Acessibilidade  
Central de Atendimento ao Aluno Área do aluno
Vestibular 2021

Exportação no primeiro semestre cresceu apenas 1,2% enquanto importação cresceu 2,1% no mesmo período

No primeiro semestre deste ano a Região Metropolitana de Campinas (RMC) exportou cerca de 2,8 bilhões de dólares em produtos e importou cerca de 3,6 bilhões de dólares, apresentando um déficit de 830 milhões de dólares. Um crescimento de 38,7% se comparado aos primeiros seis meses de 2006. A exportação da RMC registrou um aumento de 6,1% no primeiro semestre de 2007, em relação a 2006, e as importações cresceram 12,1% nesse mesmo período. Esses dados constam da pesquisa sobre Comércio Exterior da RMC realizada pelo Centro de Economia e Administração (CEA) da PUC-Campinas e que integra o Boletim Econômico da PUC-Campinas. A íntegra da pesquisa realizada pelo professor Adauto Roberto Ribeiro pode ser consultada no Portal PUC-Campinas – www.puc-campinas.edu.br/impensa, no link no Boletim Econômico.

De acordo com o professor se o movimento no segundo semestre de 2007 permanecer desta forma o ano deverá encerrar com um déficit comercial superior a 1,7 bilhão de dólares. “Jaguariúna fechou o semestre como o maior importador da região”, acrescenta Ribeiro. Já a cidade de Campinas passou Jaguariúna, sendo a maior exportadora da RMC. As importações de bens intermediários (insumos e componentes) cresceram 26,4% e as importações de bens de consumo cresceram 20,3% já as importações de bens de capital cresceram apenas 1,5%.

Ainda segundo a pesquisa o principal destino das exportações da RMC são os países da Associação Latino-americana de Integração (Aladi), composta pela Argentina, Uruguai, Paraguai, Chile, Bolívia, peru, Equador, Colômbia, Venezuela, México e Cuba. Para esses destinos foram cerca de 59% das exportações da RMC. Cerca de 51% das importações provem de países da Ásia.

A pesquisa de comércio exterior, realizada sob a orientação do professor Adauto Roberto Ribeiro, tem como objetivo caracterizar e acompanhar de maneira sistemática a evolução e as transformações no fluxo de comércio exterior da (RMC) e do município de Campinas, utilizando os dados coletados pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior do Brasil (MDIC).



Portal Puc-Campinas
10 de agosto de 2007