área do aluno
Novo Vestibular

SEGURANÇA É RESPONSABILIDADE DE TODOS


Nós somos o Departamento de Segurança Universitária responsável pelo serviço de proteção e apoio da comunidade acadêmica da PUC-Campinas.

O Departamento de Segurança Universitária trabalha de forma integrada com outros departamentos e órgãos da Universidade, para oferecer um serviço de segurança de excelência.

Atua por meio das ações dos profissionais de segurança, no controle de acesso e em situações de emergências; seguindo protocolo de atendimento emergencial. Tem por missão a proteção da Comunidade Acadêmica, dos frequentadores dos campi da Universidade e também do Colégio de Aplicação PIO XII, em tempo integral.

Mas, para a manutenção da segurança é importante que cada membro da Comunidade Universitária tenha a consciência da prevenção. Acreditamos, portanto, que uma comunidade bem informada, com ações e atitudes individuais são forças essenciais para garantir o controle, a prevenção de crimes e a tranquilidade de todos nos Campi.

SEGURANÇA PATRIMONIAL E PESSOAL


Garantir a sua segurança é a nossa prioridade.

O Departamento de Segurança Universitária atua para a manutenção da segurança dos Campi da PUC-Campinas. As atividades da segurança são exercidas dentro dos limites da Universidade e os vigias atuam para garantir a incolumidade física das pessoas e a integridade do patrimônio no local.

Mas a manutenção da segurança e da tranquilidade nos Campi dependem também de você.

Lembre-se: Segurança é responsabilidade de todos!

PERDIDOS E ACHADOS


O Departamento de Segurança Universitária é o setor responsável pelo serviço de achados e perdidos para os objetos encontrados nos Campi.

Contatos para informações:

Administração do Departamento de Segurança Universitária
Prédio da antiga Reitoria

Telefone: (19) 3343-7123
E-mail: dsu.operacional@puc-campinas.edu.br

Os itens achados são mantidos por 90 dias.

CENTRAL DE EMERGÊNCIA


O Departamento de Segurança Universitária possui uma Central de Emergência, responsável pelo atendimento à Comunidade Acadêmica e pelo monitoramento de mais de 220 câmeras e todo o controle de alarmes de incêndio e intrusão, com funcionamento 24 horas por dia e nos 365 dias do ano.

Os Campi da Universidade são monitorados por câmeras de alta tecnologia e os profissionais da Central de Emergência são treinados para o atendimento das mais diversas necessidades da comunidade acadêmica, inclusive no atendimento emergencial com protocolo estabelecido pela Instituição, além da atuação no acionamento dos órgãos de socorro e da POLÍCIA, se necessário.

Em caso de acidentes, urgências ou emergências:

Ligue: (19) 3343-7387
E-mail: emergencia@puc-campinas.edu.br

RECOMENDAÇÕES AOS CALOUROS


Você vem para a Universidade pela primeira vez ou vai voltar por mais um ano? Em ambos os casos, é importante revisar quais precauções de segurança você pode tomar para ajudar a tornar seu tempo na PUC-Campinas o mais positivo e seguro possível.

Para a segurança de todos, o trote é proibido na PUC-Campinas. O veterano que praticar atos agressivos aos calouros será punido, conforme resolução normativa da Universidade.


EM CASO DE CONSTRANGIMENTO, DENUNCIE:

FONE TROTE: (19) 3343-7241

DICAS DE SEGURANÇA


Dentro e fora dos Campi

Porque a melhor resposta contra violência é a prevenção.

