Acessibilidade  
Central de Atendimento ao Aluno Área do aluno
Vestibular 2021

Pela primeira vez desde sua implantação, em 2009, as Instituições de Ensino Superior Comunitárias do Brasil puderam apresentar Projetos e Programas de Extensão no Edital ProExt 2015, publicado pelo Ministério da Educação, em parceria com dezoito Ministérios e Secretarias do Governo Federal.

 

A PUC-Campinas submeteu treze Projetos e dois Programas de Extensão ao Edital e, com exceção de apenas um projeto não classificado, os entregues foram avaliados positivamente no mérito com desempenho médio, numa escala que varia de 0 a 100, de 83,3 pontos para os Projetos e 91,8 para os Programas.

 

A Universidade obteve a aprovação de recursos para três Projetos e um Programa, perfazendo um total de R$ 448.311,90, o maior montante de recursos liberados dentre todas as Instituições de Ensino Comunitárias do Brasil.

 

Os projetos e programas classificados foram nas áreas de Educação, Cultura e Arte, Promoção da Saúde, Geração de Trabalho e Renda, Patrimônio Cultural Brasileiro, Direitos Humanos, Esporte e Lazer, Relação entre Estado e Sociedade e Meio Ambiente e Recursos Naturais.

 

De acordo com a Pró-Reitora de Extensão e Assuntos Comunitários da PUC-Campinas, Profa. Dra. Vera Engler Cury, os projetos e programas classificados indicam que a Universidade está sintonizada com as diretrizes nacionais da extensão e com as demandas sociais. “Uma boa extensão universitária demonstra que estamos retornando à sociedade os recursos que são investidos na educação”, enfatizou.

 

"A publicação do resultado do Edital ProExt 2015, que se constitui como avaliação de mérito externa dos nossos Projetos e Programas, contribui para a qualificação da extensão na nossa Universidade. Os recursos liberados permitirão potencializar o número de alunos bolsistas trabalhando no desenvolvimento de atividades de extensão em parceria com as comunidades em nossa região”, acrescenta o Coordenador Geral dos Projetos de Extensão da PUC-Campinas, Prof. Dr. André Pires.

 

O Programa

 

Participam do ProExt as universidades públicas federais, estaduais e municipais, os institutos federais de educação, ciência e tecnologia, os centros federais de educação tecnológica e as instituições comunitárias.

 

Para a edição 2015, o edital definiu um aumento do valor dos recursos, que podem ser destinados a programas com até dois anos de duração (até R$ 300 mil) e a projetos, com duração de um ano (R$ 100 mil).

 

Projetos classificados

 

Educação

Profa. Me. Beatriz Helena Bueno Brandão

“Comunidades Acessíveis: sensibilização para promover a inclusão”

 

Cultura e Arte

Prof. Me. Fabiano Ormaneze

“Comunicação comunitária e cidadania: práticas educomunicativas no Centro de Assistência Social Copiosa Redenção”

 

Promoção da Saúde           

Profa. Dra. Eulália Maria Aparecida Escobar

“Oficinas de preparação para um envelhecimento ativo”

 

Profa. Me. Cristiane Maretti Marangoni Valli

“Instrumentalização de uma equipe multidisciplinar sobre o psicodiagnóstico e o manejo clínico em um Centro de Atenção Psicossocial – CAPS”

 

Geração de Trabalho e Renda

Prof. Me. Carlos dos Santos

“Desenvolvimento de atividades de capacitação administrativa para a qualificação de empreendimentos de artesanato e afins, participantes de cooperativas e associações vinculadas ao Subprograma de Comércio Solidário da Coordenadoria de Economia Solidária da Prefeitura Municipal de Campinas”

 

Patrimônio Cultural Brasileiro

Profa. Dra. Janaína Valéria Pinto Camilo

“O Museu vai à escola: proposta de democratização do Museu Universitário da PUC-Campinas”

 

Prof. Dr. Geraldo Sabino Ricardo Filho

“Patrimônio e Educação: as interfaces entre diversidade cultural, memória e história”

 

Direitos Humanos

Profa. Dra. Jeanete Liasch Martins de Sá

“Atividades de extensão junto ao Programa Metropolitano de inclusão e atenção à 3ª. Idade da AGEMCAMP”

 

Profa. Dra. Karina de Carvalho Magalhães

< span style="font-size:16px;">“Inserção da pessoa com deficiência no mundo do trabalho”

 

Esporte e Lazer

Prof. Me. Roberto Silvia Júnior

“Práticas de atividades físicas e socioesportivas para pessoas com deficiência”

 

Relação entre Estado e Sociedade

Prof. Me. Mário Sérgio Trainotti

“Qualificação da Gestão das Entidades do Terceiro Setor vinculadas à FEAC em especial em suas práticas na área”

 

Profa. Me. Rita de Cássia Lunardi

“Comunicação integrada para a Cáritas Arquidiocesana de Campinas com ênfase em marketing”

 

Programas classificados

 

Geração de Trabalho e Renda

Prof. Me. Pedro de Miranda Costa

“Programa de Apoio a cooperativas populares de catadores de Campinas e Região”

 

Meio Ambiente e Recursos Naturais

Prof. Dr. Aparecido Fujimoto

“Sustentabilidade Ambiental de Projetos e/ou Construções através da qualificação de trabalhadores da Construção Civil”



Portal Puc-Campinas
15 de setembro de 2014