Acessibilidade  
Central de Atendimento ao Aluno Área do aluno
Vestibular 2021

Casos de pais que esquecem filhos no carro motivaram o, agora, ex-estudante da PUC-Campinas, Victor Angel Bocchi Castellaro, de 24 anos, a criar um sistema de segurança que detecta e avisa o responsável pelo veículo que há uma criança dentro do carro. O estudo foi realizado como Trabalho de Conclusão de Curso, na Faculdade de Engenharia Elétrica, da PUC-Campinas, e defendido em maio de 2014.

 

Castellaro criou um sensor que identifica se o automóvel possui alguma criança no banco de traz e se há algum passageiro no banco da frente. Caso o adulto saia e feche os vidros, esse sensor passa a medir a temperatura interna do veículo, imediatamente.

 

O sistema desenvolvido estabelece a temperatura de 38 °C como nível máximo tolerável. Se internamente o carro atingir essa temperatura, o sistema envia uma mensagem para o celular do responsável pelo veículo, avisando-o que há uma criança dentro do carro. Se dentro de um minuto o adulto não responder ou não voltar para o automóvel, o sistema, automaticamente, abre as janelas do carro.

 

“Diante de inúmeras notícias de pais que esquecem os filhos dentro do automóvel e a criança morre em razão da alta temperatura, eu decidi realizar esse trabalho”, conta Castellaro. O ex-aluno ressalta, ainda, que durante o estudo não foi encontrado nenhum dado sobre esses casos no Brasil. “O que justificou meu trabalho foram notícias de jornais, que são inúmeras. Contudo, infelizmente, eu não localizei estatísticas sobre esses casos”, completou.

 

O projeto de Trabalho de Conclusão de Curso foi premiado por ser considerado um dos melhores trabalhos do ano de 2014, no curso de Engenharia Elétrica. O estudo teve orientação dos docentes André Luís Peternella e Frank Herman Behrens, e foi realizado entre anos de 2012 e 2014.

 

*Apuração e texto: Amanda Cotrim



Portal Puc-Campinas
6 de janeiro de 2015