Acessibilidade  
Central de Atendimento ao Aluno Área do aluno
Vestibular 2021

50 anos de ordenação episcopal

A Semana Dom Gilberto Pereira Lopes homenageou os 50 anos de ordenação episcopal do Arcebispo Emérito de Campinas. A PUC-Campinas realizou cinco dias de evento para esse marco especial, que teve fim na última sexta-feira, dia 28 de outubro.

No primeiro dia, o tema foi “Dom Gilberto: Pessoa e Formador”. Entre os presentes estavam a Magnífica Reitora da Universidade, Angela de Mendonça Engelbrecht e o Arcebispo Dom Airton José dos Santos. Padre José Antônio contou sobre a trajetória do amigo Dom Gilberto e finalizou dizendo: “Amizade não se explica, é um dom de Deus. Agradeço a Deus por ter colocado Dom Gilberto na minha vida”. Outro depoimento marcante desse primeiro dia foi da Rosélia Cavalcante Coelho, sobrinha do Arcebispo Emérito. Ela disse sobre a profecia que o avô, já falecido, teve em relação ao episcopado de Dom Gilberto e elogiou o tio dizendo que é um homem virtuoso e que sempre ouve o próximo.

Já na terça-feira, a TV PUC-Campinas exibiu um vídeo em homenagem à Dom Gilberto com diversos depoimentos e arquivos antigos. Em relação a Arquidiocese de Campinas, o Cônego Cláudio Zaccaria Menegazzi contou sobre os grandes feitos do Arcebispo Emérito em Campinas: Assembleias da Igreja, valorização de ministérios, valorização das CEB’s, 5º Plano de Pastoral, Revisão Ampla e 14º Congresso Eucarístico Nacional.

Este segundo dia teve um destaque especial: o  lançamento do livro “Dom Gilberto: no tempo de Deus!”. Esse livro reúne um pouco de toda a trajetória e tem diversos objetivos: homenagear, aproveitar o acervo que nunca foi publicado, aos que não conhecem poder conhecer Dom Gilberto, aos que conhecem poder relembrar, lançar um novo olhar sobre o período e transmitir memórias e pensamentos do homenageado.

No dia 26, o bispo da diocese de Ipameri, Guilherme Antônio Werlang, contou como foi o trabalho de bispo; Dom Gilberto assumiu em 02 de fevereiro de 1967 na cidade. Diz que a prioridade foi as formações e que as Comunidades Eclesiais de Base (CEB’s) foram uma das maiores marcas deixadas em Ipameri. No dia seguinte, o tema era “Dom Gilberto e a PUC-Campinas”. O Arcebispo Emérito teve grande importância, pois com o projeto pedagógico ajudou a reestruturar a Universidade.

O encerramento aconteceu com missa na Catedral Metropolitana de Campinas e almoço por adesão na Paróquia São Pedro Apóstolo, Campinas. A celebração eucarística presidida por Dom Gilberto, contou com a presença de membros da PUC-Campinas, clero e fiéis. Dom Gilberto, durante toda a semana, esbanjou alegria e descontração e, agradecendo a Deus, dizia: “Tudo é graça, Senhor, em minha vida!”.

(Com informações da Arquidiocese de Campinas)



Eduardo Vella
3 de novembro de 2016