Acessibilidade  
Central de Atendimento ao Aluno Área do aluno
Vestibular de Inverno

PUC-Campinas comemora aniversário com uma série de atividades e inaugurações

Universidade já formou mais de 200 mil profissionais e é uma das sete pontifícias brasileiras

A PUC-Campinas comemora, neste dia 7 de junho de 2021, 80 anos de existência com mais de 200 mil profissionais formados, firmando-se como uma das mais importantes instituições de ensino do Brasil. Uma das sete pontifícias universidades católicas brasileiras, a Universidade promoverá uma série de atividades para celebrar as oito décadas dedicadas ao ensino.

Entre as comemorações do Jubileu de Carvalho estão previstos inaugurações de novos espaços e laboratórios, exposições, lançamentos de livros, encontros, webinários, lives, feiras, apresentações artísticas e cerimônias religiosas festivas.

Campus II

Neste dia 7 de junho, será realizada uma Missa em Ação de Graças pelos 80 anos da PUC-Campinas, transmitida pelo canal da Universidade no YouTube, das 10h às 11h. A cerimônia será celebrada por Dom João Inácio Müller, Arcebispo Metropolitano de Campinas e Grão-Chanceler da PUC-Campinas.

O primeiro evento comemorativo foi sábado (5/06), com um concerto da Orquestra Sinfônica de Campinas. Estiveram presentes o Reitor Prof. Dr. Germano Rigacci Júnior, o Vice-Reitor Prof. Dr. Pe. José Benedito de Almeida David, pró-reitores, o prefeito de Campinas Dario Saadi e secretários municipais. A apresentação no Teatro Castro Mendes foi transmitida pelo YouTube e pode ser vista clicando aqui.

A Sinfônica foi mantida pela PUC por um período nos anos 60, até ser municipalizada. “Na década de 60, a história da Orquestra Sinfônica e a da PUC-Campinas se encontraram. A corporação contava com 31 anos de existência, mas sofria com falta de apoio financeiro e corria risco de extinção. Um projeto do Monsenhor Emílio José Salim em 1963, então Reitor da PUC, permitiu que ela fosse mantida com recursos da Universidade”, disse o Reitor Prof. Dr. Germano Rigacci Júnior.

O maestro Victor Hugo Toro também fez um agradecimento à Universidade e afirmou que, não fosse pela sensibilidade da instituição, a Sinfônica de Campinas não teria hoje mais de 90 anos de atividade.

O prefeito Dário Saadi falou da honra de ter feito a Faculdade de Medicina da PUC nos inícios dos anos 80. Também ressaltou a parceria da Prefeitura com o Hospital da PUC-Campinas e afirmou que sem ele o sistema público de saúde de Campinas não teria condições de atender a população como atende nos dias de hoje.

História

Com cerca de 60 cursos de graduação de qualidade nas áreas de exatas, humanas e biológicas, distribuídos em cinco centros, dez mestrados e três doutorados, além de uma série de cursos de especialização, extensão e grupos de pesquisa, a Universidade desenvolve nos dias atuais estudos nas mais diversas áreas.

A história da PUC-Campinas começou no dia 7 de junho de 1941, quando nasceu a primeira unidade da Universidade, a Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras. A Diocese de Campinas adquiriu, na época, o antigo casarão de propriedade de Joaquim Polycarpo Aranha, conhecido por Barão de Itapura.

Em 1955, a Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras passou a ser Universidade Católica, reconhecida pelo Conselho Federal de Educação. O título de Pontifícia foi concedido pelo Papa Paulo VI em 1972.

Novos campi foram surgindo de acordo com a necessidade de espaço: o Campus I, o Campus II, o Seminário e o Instituto de Letras.

Rankings

Atualmente, a Universidade está consolidada como uma das principais instituições de ensino superior do Brasil. Uma série de rankings nacionais e internacionais, entre os mais respeitados do mundo, tem colocado a Universidade entre as de maior destaque na qualidade de ensino, sustentabilidade, pesquisa, inovação e protagonismo das mulheres na academia.

A PUC-Campinas é a primeira instituição de ensino privada de São Paulo e a terceira do Brasil com maior número de cursos 5 estrelas no ranking do Guia da Faculdade 2020, divulgado pelo jornal O Estado de S. Paulo, e a melhor particular do interior do estado pelo RUF (Ranking Universitário da Folha) 2019 e pela consultoria britânica Quacquarelli Symonds (QS).

No UI GreenMetric World University Ranking 2020, que avalia as universidades mais sustentáveis ecologicamente, a PUC-Campinas apareceu entre as mais responsáveis do mundo. Ela é uma das seis mais bem avaliadas no estado de São Paulo.

O UI GreenMetric World University Ranking é uma iniciativa da Universitas Indonesia (UI), que criou um ranking de alcance global para avaliar quesitos relativos à sustentabilidade nas instituições de ensino superior. Em 2020, foram avaliadas pelo ranking 912 universidades.

A Instituição também está entre as com os maiores percentuais de pesquisadoras beneficiadas com bolsas, segundo dados da CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior). O ranking foi realizado pela Revista Quero, especializada na área de educação e em avaliações universitárias, a partir de informações do Censo da Educação Superior de 2018, divulgadas no final de 2019 pelo Ministério da Educação (MEC).

Eventos

Os eventos previstos, suas datas e horários podem ser acompanhados pelo link https://www.puc-campinas.edu.br/80anos/

Programação

1º Religiocom – Congresso Internacional de Comunicação e Religiões

Exposição Virtual: 80 Anos em 80 Imagens

Inauguração dos Espaços de Inovação e Convivência

Seminário PUC-Campinas 80 anos: O sentido da Universidade Católica na sociedade

Encontros PUC-Campinas 80 anos: Semana de reflexão acadêmica

Lançamento do livro PUC-Campinas 80 anos

Lançamento da PUC-Campinas Educação Digital

PUC In Concert

Projeto Dia Mundial do Meio Ambiente – Geração Restauração – ONU

Concurso de Fotografia – Ações que Salvam o Planeta

Projeto Biodiversidade: Avifauna da PUC-Campinas

II Webinário “Fraternidade e Diálogo: Compromisso de Amor”



Marcelo Andriotti
7 de junho de 2021