Observatório PUC-Campinas
Observatório
PUC-Campinas
Facebook
Central de
Atendimento
ao Aluno

Criado para analisar indicadores socioeconômicos da RMC, Observatório PUC-Campinas completa um ano

Estudos auxiliam formulação de políticas públicas e desenvolvimento regional

O Observatório PUC-Campinas, espaço extensionista responsável pela sistematização, análise e compartilhamento de dados socioeconômicos da Região Metropolitana de Campinas (RMC), completa um ano nesta quarta-feira, 12 de junho. Os principais resultados do período serão apresentados em uma publicação institucional, prevista para o fim do mês.

O material, organizado por docentes extensionistas junto à Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários – órgão ao qual o Observatório está vinculado –, reunirá as produções anuais desenvolvidas em quatro eixos temáticos: Desenvolvimento Social, Educação e Saúde; Inovação e Sustentabilidade; Produção e Comércio; e Trabalho, Renda e Emprego.

Os relatórios, gerados da leitura e sistematização dos microdados cedidos pelas organizações públicas, referências na coleta de dados estatísticos no Brasil – como IBGE, CAGED, AGEMCAMP, INEP, entre outras –, resultaram em análises que retratam a realidade regional e contribuem à elaboração de políticas públicas e ao desenvolvimento de planos para a melhoria da sociedade.

Entre inúmeros aspectos, tornou-se possível compreender certas características das 20 cidades que compõem a RMC, tais quais: a elevada taxa da população idosa; o panorama das mulheres no mercado de trabalho; a perda do dinamismo das atividades industriais; bem como a condição estrutural de déficit comercial na região.

“O conhecimento sistematizado e gerado pelo Observatório PUC-Campinas pode ser utilizado a favor do desenvolvimento regional, constituindo indicadores para nortear planos e projetos que ajudem a observar, corrigir ou reforçar tendências, contribuindo para a comunidade equacionar problemas e desenvolver soluções”, enfatizou a Profa. Dra. Teresinha Cristiane de Morais, que coordena o projeto na Universidade.

“Esses indicadores permitem uma leitura da realidade da RMC sob muitos aspectos, sendo uma importante contribuição da Universidade para os órgãos de opinião pública, prefeituras e outras entidades governamentais, que podem aproveitar essas informações para apresentar as ações necessárias”, acrescentou o Pró-Reitor de Extensão e Assuntos Comunitários, Prof. Dr. Rogério Eduardo Rodrigues Bazi.

Até o fim deste semestre, além dos informativos mensais que traduzem a situação do emprego e da balança comercial na região, outros estudos temáticos referentes ao panorama econômico, ao volume de exportadores e importadores e às oportunidades para a Economia do Turismo na RMC serão divulgados. Todas as análises podem ser obtidas na Página do Observatório.

Conheça os temas abordados e os professores extensionistas

Desenvolvimento Social, Educação e Saúde

Os estudos elaborados nesta temática, de responsabilidade do economista Cristiano Monteiro, geraram, durante o período de atuação do Observatório PUC-Campinas, uma série de indicativos acerca do desenvolvimento social da população idosa na Região Metropolitana de Campinas, da vulnerabilidade social dos jovens, além dos panoramas de investimento e da educação básica na RMC.

Entre os resultados, o docente extensionista verificou o crescimento significativo do número de pessoas com 60 anos ou mais na região – exigindo a formulação de políticas sociais para atender essa população –; o número elevado de jovens da região fora do ambiente escolar; a redução da empregabilidade de jovens na Indústria etc.

Inovação e Sustentabilidade

Produzidos pelo economista Izaías de Carvalho Borges, os estudos desta temática visam analisar o alcance das metas dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio na Região Metropolitana de Campinas, que dizem respeito ao combate à pobreza, à promoção do crescimento econômico, e também às questões ambientais, como mudanças climáticas, preservação da biodiversidade e proteção ambiental.

Produção e Comércio

Responsável por este eixo temático, o economista Paulo Oliveira apresentou estudos mensais, desde junho de 2018, sobre a balança comercial na Região Metropolitana de Campinas (RMC), indicando as características específicas nas pautas de exportação e importação, tais como os principais produtos comercializados, o grau de complexidade na fabricação das mercadorias, o volume transacionado em cada município da região, entre outras.

Observou-se a manutenção do déficit estrutural na RMC, com queda de 23% nas exportações e aumento de 14% nas importações entre 2008 e 2018. Em relação à pauta de exportações, que é tipicamente industrial, percebeu-se o crescimento de alguns setores relativamente complexos do ponto de vista tecnológico: medicamentos, polímeros e máquinas para a construção civil.

Trabalho e Renda

Orientada pelos dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), vinculados ao Ministério da Economia, a economista Eliane Rosandiski acompanhou o comportamento da geração de novos empregos na Região Metropolitana de Campinas nas perspectivas de gênero, faixa etária e nível de instrução.

Entre os resultados obtidos, observaram-se queda na oferta de vagas no Setor Industrial e geração concentrada nas atividades de Serviços; mercado favorável à contratação de mulheres e jovens entre 18 e 24 anos; tendência de remuneração menor ao público feminino (em média 20% inferior em relação aos homens) etc.

Foto capa: Flávia B. Fiorini/Embrapa




Pesquisar



Próximos eventos


dez
10
ter
08:30 Hackatruck na PUC-Campinas
Hackatruck na PUC-Campinas
dez 10@08:30 – dez 13@17:00
Hackatruck na PUC-Campinas @ Campus I
A PUC-Campinas, em parceria com a IBM e com o Instituto Eldorado, realiza o workshop “Hackatruck na PUC-Campinas” para alunos, professores e profissionais convidados, com atividades[...]

Estude na PUC-Campinas

Termina domingo período de inscrições para o Vestibular de Inverno 2019

Universidade divulga calendário do Processo Seletivo – Vestibular 2020

Universidade divulga o Resultado do Novo Vestibular 2019

PUC-Campinas divulga o Resultado da 4ª Chamada Vestibular Social 2019

Veja a lista de aprovados nos Cursos de Especialização

Veja também

Projetos sustentáveis desenvolvidos por alunos da Universidade são expostos no Paço Municipal de Campinas

Novos Cursos de Especialização nas áreas de Comunicação Digital e Linguagem

Déficit comercial da RMC até novembro já supera todo o acumulado de 2018, mostra Observatório PUC-Campinas

Veja documentário feito para WhatsApp por alunas de Jornalismo sobre tiroteio na Catedral

Aberto processo seletivo para o Curso de Bacharelado em Teologia