Acessibilidade  
Central de Atendimento ao Aluno Área do aluno
Vestibular 2021

Desenvolvimento humano e existência são discutidos em quatro dias de palestras

O Seminário “Desenvolvimento Humano Integral e Sofrimento Existencial” terminou na noite de quinta-feira, 16 de maio, no Campus I da PUC-Campinas. Foram quatro dias de palestras sobre assuntos variados, ligados ao tema central do evento e abordados por especialistas de diferentes áreas. O colóquio contou com a presença do Mons. Bruno-Marie Duffé, Secretário do Dicastério para o Desenvolvimento Humano Integral, do Vaticano, criado pelo Papa Francisco.

A abertura, no Auditório Dom Agnelo Rossi, no Campus I da PUC-Campinas, que sediou todas as palestras, teve a presença de Dom Airton José dos Santos, Arcebispo de Mariana (MG); Prof. Dr. Germano Rigacci Júnior, Reitor da PUC-Campinas; Prof. Dr. Pe. José Benedito de Almeida David, Vice-Reitor; Monsenhor José Eduardo Meschiatti, Administrador Diocesano de Campinas; e Cônego José Luís Araújo, Coordenador do Núcleo de Fé e Cultura da Universidade.

Os seminários são realizados há seis anos, buscando discutir assuntos de interesse do mundo acadêmico, sempre com a presença de um representante do Vaticano.

“O Núcleo de Fé e Cultura foi criado justamente para colaborar com a Universidade no cumprimento de sua função. Com esses eventos, buscamos reforçar a identidade católica da Universidade, e, todos os anos, contamos com representantes do Vaticano ajudando nessa missão. Estamos colaborando para ajudar na educação da Universidade, que olha para a pessoa como um todo, na sua universalidade, em todas as dimensões. Oferecemos algo de humano para aqueles que fazem diferentes cursos”, disse o Cônego José Luís Araújo, do Núcleo de Fé e Cultura.

Clique aqui para ver galeria de fotos.

 



Marcelo Andriotti
23 de maio de 2019