Informações Gerais

SBI – Sistema de Bibliotecas e Informações

Coordenadoria: Rosa Maria Vivona Bertolini Oliveira

  (19) 3343-7073

  (19) 3343-6792

Contato on-line

Sistema de Bibliotecas e Informações

O Sistema de Bibliotecas e Informação (SBI) da Pontifícia Universidade Católica de Campinas é um órgão vinculado à Reitoria e sua origem remonta à Biblioteca da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras, em 1941, que teve sua coleção acrescida de novos acervos a medida em que foram sendo criados novos cursos. Em 1955, estruturou-se como Biblioteca Central. Em 1985, foi criado o Sistema de Bibliotecas e Informação (SBI)  formado atualmente por uma rede de 4 bibliotecas, sendo 3 universitárias e uma escolar. Sua estrutura é formada por  –Coordenadoria Central, Unidade de Atendimento/Bibliotecas e Unidade de Serviços e Produtos: Biblioteca Digital Multimídia, Núcleo de Editoração e Área Técnica: Aquisição, Catalogação e Periódicos. O SBI destina-se a prestar atendimento ao corpo docente, discente e funcionários da PUC-Campinas e pode ser utilizado pelo público em geral, observado seu regulamento.

Bibliotecas

Biblioteca Campus I – Unidade 1

Bibliotecária responsável: Marjorie Helena Salim Rossignatti

Acervo especializado para atender as áreas:

  • Administração,
  • Arquitetura e Urbanismo
  • Artes Visuais e Design
  • Ciências Contábeis
  • Ciências Econômicas
  • Comunicações: Jornalismo, Publicidade e Propaganda,Relações Públicas
  • Engenharias: Ambiental; Civil; Computação; Elétrica; Produção; Química e Telecomunicações
  • Geografia,
  • Letras,
  • Matemática,
  • Química,
  • Sistemas de informação,
  • Turismo.

Horário:
Segunda a sexta, das 7:30h às 22h45h.
Sábado das 8h às 17h.

Endereço:
Prédio H13 – Portão 2
Rod. Dom Pedro, km 136
Parque das Universidades
CEP: 13086-900 – Campinas – SP

Contato:
(19) 3343-7239 e 3343-7058

Contato on-line

Biblioteca Campus I – Unidade 2

Horário:
Segunda a sexta, das 7:30h às 22:45h.
Sábado das 8h às 17h.

Endereço:
Complexo CCHSA – Pavimento Térreo
Rod. Dom Pedro, km 136
Parque das Universidades
CEP: 13086-900 – Campinas – SP

Contato:
(19) 3343-7049

Contato on-line

Bibliotecária responsável: Rita Aparecida dos Reis

Acervo especializado para atender as áreas:

 

 

  • Biblioteconomia
  • Ciências Sociais
  • Direito
  • Educação
  • Educação Física
  • Filosofia
  • História
  • Serviço Social
  • Teologia

Biblioteca Campus II

Bibliotecária Responsável: Eidis Marlene S. de Almeida

Acervo especializado para atender as áreas:

  • Ciências Biológicas
  • Ciências Farmacêuticas
  • Enfermagem
  • Fisioterapia
  • Fonoaudiologia
  • Medicina
  • Nutrição
  • Odontologia
  • Psicologia
  • Terapia Ocupacional
  • Administração
  • Sistemas de Informação

Horário:
Segunda a sexta, das 7:30h às 22:45h.
Sábado das 8h às 17h.

Endereço:
Av. John Boyd Dunlop, s/n
Jardim Ipaussurama
CEP: 13059-900 – Campinas – SP

Contato:
(19) 3343-6860
Fax: (19) 3343-6863

Contato on-line

Biblioteca do Colégio de Aplicação Pio XII

Horário:
Segunda a sexta, das 7h às 18h.

Endereço:
Rua Boaventura do Amaral, 354
Centro – Campinas – SP
CEP: 13015-190

Contato:
(19) 3341-3170

Contato on-line

Bibliotecária Responsável: Anna Luiza Fullin Timporim

Acervo especializado para atender alunos do ensino fundamental e médio.

Biblioteca Digital Multimídia

Bibliotecária responsável: Maria Célia de Toledo Dubois

A Biblioteca Digital da PUC-Campinas, institucionalizada pela Portaria 088/05, tem como objetivo reunir, tratar, conservar e disseminar, em meio eletrônico, a produção técnico-científica, cultural e artística gerada pela Universidade. Pela web, poderá ter acesso ao texto completo das dissertações e teses defendidas nos programas de Pós-Graduação, sendo integrada à Biblioteca Digital de Teses e Dissertações do IBICT, em nível nacional, e internacional pela Networked Digital Library of Theses and Dissertations – NDLTD, da Virginia Tech University.

