Acessibilidade  
Central de Atendimento ao Aluno Área do aluno
Vestibular 2021

O V Festival de Fotografia de Campinas Hercule Florence ocorre durante todo o mês de outubro, com exposições, palestras e oficinas em vários pontos de Campinas, como o Museu Imagem e Som (MIS) e Museu de Arte Contemporânea de Campinas (MACC). Neste ano, o Festival traz como temática o “O Homem, o Meio e o Tempo”, que por meio da fotografia aborda a transformação e o passar do tempo em um ‘clique’.

Para o fotógrafo da PUC-Campinas e um dos organizadores do Festival, Ricardo Lima, em 2011 o principal diferencial do evento está na programação extensa, que além de palestras traz oficinas que abordam assuntos da atualidade. “As temáticas estabelecidas neste ano vão guiar as próximas edições do Festival, como os novos rumos da fotografia, que hoje com as mídias instantânea tem transformado a maneira de fotografar. O principal objetivo é que a fotografia seja o principal assunto cultural de Campinas”, explicou o fotografo.

Na PUC-Campinas, no dia 20 de outubro, às 15h30, ocorre a palestra sobre fotojornalismo com convidados do Jornal Folha de S. Paulo, Jorge Araújo, do Jornal O Globo, Gustavo Pelizzon e da Revista Fotografe Melhor, Sergio Branco. A proposta é discutir o papel do fotojornalismo na imprensa.

No mesmo dia, às 19h30, a palestra será sobre Artes Visuais e Publicidade e Propaganda, com os convidados do Estúdio Trio Studio, Gabriel Wickbold, o fotógrafo do projeto Retrataria, Marcus Steinmeyer e o professor do Curso de PUC-Campinas Maurício Pinheiro.

No dia 25 de outubro, ocorre no Centro de Linguagem e Comunicação (CLC), o II Seminário Memória e Fotografia, que aborda o papel da fotografia para a conservação histórica. O Seminário tem a participação dos professores do Curso de Jornalismo Amarildo Carnicel e Nelson Chinalia. Entre as temáticas abordadas estão “O ‘caixeiro-viajante’ da fotografia e a produção atual de cartões-postais em Campinas”, “A formação de um espaço urbano através da fotografia: um estudo sobre a rua 13 de maio em Campinas”, “A fotopintura pós-morte no Brasil oitentista” e “Da produção artesanal do fotógrafo lambe-lambe à banalização da fotografia digital”.

Entre os destaques da programação estão também as exposições de artistas internacionais, como a feita em parceria com a Aliança Francesa, do fotógrafo húngaro – francês Brassaï, nascido em 1899, que faz uma leitura da noite parisiense no século XIX. Além de trabalhos nacionais, como o de Klaus Mitteldorf, conhecido por seus trabalhos no cinema de moda e publicidade.

As mesas-redondas e palestras terão a presença de fotógrafos de relevância nacional e internacional, como Boris Kossoy, um dos principais estudiosos da fotografia, responsável por redescobrir a obra de Hercule Florence, no dia 21, no Centro de Convivência.

Nos dias 22 e 23 serão realizadas mesas-redondas, no Salão Vermelho da Prefeitura de Campinas, que abordarão temáticas sociais, como Fotografia e direitos Humanos, Novos rumos da fotografia, Acervo fotográfico e Política nacional de fotografia, que mapeará a produção fotográfica nacional.

Concurso Fotográfico

Neste ano, o Concurso Fotográfico terá como temática “O homem, o meio e o tempo”. Para participar basta inscrever até 3 fotos no site do evento, dentro da opção “Concurso”. O tamanho mínimo da foto é de 1024×768 pixels, podendo ser originada por celulares, máquinas digitais, analógicas ou por qualquer outro aparelho que registre imagens. As imagens devem ter sido captadas durante o ano de 2011.

Informações: www.festivalherculeflorence.com.br



Portal Puc-Campinas
13 de outubro de 2011