Observatório PUC-Campinas
Observatório
PUC-Campinas
Facebook
Central de
Atendimento
ao Aluno

Universidade oferece assistência jurídica gratuita durante 10ª Tarde da Alegria

Evento, que ocorreu no último sábado (9), reuniu moradores de comunidades de Campinas

A PUC-Campinas, em parceria com a Rede Intersetorial São Quirino, de Campinas, participou no último sábado, 9 de novembro, no Ginásio Nabi Abi Chedid, da 10º edição da Tarde da Alegria, que ofereceu, além de atividades recreativas, assistência jurídica gratuita prestada por alunos e advogados da Faculdade de Direito da Universidade.

Cerca de 600 pessoas estiveram presentes na ação solidária – parte integrante das atividades de extensão realizadas pela Instituição em bairros carentes da Região Metropolitana de Campinas (RMC) –, recebendo orientações relativas a procedimentos judiciais e encaminhamento para os serviços específicos, como o Juizado Especial Cível e o CEJUSC, ambos oferecidos pela PUCC, ou órgãos públicos competentes.

Por meio de tais iniciativas, que beneficiam a população, os estudantes da Universidade também podem ampliar as suas habilidades profissionais e atuar como agentes de transformação social. Os Projetos de Extensão, desenvolvidos nas áreas de comunicação, cultura, direito, tecnologia e saúde, garantem o compartilhamento dos conhecimentos adquiridos nos campos do ensino e da pesquisa, modificando a realidade de diversos cidadãos na região.

Para a Profa. Me. Elisangela Rodrigues de Ávila, integradora acadêmica na Faculdade de Direito, a participação em ações desta natureza fortalece a missão da Universidade junto à comunidade, e enriquece a formação dos estudantes. “Primeiro porque os nossos alunos têm a oportunidade de exercer a profissão, e também por integrar a Graduação com a Extensão, considerando que os serviços jurídicos prestados pela PUC-Campinas seguem esse viés extensionista”, afirma.

A aluna de Direito Letícia Pessoa, que esteve em contato com a população, frisou a importância de divulgar os serviços oferecidos na Universidade. “Muitas vezes as pessoas não sabem que tal assistência é provida pela PUC-Campinas e deixam passar orientações que são extremamente benéficas à resolução de determinados problemas. Ao mesmo tempo, para nós estudantes fica o aprendizado de lidar com cada tipo de público, uma habilidade fundamental para a prática da profissão”, destaca.

Eliane Aparecida Oliveira, dona de casa, aproveitou a ocasião para resolver uma questão familiar pendente há muitos anos. “Precisava de informações sobre um inventário e consegui todas elas aqui. Agora vou dar continuidade lá na PUC-Campinas para resolver o meu problema”, disse.

Núcleo de Prática Jurídica da PUC-Campinas

 A Assistência Judiciária oferecida pelo Núcleo de Prática Jurídica da PUC-Campinas, que integra o Núcleo de Prática Jurídica da Faculdade de Direito, tem a mesma regra da Defensoria Pública, que estipula renda familiar de até três salários, com atendimento via triagem do Serviço Social e por advogados orientadores e alunos estagiários. O serviço está disponível de segunda a sexta, das 13h às 17h, no Campus I da Universidade.

O Núcleo oferece também os serviços do Juizado Especial Cível (JEC) – conhecido popularmente como “Pequenas Causas” –, e do Centro Judiciário de Conciliação e Cidadania (CEJUSC). Todos os serviços são voltados a pessoas que precisam de atendimento jurídico, mas possuem algumas diferenças entre si.

O Juizado Especial Cível (JEC) não estipula renda familiar máxima, mas para o atendimento sem advogado, o valor máximo da causa não pode ultrapassar 20 salários mínimos. O atendimento é feito por advogados orientadores e alunos estagiários que são nomeados para serem conciliadores e participam da audiência de conciliação. Em casos de conciliação, faz-se o acordo e se acaba o processo; caso contrário, o processo segue os trâmites legais do judiciário. O JEC funciona no Palácio da Justiça, no Centro de Campinas, de segunda a sexta-feira, e faz o atendimento ao público das 12h30 às 16h30.

Já o Centro Judiciário de Conciliação e Cidadania (CEJUSC) realiza o atendimento pré-processual, que também independe da condição econômica do solicitante. É uma unidade do Poder Judiciário, responsável pela realização das sessões de Conciliação e Mediação, bem como pelo atendimento e orientação ao cidadão. O serviço presta atendimento à população de Campinas e região, por meio de advogados conciliadores, com o auxílio de alunos-estagiários da Faculdade de Direito. Interessados devem comparecer ao Posto de atendimento do CEJUSC da PUC-Campinas, de segunda a sexta-feira, das 13h às 17h, no Campus I da Universidade.

Veja a reportagem sobre a ação:

*Por Bruna Lopes – estagiária sob supervisão do Departamento de Comunicação (DCOM)




Pesquisar



Próximos eventos


dez
10
ter
08:30 Hackatruck na PUC-Campinas
Hackatruck na PUC-Campinas
dez 10@08:30 – dez 13@17:00
Hackatruck na PUC-Campinas @ Campus I
A PUC-Campinas, em parceria com a IBM e com o Instituto Eldorado, realiza o workshop “Hackatruck na PUC-Campinas” para alunos, professores e profissionais convidados, com atividades[...]

Estude na PUC-Campinas

Termina domingo período de inscrições para o Vestibular de Inverno 2019

Universidade divulga calendário do Processo Seletivo – Vestibular 2020

Universidade divulga o Resultado do Novo Vestibular 2019

PUC-Campinas divulga o Resultado da 4ª Chamada Vestibular Social 2019

Veja a lista de aprovados nos Cursos de Especialização

Veja também

Projetos sustentáveis desenvolvidos por alunos da Universidade são expostos no Paço Municipal de Campinas

Novos Cursos de Especialização nas áreas de Comunicação Digital e Linguagem

Déficit comercial da RMC até novembro já supera todo o acumulado de 2018, mostra Observatório PUC-Campinas

Veja documentário feito para WhatsApp por alunas de Jornalismo sobre tiroteio na Catedral

Aberto processo seletivo para o Curso de Bacharelado em Teologia