Instruções aos autores

 

1.  Após a homologação de sua dissertação/tese, preencher e assinar o formulário:
Termo de autorização para publicação digital na Biblioteca Digital da PUC–Campinas.

2. Gravar conteúdo de sua dissertação/tese em CD, nos formatos:
a) Texto: PDF;
b) Imagem: GIF ou JPG;
c) Som: WAV, MPEG, AIFF ou SND;
d) Vídeo: MPEG, AVI ou MOV.

Remeter o Termo assinado e o Arquivo digital para:
PUC-Campinas – SBI – Sistema de Bibliotecas e Informação
Biblioteca Digital Multimídia/Biblioteca Digital de Dissertações e Teses

Complexo CCHSA –  Bloco C
Pavimento inferior
Parque das Universidades
Rodovia Dom Pedro I – km 136
13086-900 – Campinas, SP
A/C Maria Célia de Toledo Dubois

Termo de autorização

Solicitar ficha catalográfica

Resolução Normativa 021/05

Núcleo de editoração

Bibliotecária responsável: Maria Cristina Matoso

Caracteriza-se como órgão gestor da produção editorial de periódicos científicos credenciados pela PUC-Campinas. Criado em 1992, com o objetivo de alavancar o processo de qualificação dos periódicos editados na área da saúde e biológicas, com sede no Campus II.. Em 2010,  vincula-se à Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação, mantendo o Sistema de Bibliotecas e Informação,  a gestão dos serviços com ampliação do atendimento aos periódicos na área de Ciências humanas e sociais, criando-se  o Núcleo de Editoração Campus I  Estão sob responsabilidade editorial do Núcleo de Editoração Unidades 1 e 2, os periódicos científicos: Bioikos, Estudos de Psicologia, Oculum Ensaios, Revista de Educação PUC – Campinas, Revista de Nutrição, Revista de Ciências Médicas e Transinformação, Reflexão e Cadernos de Fé e Cultura.

Contato:

Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Núcleo de Editoração SBI

Av. John Boyd Dunlop, s/n. – Prédio de Odontologia – Jd. Ipaussurama
13060-904 – Campinas – SP – Brasil
Fone +55-19-3729-6859/6876 Fone/Fax +55-19-3729-6875

Contato on-line

Política de Informação
Considerando a Portaria 220/85, de 19 de agosto de 1985, do Magnífico Reitor e, em atendimento ao parágrafo I do artigo 3º da referida portaria, a Direção do SBI vem propor a Política de Informação para a Pontifícia Universidade Católica de Campinas.

A política de Informação da PUC-Campinas deverá definir compromissos a serem assumidos entre o Sistema de Bibliotecas e Informação e a Administração Superior, Unidades Acadêmicas, Órgão de Apoio e Unidades Administrativas.

Geral 
Estabelecer programas e ações a serem desenvolvidas para os diferentes segmentos da Universidade, no que tange a demanda de informação científica-tecnológica no ambiente universitário da PUC-Campinas;

Gerar condições favoráveis para o desenvolvimento dos acervos informacionais como suporte às atividades de ensino, pesquisa e extensão;
Incorporar novas tecnologias para a implementação ou reestruturação dos serviços de informação;
Definir critérios, regras e normas para a criação de novas Bibliotecas, Centros de Documentação, Centros Referenciais ou quaiquer outras unidades informacionais que tenham por objetivo a coleta, organização, processamento e disseminação de serviços de informação científica-tecnológica em qualquer meio de transmissão e definir políticas para programas prioritários na área de atuação do Sistema de Bibliotecas e Informação.
Política de Desenvolvimento de Acervos Informacionais
Objetivo 
Adquirir, manter e atualizar as coleções de livros, periódicos e materiais não convencionais em qualquer suporte físico (papel ou meio magnético) através de compra, permuta e recebimento de doações, de acordo com o orçamento da Universidade e atendendo critérios específicos dos órgão regulamentadores da Educação no nível nacional.

Política de Infra-estrutura física
Objetivo
Propor, em conjunto com unidades competentes da Universidade, a instalação física e ou modernização das Bibliotecas ou outras unidades de informação, de acordo com as normas brasileiras de edificação de bibliotecas, bem como fornecer dados sobre mobiliário específico, objetivando a criação e ou remodelação dos espaços ocupados pelo SBI;

Adoção de normas e padrões internacionais, quando da não existência de normas brasileiras.

