Acessibilidade  
Central de Atendimento ao Aluno Área do aluno
Vestibular 2021

Cartografias Sociais das comunidades afrodescendentes em Campinas/SP

No próximo sábado, 08 de outubro, às 10h, no Laboratório de Informática – H06, nas dependências do Centro de Ciências Exatas, Ambientais e de Tecnologia (CEATEC), a Faculdade de Geografia promove a oficina socioeducativa “Cartografia: dos sistemas de informação geográfica aos sistemas participativos: o exemplo da Cartografia Social na comunidade do Jongo Dito Ribeiro”.

Por meio de várias atividades práticas, como apresentação da roda do Jongo, coletas de dados pelo Campus utilizando o GPS, elaboração de mapas com o uso dos dados coletados e debates acerca da importância da cartografia participativa, produzida coletivamente por eles, os exercícios visam apresentar a cartografia de forma dinâmica e criativa, mais próxima ao uso cotidiano. “No seu bojo demonstra o quanto a cartografia revolucionou as relações sociais, estando mais próximas as necessidades  de quem vive o território em suas várias dimensões: social, econômica, cultural e política”, explica a Diretora da Faculdade de Geografia da PUC-Campinas, Profa. Dra. Vera Lúcia dos Santos Plácido.

A atividade compõe o Projeto de Extensão aprovado para o biênio 2016-2017, intitulado: “Cartografias Sociais das comunidades afrodescendentes em Campinas/SP”, desenvolvido pela Diretora e docente da Faculdade de Geografia.

O público-alvo é a Comunidade do Jongo Dito Ribeiro e o seu objetivo central é  divulgar sua cartografia social que, além de propiciar a localização e a identificação das demandas sociais, intenta estimular o processo de organização coletiva, construindo atividades para (re)conhecimento do território e dando-lhes visibilidade através de suas histórias, conflitos e reivindicações.



Eduardo Vella
6 de outubro de 2016