Acessibilidade  
Central de Atendimento ao Aluno Área do aluno
Vestibular 2021

UNIVERSIDADE DE HISTÓRIA


 

A história da PUC-Campinas começou no dia 7 de junho de 1941, quando nasceu a primeira unidade da Universidade, a Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras. A Diocese de Campinas adquiriu, na época, o antigo casarão de propriedade de Joaquim Polycarpo Aranha, conhecido por Barão de Itapura.

Em 1955, a Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras passou a ser Universidade Católica, reconhecida pelo Conselho Federal de Educação. O título de Pontifícia foi concedido pelo Papa Paulo VI em 1972.

Não tardou para que o casarão construído no final do século XIX se tornasse pequeno para agrupar todos os cursos da Universidade. Assim, os novos campi foram surgindo de acordo com a necessidade de espaço: o Campus I, o Campus II, o Seminário e o Instituto de Letras.

Em 2012, a PUC-Campinas foi considerada a melhor universidade privada do estado de São Paulo e a melhor particular do país na área da saúde por 5 vezes consecutivas. A Faculdade de Direito figura entre as duas melhores do interior de São Paulo e entre as 4 do estado no VI Exame de Ordem Unificado, à frente das tradicionais FGV, PUC-SP e Mackenzie. Além disso, os cursos de engenharia ficaram, em anos consecutivos, entre as melhores do país, segundo ranking do MEC.

No ano de 2016, a Universidade completou 75 anos de história – sendo a mais antiga do interior paulista – que foi comemorada com várias atividades durante o ano. Confira como foi!

Linha do Tempo


Através da linha do tempo abaixo, você pode conhecer a história completa e detalhada da PUC-Campinas:

Nossa Missão


Pontifícia Universidade Católica de Campinas, a partir de valores ético-cristãos, considerando as características socioculturais da realidade, tem como missão produzir, enriquecer e disseminar o conhecimento, contribuindo com a construção de uma sociedade justa e solidária, por meio de suas atividades de Ensino, Pesquisa e Extensão, visando à capacitação profissional de excelência e à formação integral da pessoa humana.

Valores Institucionais


Para cumprir a sua missão institucional, a PUC-Campinas norteará a execução de suas atividades pelos seguintes valores e condições de desempenho:

1. Solidariedade
2. Compromisso social
3. Responsabilidade com o meio ambiente
4. Participação e corresponsabilidade
5. Responsabilidade com a formação integral da pessoa humana
6. Proatividade
7. Desenvolvimento com sustentabilidade econômico-financeira

Estatuto e Regimento Geral da PUC-Campinas


Estatuto da Pontifícia Universidade Católica de Campinas, com alterações aprovadas pelo CONSELHO UNIVERSITÁRIO na 501ª Reunião Ordinária, realizada aos 28/08/2014.

Regimento Geral da Pontifícia Universidade Católica de Campinas, com alterações aprovadas pelo CONSELHO UNIVERSITÁRIO na 537ª Reunião Ordinária, realizada aos 19/12/2017.

Estatuto da PUC-Campinas aprovado pelo Vaticano

Certificado de Entidade Beneficente
de Assistência Social (CEBAS)


A Sociedade Campineira de Educação e Instrução Mantenedora da Pontifícia Universidade Católica de Campinas e do Hospital e Maternidade Celso Pierro é uma Entidade Beneficente de Assistência Social, dedicada à educação, portadora do Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social – CEBAS – Educação

Plano de Desenvolvimento Institucional


Atualizado em: 28/03/2018

O Plano de Desenvolvimento Institucional – PDI, elaborado para um período de 5 anos, é o documento que identifica a Instituição de Ensino Superior (IES), no que diz respeito à sua filosofia de trabalho, à sua missão, às diretrizes pedagógicas que orientam suas ações, à sua estrutura organizacional e às atividades acadêmicas que desenvolve e/ou que pretende desenvolver.

Edições do Plano de Desenvolvimento Institucional
– PDI 2018-2020 – de setembro/2018
– PDI 2013-2017 – de outubro/2014
– PDI 2013-2017 – de dezembro/2012
– PDI 2008-2012 – de março/2009
– PDI 2003-2007 – de março/2007

Para saber mais sobre o PDI 2003-2007, consulte os volumes abaixo:
– Volume I
– Volume II
– Volume III
– Volume IV
– Volume V