Política de Atendimento ao Usuário
Objetivo
Criar mecanismos de atendimento ao usuário através da consolidação de Serviço de Referência descentralizado , cobrindo áreas diversas do conhecimento;

Estimular o uso de recursos informacionais existentes no âmbito da instituição, facilitando o acesso dos usuários aos novos meios de comunicação em redes locais e remotas.

Política de Atualização de Recursos Humanos para a área de informação
Objetivo
Organizar, em conjunto com outras unidades da Universidade, ou instituições externas de comprovada competência na área, cursos, paletras, seminários, objetivando treinamento ou reciclagem de conhecimentos dos recursos humanos do SBI face as novas tendências do mercado de oferta de informação;
Incentivar a participação dos recursos humanos do SBI em eventos relativos à área informacional.

Política de Automação do SBI
Objetivo
Modernizar a estrutura dos serviços informacionais do SBI, incorporando novas tecnologias de informação;

Implantar sistema de gerenciamento automatizado de bibliotecas visando à automação dos serviços de: Catalogação, Circulação e Empréstimo, Estatística, Consulta través de acesso local e remoto, Indexação de Periódicos e Entrega de Documentos.

Serviços

O SBI possui ambientes de inclusão para pessoas com deficiência visual. As salas de apoio a pessoa com deficiência visual oferecem acervo de livros em Braille (Biblioteca Campus I – Unidade 2 e Campus II), principalmente, acervo de textos (partes de livros, artigos de periódicos) recomendados em bibliografia básica e/ou complementar, indicados pelo corpo docente das disciplinas oferecidas nos cursos de graduação e pós-graduação, sendo que estes textos são gerados sob demanda, pelo  ProAces da PUC-Campinas. As salas contam ainda com microcomputadores dotados de programas especiais como o ZoomText, Virtual Vision, v.7, NVDA, Text Aloud e Voz de Raquel, além do equipamento BookReader e lupas eletrônicas.

O Serviço de Referência oferece orientações sobre normalização e  redação de seu trabalho, consultando livros sobre metodologia da pesquisa e redação e a aplicação das normas de documentação da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), via Target GEDWeb.

Orientação quanto ao uso dos recursos informacionais da Biblioteca – uso do catálogo, localização de publicações, normalização documentária, manuseio de obras de referência, apresentação formal de trabalhos acadêmicos – são oferecidos mini-cursos, palestras e visitas guiadas.

Executado pelo Setor de Referência nas Bibliotecas setoriais, sob demanda da comunidade acadêmica e/ou setores da Universidade ligados à pesquisa, sem ônus para o solicitante quando é realizada busca em bases de dados gratuitas ou bases assinadas pela Universidade. Os serviços executados através de Redes de Cooperação, seguem política de custo da Biblioteca fornecedora da informação e/ou documento.

As Bibliotecas do SBI estão conectadas à Internet, possibilitando aos usuários acesso e recuperação de informações para apoio ao ensino e pesquisa. Cerca de 270 microcomputadores distribuídos nas Bibliotecas e nos laboratórios gerenciados pelo SBI complementam os recursos de informática para acesso à informação.

Serviço que permite localizar e obter de outras Bibliotecas, cópias de artigos de periódicos, teses, capítulo de livros e anais de congresso, não disponíveis no acervo das Bibliotecas da PUC-Campinas, exclusivamente para fins acadêmicos e de pesquisa, respeitando-se rigorosamente a Lei de Direitos Autorais.

COMUT
É coordenado pelo IBICT (Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia). Atua por meio de uma Rede de Bibliotecas.

O SBI está na categoria de Biblioteca Base.

Custos do serviço: Embora não tenha fins lucrativos, será cobrado pelo IBICT o valor para custear as cópias e taxas de envio.

SCAD
É um Serviço Cooperativo de Acesso à Documentos, com o fornecimento de cópias na área de ciências da saúde de toda a América Latina e Caribe. É coordenado pela BIREME (Centro Latino-Americano e do Caribe em Ciências da Saúde) com cooperação das Bibliotecas integrantes da Rede BVS.

O SBI está na categoria de Centro Cooperante.

Custos do serviço: Centro Cooperante.

Os preços são definidos de acordo com o local de atendimento (Brasil ou exterior) e estão sujeitos a alteração conforme a BVS, forma de envio das cópias (correio, Sistema Ariel, e-mail), número de páginas e preço calculado por documento.
Para solicitação de serviços é necessário ter a referência bibliográfica do documento completa.

