Acessibilidade  
Central de Atendimento ao Aluno Área do aluno
Vestibular 2021

Alunos da PUC-Campinas arrecadam alimentos e agasalhos para a  Sociedade Pró-Menor e Instituição Padre Haroldo

 

Para dar as boas-vindas aos calouros do Vestibular de Inverno 2012 , a PUC-Campinas programou uma série de ações solidárias. Até o dia 24 de agosto, os alunos dos cursos do Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (Ceatec) e do Curso de Medicina vão arrecadar agasalhos, alimentos, livros e brinquedos para serem doados, respectivamente, à Sociedade Pró-Menor, que atende cerca de 100 crianças carentes em Barão Geraldo, e ao Grupo de Ação Solidária (GAS) da PUC-Campinas.

 

Com a organização do Diretório Acadêmico Visconde de Mauá, no dia 30 de agosto, das 14h às 16h, os alunos dos Cursos de Ciências Econômicas e  Administração irão entregar à Instituição Padre Haroldo alimentos não-perecíveis.  A Instituição é uma entidade beneficente sem fins lucrativos de Campinas que, há 34 anos,  atende crianças, adolescentes e adultos com problemas relacionados ao consumo de drogas.

 

De acordo com o estudante do Curso de Administração e presidente do Diretório Acadêmico, Leonardo Cardona Bennemann, é importante ter o início da vida acadêmica marcado por atividades que visam a solidariedade. “O objetivo da ação social é despertar o espírito solidário nos calouros e veteranos e proporcionar aos estudantes uma aproximação com os internos e as crianças atendidas pela Instituição Padre Haroldo”, disse.

 

Para o diretor do Ceatec, Ricardo Luiz de Freitas, a formação universitária deve focar não apenas na formação profissional, mas também na formação do cidadão. “Como a verdadeira cidadania passa pela solidariedade, acreditamos que as ações solidárias desenvolvidas na PUC-Campinas contribuem de forma significativa na formação que desejamos para nossos alunos. As ações solidárias da Universidade oferecem, para muitos, a primeira experiência em trabalho voluntário com intuito de oferecer auxílio àqueles que mais necessitam. Essa experiência pode significar, muitas vezes, uma mudança de atitude ou mesmo a consolidação de um preocupação com o bem-estar do próximo, fundamental para a existência de uma sociedade mais justa”, explicou.



Portal Puc-Campinas
15 de agosto de 2012