Acessibilidade  
Central de Atendimento ao Aluno Relacionamento Área do aluno
Vestibular 2022

Viveiro da PUC-Campinas doa 2 mil mudas em apenas dois dias

Uma nova campanha de distribuição de árvores ocorrerá em dezembro

O Viveiro de Mudas da PUC-Campinas, projeto desenvolvido por Estudantes do Programa de Educação Tutorial (PET) da Faculdade de Ciências Biológicas, conseguiu em apenas dois dias doar duas mil mudas de árvores. A campanha, que iria até 30 de novembro, foi encerrada, mas será retomada no próximo mês. O fornecimento das plantas para a população faz parte do Projeto “Vamos Reflorestar?”, que já havia disponibilizado três mil mudas no Dia do Meio Ambiente.

Segundo a Profa. Dra. Luciane Kern Junqueira, coordenadora do projeto e Diretora do Curso de Ciências Biológicas, no mês dezembro mais três mil mudas estarão prontas no viveiro e as doações voltarão, com data ainda a ser definida.

Para poder receber as mudas quando a nova campanha for iniciada, os interessados deverão preencher um formulário pela internet, onde especifica quais espécies quer receber, e retirar gratuitamente, no Laboratório de Ciências Biológicas (ao lado do Hospital Veterinário), Campus II, Av. Jonh Boyd Dunlop, sem número, Jardim Ipaussurama.

Estão disponíveis Ipê amarelo (com altura que pode chegar de 20m a 30m), Aroeira pimenteira (altura de 5m a 10m), Canafístula (altura de 5m a 10m) e Tamboril (altura de 20m a 35 m). Não há limites de número de plantas que podem ser solicitadas e o prazo é até o dia 30 de novembro. O Viveiro existe há cerca de oito anos e é cuidado por 12 alunos do Curso de Ciências Biológicas .

Além das doações para a comunidade externa, o Viveiro também fornece mudas para plantio de árvores nos campi da Universidade. A PUC-Campinas foi apontada como uma das mais responsáveis ambientalmente pelo UI GreenMetric World University Ranking, uma iniciativa da Universitas Indonésia, que criou um ranking de alcance global para avaliar quesitos relativos à sustentabilidade nas instituições de ensino superior.



Marcelo Andriotti
10 de novembro de 2021