Rede CCN – Catálogo Coletivo Nacional de Publicações Seriadas

Na categoria de cooperante, nosso Sistema alimenta o CCN com registros de publicações periódicas correntes em diversas áreas do conhecimento.O Catálogo Coletivo Nacional de Publicações Seriadas (CCN), coordenado pelo IBICT, é uma rede cooperativa de unidades de informação localizadas no Brasil com o objetivo de reunir, em um único Catálogo Nacional de acesso público, as informações sobre publicações periódicas técnico científicas reunidas em centenas de catálogos distribuídos nas diversas bibliotecas do país. Nesse contexto, possibilita a otimização dos recursos disponíveis nas Bibliotecas e serviços de documentação que participam da rede.

 

Rede Bibliodata/IBICT

Uma Rede cooperativa de Bibliotecas brasileiras que tem seus acervos representados no Catálogo Coletivo Bibliodata, realizam a catalogação cooperativa e compartilham produtos e serviços, visando a redução dos custos, além de promover a difusão dos acervos bibliográficos de suas instituições.

 

REBAE – Rede de Bibliotecas da Área de Engenharia

Formada inicialmente por dez instituições de ensino/pesquisa com o objetivo de prover serviços informacionais eficientes na área de Engenharia, através de trabalho cooperativo. Atualmente reúne 30 bibliotecas brasileiras.

 

REBAP – Rede de Bibliotecas da Área de Psicologia

A Rede Brasileira de Bibliotecas da Área de Psicologia (ReBAP) resultou dos esforços do Conselho Federal de Psicologia (CFP) e do Serviço de Biblioteca e Documentação do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (SBD/IPUSP), que entenderam a importância do investimento no acesso à informação como contribuição ao desenvolvimento da Psicologia no Brasil e convidaram as bibliotecas do país para, através da integração, trabalharem juntos, no sentido de garantir a construção e manutenção de fontes de informação essenciais ao ensino, pesquisa e práticas psicológicas.

 

RAEM – Rede de Apoio a Educação Médica

A RAEM é uma iniciativa da Associação Brasileira de Educação Médica (ABEM), que tem como objetivo facilitar os contatos entre instituições, pesquisadores, professores e alunos nos assuntos de educação médica e fomentar a produção científica sobre educação médica e áreas correlatas. Dentro destas iniciativa estarão permanentemente atualizados, as produções científicas e pesquisas na área; bem como o cadastro de pesquisadores e grupos de pesquisa para consulta, contatos e assessorias.

 

RICBLU – Rede Interamericana de Conectividade de Bibliotecas Universitárias

O objetivo geral desta Rede é favorecer a conectividade das Bibliotecas das Universidades do continente a partir da construção de uma plataforma interamericana, para criação de uma rede eletrônica de serviços documentais e informativos de bibliotecas.

 

BIBLIOSUS – Rede BiblioSUS

A Rede de Bibliotecas e Unidades de Informação Cooperantes da Saúde – Brasil (Rede BiblioSUS) tem o objetivo de ampliar e democratizar o acesso às informações em saúde pública, disseminadas por meio do modelo BVS e da distribuição da produção editorial do Ministério da Saúde, com economia de recursos, multiplicidade de opções bibliográficas e eficácia de resultados.

Normas técnicas

Normas ABNT  : consulta ao catálogo completo da ABNT e ao catálogo do acervo da PUC,  permitindo o acompanhamento de status.

Sites nacionais e internacionais:

ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas
ANSI – American National Standards Institute
National Resource for Global Standards
ASTM – American Society for Testing and Materials
BSI – British Standards Institution
CIE – Commission Internationale de LÉclairage
IEC – International Electrotechnical Commission
IEEE Standards   
Apresenta o catálogo das normas do IEEE.
IEEE Standards Status Reports
Site para verificação do status das normas e projetos de normas IEEE.
ITU – International Telecommunication Union
Normas da área de telecomunicações. Antigo CCITT.

IRPA – International Radiation Protection Association
Inmetro – Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia

Este site contém a Base de Dados de Regulamentos Técnicos Federais, disponível gratuitamente.

ISO – International Organization for Standardization
PTB – Physikalisch-Technische Bundesanstalt

Instituto de normalização da Alemanha. Clique aqui para a versão em inglês.
NACE International – The Corrosion Society

TMForum – Telemanagement Forum
Apresenta uma knowledge Base que contém TM Forum Guides, Modelos, Especificações, Estruturas, Relatórios Técnicos, Publications (Artigos, Papers, Relatórios de Pesquisa de Mercado produzidos pelos membros do TM Forum).

Todas as pessoas, independente de ser membro, podem se registrar como usuário (User Registration). Ao fazer o registro é possível acessar muitos documentos e dar o download.

Na área “Documents, Models & Specs”, que é o núcleo da contribuição da indústria, estão as especificações, estruturas, guias estratégicos e são documentos possíveis de serem descarregados, mesmo sem ser membro.