Relações Públicas

Sobre o Curso

O Curso de Relações Públicas (RP) atende às exigências dos novos tempos. Com uma abordagem generalista e interdisciplinar, propicia ao aluno uma visão global para atuar no planejamento estratégico e na execução de atividades ligadas a políticas gerais de comunicação e de relacionamentos de uma organização.

Para atender à demanda de mercado, que exige um profissional com formação ampla e visão estratégica, capacitado para elaborar as diretrizes das comunicações interna e externa, o curso foi reestruturado em 2015. Estabelece uma forte relação com o mercado e permite aos alunos desenvolver atividades práticas, on e off line, já a partir do 2º ano. No Laboratório de Webcomunicação e Portais, por exemplo, os alunos fazem assessoria para microempreendedores, trabalhando na geração de conteúdos e mensuração de resultados no ambiente digital.  Alguns trabalhos  podem ser conferidos nos video-cases, produzidos pelos próprios alunos (https://portalrppuccampinas.wordpress.com).

Na Consultoria de Relações Públicas, as práticas se voltam principalmente para o 3º setor e conta com o suporte técnico da disciplina de Laboratório de Relações Públicas A e B, espaço no qual desenvolvem revistas, newsletters, relatórios de gestão, manuais etc para clientes reais. A solidez acadêmica é percebida, sobretudo, no Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), ocasião em que os alunos desenvolvem projetos de Relações Públicas para clientes reais, prospectados pelos próprios discentes.

Outro diferencial do curso de RP da PUC-Campinas é a preparação do aluno para a vida acadêmica. Após sólida formação em pesquisa, os alunos produzem no 7º período um artigo científico, que lhe dará maturidade para enfrentar a segunda fase de sua formação: a pós-graduação.

A partir de 2018, os ingressantes do turno matutino, terão aulas do 1º ao 4º período no Matutino, e do 5º ao 8º período no Noturno.

Perfil do Egresso

Os egressos do Curso de Relações Públicas deverão ter uma base cultural humanística, que os permita compreender e interpretar a realidade local, regional, nacional e global; um referencial cognitivo no âmbito das ciências da comunicação; treinamento para a utilização de ferramentas de expressão verbal, gráfica e audiovisual, bem como para a difusão de mensagens através de tecnologias apropriadas e avaliação do seu impacto junto às audiências a que se destinam; domínio das técnicas gerenciais considerando a tendência atual do mercado ocupacional na área; domínio das técnicas de produção de mensagens gerais ou segmentadas para veiculação através de house organs ou de mídia massiva, com o intuito de construir , preservar ou melhorar a imagem das instituições; domínio das técnicas para identificação dos públicos com os quais a instituição se relaciona; domínio das técnicas para fazer auditorias de cultura, comunicação e clima na instituição, e após fazer o diagnóstico, sugerir as atividades mais adequadas; domínio das técnicas necessárias para saber administrar uma política de relacionamentos nas organizações, com seus públicos diversos, através de estratégias de comunicação; competências profissionais, sociais e intelectuais quanto à criação, produção, distribuição, recepção e análise crítica às mídias, às práticas profissionais e sociais relacionadas a estas, e a suas inserções culturais, políticas e econômicas; uma visão integradora e horizontalizada genérica e ao mesmo tempo especializada de seu campo de trabalho, possibilitando o entendimento da dinâmica das diversas modalidades comunicacionais e suas relações com os processos sociais que as originam e que destas decorrem; perspicácia para saber utilizar, criticamente em sua atividade profissional o instrumental teórico-prático oferecido no curso, tendo competência para posicionar-se de um ponto de vista ético-político sobre o exercício do poder na comunicação, sobre os constrangimentos a que a comunicação pode ser submetida, sobre as repercussões sociais que enseja e ainda sobre as necessidades da sociedade contemporânea em relação à Comunicação Social; domínio do exercício de todas as demais atividades que, no estado então vigente da profissão, sejam reconhecidas pelo bom senso, pelas entidades representativas ou pela legislação pertinente, como características do profissional de RP; fibra e coragem suficientes para trabalhar em todos os momentos com a verdade, pois só assim ele terá condições de estar oferecendo oportunidade às organizações de um trabalho sério, necessário e de respeito às comunidades, conquistando dessa forma a Opinião Pública; aptidões para a elaboração de diagnósticos, prognósticos, estratégias e políticas voltadas para o aperfeiçoamento das relações entre instituições, grupos humanos organizados, setores de atividades públicas ou privadas e a sociedade em geral; aptidões para trabalhar na implantação de programas e instrumentos que assegurem essa interação, acompanhando, avaliando e aperfeiçoando os processos e produtos pertinentes com base nos resultados obtidos; aptidões para trabalhar junto a instituições públicas ou privadas, envolvendo pequenas, médias e grandes empresas, que incluam atividades caracterizadas em termos das estratégias de comunicação segundo as quais aquelas instituições possam desenvolver interações com os interlocutores pertinentes, privilegiando também o trabalho terceirizado; o exercício de interlocução entre as funções típicas de RP e as demais funções profissionais ou empresariais existentes na área da Comunicação, e ainda com outras áreas sociais, culturais e econômicas com as quais as RP exerçam interface.

Recursos

- Centro de Recursos Audiovisuais
- Consultoria de Relações Públicas
- Laboratório de Informática
- Laboratório de Fotografia

  • Turno \ Duração Matutino - 8 Semestres
    Noturno - 8 Semestres
  • Campus Campus I
  • Carga Horária 3655 horas
  • ReconhecimentoDECRETO Nº 74.959 - 25/11/1974 - D.O.U.: 26/11/1974 PORTARIA Nº 795 - 26/7/2017 - D.O.U.: 28/7/2017

Avaliação

  • Ministério da Educação - CONCEITO DE CURSO
    Conceito: 4
    Ano: 2017
  • Editora Abril - Guia do Estudante
    Conceito: 3
    Ano: 2017
  • Editora Abril - Guia do Estudante
    Conceito: 3
    Ano: 2016
  • Ministério da Educação - CONCEITO PRELIMINAR DE CURSO
    Conceito: 3
    Ano: 2009
  • Ministério da Educação - EXAME NACIONAL DE DESEMPENHO
    Conceito: 3
    Ano: 2009
  • Editora Abril - Guia do Estudante
    Conceito: 3
    Ano: 2018

DIRETORIA DA FACULDADE