  1. Caso você ouça algum barulho no jardim ou no seu quintal e suspeite que alguém tenha invadido ou queira tentar entrar na sua casa, faça o seguinte: aperte o botão de fechar do alarme por alguns segundos e a buzina disparará continuamente, até que você o desligue ou que a carga da bateria se esgote ou você aperte o botão de “reset”. Lembre-se: Você tem nas mãos um sistema de alarme de segurança que já está à sua disposição e não precisa de instalação. Se o alarme disparar no momento em que algum mal-intencionado estiver tentando invadir a sua casa, o mais provável é que ele saia correndo e desapareça.
  2. Ao viajar, peça a alguém de confiança para que não deixe juntar correspondência na porta. Peça a um vizinho que acione a polícia, caso observe movimento suspeito na casa, durante sua ausência.
    Não abra a porta para pessoas que se apresentam para oferecer serviços não solicitados (encanadores, eletricistas, etc.). É útil o uso do interfone com câmera.
  3. Quando for sair ou chegar, fique atento para suspeitos nas proximidades. Desconfiando, dê a volta no quarteirão e chame a Polícia.
  4. Suspeitando de que algum infrator entrou em sua casa, quando você estava ausente, não entre, chame o policial do seu bairro, pois sempre é possível que os infratores ainda estejam lá dentro.
  1. No semáforo, pare sempre na pista da direita ou do meio. Evite a da esquerda, pois é mais fácil para o ladrão abordá-lo;
  2. Esteja atento aos arredores;
  3. Se o semáforo estiver vermelho e houver poucos carros na sua frente, reduza a velocidade: pode ser que o sinal abra antes de você chegar lá.
  4. Evite deixar seu carro estacionado na rua, principalmente durante a madrugada. Desligue o carro, retire a chave do contato e tranque o veículo ao estacionar, mesmo que por poucos minutos.
  5. Procure estacionar em ruas iluminadas e próximo de locais vigiados dia e noite.
  6. Não deixe embrulhos, roupas, pacotes e valises à vista, dentro do carro. Isso atrai os ladrões.
  7. Evite manter encontros dentro do carro, principalmente à noite e em lugares desertos.
  8. Não dê “caronas” a estranhos.
  9. Não pare para discutir “fechadas” ou “batidinhas”. É comum que infratores provoquem isso, só para assaltar.
  10. Procure transitar, sempre que possível, com vidros fechados e com as portas travadas.
  1. Prefira os estacionamentos pagos, deixar o carro na rua é sempre mais perigoso;
  2. Planeje o horário de chegada e de saída, depois disso decida onde vai deixar o carro. Muitas vezes você chega quando está claro e há bastante movimento na rua, mas quando vai embora a rua já está deserta e escura;]
  3. Ao retornar ao local de estacionamento e desconfiar de algo, passe direto por seu carro e reavalie a situação. Na dúvida, chame a polícia (190);
  4. Tire sempre a chave da ignição, mesmo que fique parado apenas por alguns instantes;
  5. Não deixe chaves de casa dentro do veículo. Elas podem ser usadas para assaltar sua casa posteriormente, principalmente se o carro conter adesivos, cartões de estacionamento ou qualquer outra coisa que identifique seu endereço;
  6. Nunca fique dentro do carro estacionado. Você se transforma na vítima perfeita;
  7. Não deixe nenhum objeto dentro do carro; se possível, coloque tudo no porta-malas;
  8. Se você estaciona sempre nas mesmas imediações e a tampa do tanque de gasolina for roubada, troque todas as chaves do seu carro. Os marginais costumar roubar a tampa para fazer cópia da chave;
  9. Se ao retornar ao carro você observar “defeito” que impede o motor de funcionar, chame imediatamente o socorro de sua confiança. Alguém pode ter “criado” o defeito para “ajudar” você;
  10. Se surpreender alguém mexendo no seu carro nunca se aproxime, procure ajuda sem ser notado. (lembre-se, nunca feche o espaço entre você e o bandido).
  1. Quando chegar ou sair de casa, fique sempre atento (a). Essas são as ocasiões mais propícias para roubos e sequestros. Veja algumas dicas básicas para se prevenir no dia-a-dia:
  2. Ao sair, certifique-se de que as portas e janelas voltadas para áreas externas estão trancadas, inclusive a garagem;
  3. Ao chegar em casa, se desconfiar de alguma movimentação estranha ou perceber atitude suspeita, não pare o carro;
  4. Sempre dê uma volta no quarteirão e, se necessário, acione a polícia (190);
  5. Se houver alguém em casa, entre em contato com sua casa ou condomínio para ter certeza de que está tudo bem;
  6. Prefira portões automáticos e com controle remoto para facilitar a entrada e a saída;
  7. Se precisar descer do veículo para abrir o portão, tire as chaves do contato e tranque-o;
  8. Se perceber que está sendo seguido no caminho para algum lugar, mude a rota e procure um ponto de apoio;
  1. Dentro do coletivo mantenha a bolsa, carteira, pacotes ou sacolas na frente do seu corpo.
  2. Em ônibus com poucos passageiros, procure viajar próximo ao motorista.
  3. Ande sempre com o dinheiro da passagem contado ou dê preferência aos vales transporte.
  4. Evite ficar sozinho em pontos de ônibus isolados.
  1. Ao retirar dinheiro no banco, ainda dentro do estabelecimento, guarde-o em local discreto, evite demonstrar volume. Ao sair, certifique-se que não está sendo seguido. NUNCA conte o dinheiro em público. Caso seja necessário retirar de grandes quantias, faça-o acompanhado por outra pessoa de sua confiança ou prefira a transferência bancária.
  2. Ao utilizar caixa eletrônico dê preferência a locais movimentados. Certifique-se de que sobre o equipamento não estejam acoplados “dispositivos estranhos”. Não aceite ajuda de outras pessoas; Se necessário adentre ao estabelecimento e solicite a presença de um funcionário. Certifique-se de que, junto a você, não estejam pessoas estranhas no momento da digitação de senhas.
  3. Nunca exiba grande quantidade de dinheiro perante outras pessoas. Separe previamente a quantia necessária às suas pequenas despesas (transporte, alimentação, etc).
  1. Evite que os idosos andem desacompanhados por locais desertos ou por ruas de comércio muito movimentado, alertando-os para que tomem cuidado com os “contos do vigário”, praticados por indivíduos “bem falantes”; cuidado especialmente com pessoas que venham oferecer negócios “fáceis” (planos de aposentadoria, jóias achadas na rua, curas milagrosas, correntes e alianças de ouro, prêmios de loteria, etc).
  2. As mulheres, nos deslocamentos, devem sempre portar as bolsas a frente do corpo e protegidas pelo braço, com especial atenção ao zíper.
  3. Evite a ação de infratores não ostentando objetos de valor (jóias, pulseiras, colares, relógios, etc), porte-os de maneira discreta.
  4. Evite levar consigo todos os seus documentos, mais de um cartão de crédito ou talão de cheques.
  5. Não dê informações a ninguém sobre itinerário, hábitos, horários, viagens, etc. Alerte sua família para que também procedam assim.

Nossos Serviços


Treinamento e Capacitação Profissional


O Departamento de Segurança Universitária mantem seus profissionais de segurança em constante atualização através de treinamentos, palestras e reuniões de alinhamento das ações.

O treinamento constante visa o aprimoramento de competências, habilidades e atitudes que estejam vinculadas ao atendimento de excelência da Comunidade Acadêmica.

CONTATO


DSU – Departamento de Segurança Universitária

Elogios, sugestões ou reclamações também podem ser enviadas por e-mail ou telefone:

Telefone: (19) 3343-7123
E-mail: dsu@puc-campinas.edu.br