Acessibilidade  
Central de Atendimento ao Aluno Relacionamento Área do aluno
Vestibular 2022

Reitor apresenta Universidade e projetos de internacionalização ao Cônsul-geral da Coreia do Sul

Insang Hwang, que assumiu o consulado coreano este ano, visitou a PUC-Campinas nesta sexta-feira (17) com o objetivo de estreitar relações

O Reitor da PUC-Campinas, Prof. Dr. Germano Rigacci Júnior, se reuniu, nesta sexta-feira (17/09), com o Cônsul-geral da República da Coreia do Sul em São Paulo, Insang Hwang. É a segunda vez que o consulado coreano visita a Universidade. Em 2019, o cônsul antecessor Hak You Kim, que participou de um bate-papo com alunos da Faculdade de Relações Internacionais (RI), iniciou as conversas para estreitar a relação entre as instituições.

Também estiveram presentes na reunião o Cônsul da Área de Diplomacia Pública, Joohoon Kim, e o coordenador de Assuntos Políticos, Jorge Noh. Do lado da PUC-Campinas, acompanharam a visita o Vice-Reitor da Universidade, Prof. Dr. Pe. José Benedito de Almeida David, e a Profa. Me. Kelly de Souza Ferreira, da Faculdade de Relações Internacionais.

O encontro, promovido para apresentar a estrutura universitária ao novo cônsul – que assumiu tal posição este ano – teve o propósito de fortalecer os laços com o governo coreano e reafirmar o interesse da PUC-Campinas em estabelecer parcerias de interesse mútuo, como programas de intercâmbio com universidades da Coreia do Sul e oportunidades de estágios para alunos da Instituição em empresas coreanas instaladas no Brasil.

Segundo Insang Hwang, em sua carta de apresentação ao Consulado Geral em São Paulo (único na América Latina), mais de 120 empresas da Coreia do Sul atuam no Estado. A intenção é que a PUC-Campinas, por meio da formação integral de seus estudantes e de trabalhos em pesquisa, possa cooperar com o desenvolvimento das companhias coreanas.

Durante a reunião, o Reitor da PUC-Campinas elogiou o protagonismo da Coreia do Sul no campo da educação, considerado elemento chave para o crescimento das nações pela Igreja Católica. “Diante dessa premissa, nosso compromisso é oferecer não somente qualificação técnica aos alunos, mas também formação humanizada. A aproximação com o consulado coreano caminha nesta direção ao abrir novas possibilidades formativas aos estudantes, impactando diretamente a vida profissional destes jovens”, destaca.

Impressionado com a infraestrutura universitária após tour pelo Campus I, que incluiu visita aos laboratórios e aos espaços de inovação e empreendedorismo do Mescla, o Cônsul-geral acenou com a possibilidade de firmar parcerias com a PUC-Campinas, como ceder professores nativos para o ensino do idioma coreano e criar conjuntamente um centro de pesquisa de estudos sobre a Ásia dentro da Universidade.

“O que vi foi uma excelente atmosfera para o desenvolvimento dos estudantes. O nosso objetivo é ajudar nesse processo com a promoção de matérias, programas e seminários que reproduzam a cultura coreana. A ideia fortalecer o diálogo para a criação de projetos de interesse mútuo”, afirma Hwang.



Vinícius Purgato
17 de setembro de 2021