Química

Sobre o Curso

O Bacharel em Química Tecnológica, com as atribuições Tecnológicas conferidas pelo Conselho Regional de Química, é habilitado para a realização de análises químicas clássicas e instrumentais, controle de qualidade, desenvolvimento de novos produtos químicos, tratamento de resíduos químicos, condução e controle de operações e processos industriais. Além disso, é capacitado para desempenhar cargos e funções industriais, incluindo pesquisa e desenvolvimento de métodos e produtos, realização de estudos teóricos, investigações, experimentos e análises nos mais diversos ramos (petroquímico, higiene pessoal e cosmético, farmacêutico, produtos de limpeza, ambiental, alimentício, polímeros, tintas e vernizes entre outros).

Perfil do Egresso

O profissional deve ter uma formação ampla e multidisciplinar, fundamentada em sólido conhecimento de Química, capaz de permitir sua atuação nos mais diversos campos de atividades sócio econômicas. Além disso, desenvolver habilidades humanísticas e gerenciais para aprofundar seus conhecimentos, realizar tarefas com independência e com consciência da necessidade do trabalho em equipe. Baseado nisso, tomar decisões, levando em consideração possíveis impactos econômicos, ambientais e de saúde pública, desenvolvendo seu senso de responsabilidade, de modo que seja capaz de exercer plenamente sua cidadania e de respeitar o direito à vida e ao bem-estar dos cidadãos atingidos pelos resultados de suas atividades.

Recursos

Um grande diferencial do curso de Química Tecnológica da PUC-Campinas é a o grande número de disciplinas práticas que ocorrem nos laboratórios de Química.

 

LABORATÓRIOS

- Laboratórios de ensino para disciplinas práticas (Química Geral, Química Inorgânica, Química Orgânica, Físico Química, Química Ambiental, Bioquímica, Biotecnologia entre outras)

- Laboratório para Pesquisa

- Laboratório de Análise Instrumental (diversos equipamentos como: Cromatógrafos à Gás, Cromatógrafo Líquido, Espectrofotômetro no Ultravioleta, Espectrômetro no Infravermelho, Espectrofotômetro de Absorção Atômica, Analisador Termogravimétrico, Calorímetro de Varredura Diferencial, Microscópio Óptico entre outros)

- Laboratórios de Informática

- Centro de Recursos Áudio Visuais

  • Turno \ Duração Noturno - 8 Semestres
  • Campus Campus I
  • Carga Horária 2527 horas
  • ReconhecimentoPORTARIA Nº 579 - 22/3/1999 - D.O.U.: 24/3/1999 PORTARIA Nº 919 - 27/12/2018 - D.O.U.: 28/12/2018

Mercado de Trabalho

A empregabilidade em Química é alta, pois é uma área muito abrangente. O profissional pode trabalhar em diferentes ramos: materiais, produtos de limpeza, higiene pessoal, energia, cosméticos, fármacos, petroquímica, biotecnologia, tintas, têxtil, ambiental entre outras. Há áreas muito aquecidas envolvendo nanotecnologia, novas formas de energia e Química Verde.

 

Além de trabalhar em diferentes ramos, ele pode atuar em diferentes ambientes como: laboratórios de controle de qualidade, laboratórios de pesquisa e desenvolvimento, assistência técnica, qualidade, treinamento, vendas entre outros.

 

A região de Campinas é muito privilegiada, pois contempla um grande número de empresas químicas (como Unilever, Pepsico, Procter&Gamble, Eucatex, Rhodia, 3M, EMS, Nivea, Cristália, Medley, Givaudan, Ecolab, Syngenta, Ypê, Natura, Akzo Nobel, Henkel, Dow Corning, Sherwin Willians, Ambev, PPG etc). Este privilégio possibilita que a grande maioria dos nossos alunos estagie ou trabalhe na área durante a graduação. Além disso, o Escritório de Talentos e Carreira da Universidade, catalisa esta aproximação do aluno ao mercado de trabalho.

 

Esta oportunidade de ter experiência profissional durante a graduação é um grande diferencial dos nossos egressos que poderão trabalhar em outras empresas do país ou fora dele.
Além de empresas, o profissional da Química poderá trabalhar em instituições de pesquisa (por exemplo, ITAL, EMBRAPA, IAC, CNPEM etc), seguir carreira pública (como Polícia Federal, ANVISA, INMETRO, IPT, IPEN, SANASA etc) ou montar seu próprio negócio.

 

Vale lembrar que o químico pode seguir a carreira acadêmica, como pesquisador e professor universitário, realizando mestrado e doutorado.

Avaliação

  • Ministério da Educação - EXAME NACIONAL DE DESEMPENHO
    Conceito: 2
    Ano: 2017
  • Ministério da Educação - CONCEITO PRELIMINAR DE CURSO
    Conceito: 3
    Ano: 2017
  • Ministério da Educação - CONCEITO DE CURSO
    Conceito: 4
    Ano: 2013
  • Editora Abril - Guia do Estudante
    Conceito: 3
    Ano: 2016
  • Editora Abril - Guia do Estudante
    Conceito: 3
    Ano: 2017
  • Editora Abril - Guia do Estudante
    Conceito: 3
    Ano: 2018