ENGENHARIA MECÂNICA

Sobre o Curso

A formação de profissionais de qualidade, comprometidos com a sociedade, o meio ambiente e o desenvolvimento científico, sempre pautados na ética é um dos fundamentos da formação de pessoas e profissionais. Sendo assim o curso de Engenharia Mecânica insere profissionais que articulem nas diversas áreas com máxima competência.

 

Competência científica é alcançada quando o educando tiver contato com os fundamentos que sustentam a área de conhecimento e com as necessidades impostas pela sociedade, o que pode ser conseguido por meio do Ensino, associado a Pesquisa e Extensão, visando à capacitação profissional de excelência, à formação integral da pessoa humana e à contribuição para a construção de uma sociedade justa e solidária, como preconizado na Missão da Universidade.

 

Ainda, de acordo com a Lei no 9394, de 20 de dezembro de 1996, a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB), que concebe as Universidades como instituições pluridisciplinares de formação dos quadros profissionais de nível superior, de Pesquisa, de Extensão e de domínio e cultivo do saber humano, o curso de Engenharia Mecânica é proposto com base em atividades de Ensino, de Pesquisa e de Extensão para a formação de profissionais preparados para atuar de forma competente, crítica e criativa no mercado de trabalho. Além disso, o curso deve formar profissionais habilitados a desenvolver estudos e pesquisas que contribuam para o avanço do conhecimento da área, em conformidade com o estipulado pelo Sistema CONFEA/CREA.

 

Dessa forma, o curso de Engenharia Mecânica deve buscar oportunidades de inserção dos estudantes em grupos de pesquisa da Universidade e, quando possível, em atividades de Pesquisa que envolvam parcerias com outras Instituições de Ensino Superior ou Institutos de Pesquisa. Será buscada uma interação constante com a iniciativa privada, de modo a contribuir de forma eficaz para a área de Engenharia, visando atender às demandas dos setores produtivos da sociedade.

 

Finalmente, haverá um incentivo à participação dos alunos em Programas de Mobilidade Acadêmica internacionais, de modo que possam compreender, com uma visão pluralizada e multicultural, os processos de internacionalização estimulados pela globalização que, por sua vez, influenciam as organizações econômicas e sociais, para atuarem com êxito no mercado profissional.

Perfil do Egresso

O perfil dos egressos de um curso de engenharia compreenderá uma sólida formação técnico-científica e profissional geral que o capacite a absorver e desenvolver novas tecnologias, estimulando a sua atuação crítica e criativa na identificação e resolução de problemas, considerando seus aspectos políticos, econômicos, sociais, ambientais e culturais, com visão ética e humanística, em atendimento às demandas da sociedade.

 

Ainda de acordo com o mesmo documento, os currículos dos cursos de Engenharia deverão dar condições a seus egressos para adquirir competências e habilidades para: 

 

a) aplicar conhecimentos matemáticos, científicos, tecnológicos e instrumentais à engenharia;
b) projetar e conduzir experimentos e interpretar resultados;
c) conceber, projetar e analisar sistemas, produtos e processos;
d) planejar, supervisionar, elaborar e coordenar projetos e serviços de engenharia;
e) identificar, formular e resolver problemas de engenharia;
f) desenvolver e/ou utilizar novas ferramentas e técnicas;
g) supervisionar a operação e a manutenção de sistemas;
h) avaliar criticamente a operação e a manutenção de sistemas;
i) comunicar-se eficientemente nas formas escrita, oral e gráfica;
j) atuar em equipes multidisciplinares;
k) compreender e aplicar a ética e responsabilidade profissionais;
l) avaliar o impacto das atividades da engenharia no contexto social e ambiental;
m) avaliar a viabilidade econômica de projetos de engenharia;
n) assumir a postura de permanente busca de atualização profissional.

 

O Engenheiro Mecânico é um profissional de formação generalista, que atua em estudos, projetos e execução de sistemas mecânicos e térmicos, de estruturas e elementos de máquinas, desde sua concepção, análise e seleção de materiais, até sua fabricação, controle e manutenção, de acordo com as normas técnicas previamente estabelecidas, podendo também participar na coordenação, fiscalização e execução de instalações mecânicas, termodinâmicas e eletromecânicas.

 

Além disso, coordenada e/ou integra grupos de trabalho na solução de problemas de engenharia, englobando aspectos técnicos, econômicos, políticos, sociais, éticos, ambientais e de segurança. Coordena e supervisiona equipes de trabalho, realiza estudos de viabilidade técnico-econômica, executa e fiscaliza obras e serviços técnicos e efetua vistorias, perícias e avaliações, emitindo laudos e pareceres técnicos. Em suas atividades, considera aspectos referentes à ética, à segurança e aos impactos ambientais. (MEC,2015).

Recursos

  • Salas de Aula
  • Laboratórios de Informática
  • Laboratórios específicos:

Tecnologia Mecânica
Elementos de Máquina
Dinâmica
Fabricação Digital

  • Turno \ Duração Integral: Matutino/Vespertino - 10 Semestres
  • Campus Campus I
  • Carga Horária 3638 horas
  • Reconhecimento521ª REUNIÃO DO CONSUN - 28/6/2016