Acessibilidade  
Central de Atendimento ao Aluno Área do aluno
Vestibular 2021

Universidade se prepara para retorno gradativo com plano pautado na segurança à saúde

A forma como serão as aulas vai variar para cada curso e será divulgada pela Universidade

A PUC-Campinas prepara a volta às atividades no segundo semestre, a partir de 3 de agosto, seguindo todas as determinações das autoridades de saúde. O retorno às aulas está garantido a todos os cursos de Graduação e Pós-Graduação, sendo que a forma como isso ocorrerá em cada um deles será divulgado no decorrer de julho.

Entre as medidas que já estão sendo tomadas é a implantação de toda estrutura para garantir a segurança de estudantes, professores, funcionários e frequentadores das dependências dos campi da Universidade.

Há sinalização em todos os prédios para facilitar o deslocamento e evitar aglomeração, pontos de medição de temperatura, de higienização de mãos e reforço em todo o esquema de limpeza e higienização de ambientes, móveis e equipamentos.

No total, são 95 planos de ação e 39 protocolos de proteção seguidos pelos funcionários. Também será feita uma série de recomendações aos frequentadores da Universidade na volta das aulas presenciais. Todos terão que usar máscaras e serão orientados a não comparecer ou voltar para casa se tiver mais de 37,8 graus de febre, coriza, tosse seca, conjuntivite, diarreia, perda do paladar, perda de olfato, dor de cabeça, cansaço, inflamação de garganta, dor no peito ou falta de ar. Todos serão orientados a trazer seu próprio recipiente para consumo de água.

Também não deverão comparecer aos campi quem tiver contato recente com pessoa com suspeita ou com diagnóstico confirmado. Para todos os casos, haverá formas de garantir que eles não percam aulas e nem tenham faltas.

A Universidade divulgará continuamente em seu site (puc-campinas.edu.br) como se dará o plano de volta às aulas e seu desenvolvimento durante todo o segundo semestre, inclusive com compensação das atividades que não puderem ser desenvolvidas na quarentena.

“Um calendário específico de cada curso detalhará a reposição das atividades práticas adiadas pela quarentena, a continuidade dos estágios e as possibilidades de compensação para os alunos pertencentes a grupos de risco ou com receio de estarem presentes no campus. A PUC-Campinas não parou e não vai parar”, disse o Pró-Reitor de Graduação, Prof. Me. Paulo Pozzebon.

Vestibular de Inverno

O Vestibular de Inverno também está mantido pela Universidade e as vagas são para 18 cursos. As inscrições vão até 19 de julho e os candidatos poderão participar por meio do ENEM (uma das edições, de 2013 a 2019) ou por meio de encaminhamento de uma Redação elaborada pelo próprio candidato. Exceção feita aos candidatos ao Curso de Direito, que poderão participar somente por meio da 1ª modalidade.

Seguem detalhes sobre opções de participação no processo seletivo:

– 1ª modalidade – por meio do desempenho no ENEM em uma das suas edições, de 2013 a 2019, consideradas as Provas Objetivas e a Redação, desde que tenha obtido pontuação igual ou superior a 400 pontos na média das notas e não tenha obtido nota zero na Redação;
– 2ª modalidade – por meio de uma Redação (Carta de Apresentação) elaborada pelo próprio candidato.

No Portal da Universidade os candidatos poderão acessar todas as informações do Processo Seletivo (clique aqui para acessar). A publicação do resultado será dia 27 de julho, com matrículas programadas para os dias 29 e 30 de julho.



Marcelo Andriotti
19 de junho de 2020