Acessibilidade  
Central de Atendimento ao Aluno Área do aluno
Vestibular 2021

As universidades fazem exposição simultânea de gravuras

A exposição “Gravuras: Espaços Liberados” apresenta as obras de importantes artistas peruanos produzidos na Pontifícia Universidade Católica do Peru e tem a curadoria do professor do Curso de Artes Visuais da PUC-Campinas, Paulo Cheida Sans. As visitas podem ser feitas de segunda-feira a sexta-feira, das 14h às 17h e das 19h às 22h, até o dia 15 de dezembro, no Campus I da PUC-Campinas.

Entre os artistas, estão nomes famosos nas artes plásticas como Olga Flores, Verônica Noriega, Zoila Reyes e Carolina Salinas. A exposição apresenta gravuras de vários tipos, como xilogravuras, linogravuras, calcogravuras, serigrafias, litografias e algumas com procedimentos mistos, feitas com várias técnicas ao mesmo tempo.

Cristina Dueñas, outra expositora, é uma artista premiada em bienais internacionais de gravura, como a de San Juan (Porto Rico). “Para ser reconhecido em exposições internacionais como essa, é necessário ter um trabalho já consolidado no campo das artes”, destacou o curador. Ele explicou o motivo de a gravura ser uma técnica tão popular entre as artes visuais. “Como se utiliza uma matriz para criar a obra, é necessário que o artista entenda de diversas técnicas como pintura e escultura. Dessa maneira, mantém-se um estilo único, mais nobre, exclusivo”, demonstrou o professor.

A parceria entre a Pontifícia Universidade Católica de Campinas e a PUC Peru é antiga. Na inauguração da Galeria de Arte do Centro de Linguagem e Comunicação (CLC), em 1988, localizada no Campus I, a instituição peruana já estava presente. “Em 2009, foi a minha vez de retribuir ao convite e participar da comemoração dos 70 anos do curso de arte da PUC Peru”, informou Cheida.

Simultaneamente, a PUC Peru apresenta uma mostra de trabalhos com gravuras de ex-alunos do Curso de Artes Visuais da PUC-Campinas.



Portal Puc-Campinas
6 de dezembro de 2010