Acessibilidade  
Central de Atendimento ao Aluno Área do aluno
Vestibular 2021

PUC-Campinas é a segunda do Brasil com maior percentual de estudantes em estágio remunerado 

A Universidade também tem um grande número de estudantes que são contratados por empresas 

A PUC-Campinas é a segunda universidade do Brasil com mais alunos fazendo estágio remunerado segundo ranking da Revista Quero Bolsa. A Universidade tem 33% de seus alunos de graduação já realizando estágio em empresas de Campinas e região, recebendo pelo seu trabalho durante esse período de aprendizagem.

Todos os anos é realizada na PUC-Campinas a Feira de Estágio, que atrai centenas de empresas que buscam estudantes para participarem de seus programas de estágio. A Universidade também mantém o Escritório de Talentos e Carreiras, que realiza durante todo o ano o serviço de encaminhamento de estudantes para empresas interessadas em captar novos talentos.

O Escritório conta com o Sistema de Estágio digital para a elaboração e acompanhamento de convênios, termos de compromissos, termos aditivos, rescisões e relatórios de atividades. Conta também com o Banco de Vagas para alunos da PUC-Campinas.

Além do número de estagiários remunerados, que segundo a revista seria de 4.698, há muitos estudantes que já trabalham nas empresas como funcionários permanentes. Além de ser a segunda do país em percentual de alunos em estágios remunerados, a PUC-Campinas também é a terceira em números absolutos.

“O estágio é atualmente uma das formas mais eficazes para o estudante inserir-se no mercado de trabalho. Permite vivenciar a dinâmica do trabalho, fazer contatos e aprender muito. A PUC-Campinas valoriza bastante essa experiência e está sempre buscando novas oportunidades para oferecer aos seus alunos”, disse o Prof. Me. Paulo Moacir Godoy Pozzebon, Pró-Reitor de Graduação.

O Quero Bolsa usou dados do Censo da Educação Superior divulgado pelo Ministério da Educação (MEC) em outubro de 2020, com informações divulgadas pelas instituições.

O ranking reuniu apenas as universidades brasileiras que contam com mais de 15% de seus estudantes recebendo bolsa-auxílio em um estágio não obrigatório e que possuem pelo menos cinco mil alunos matriculados em seus cursos.

Veja o ranking completo clicando aqui



Marcelo Andriotti
5 de fevereiro de 2021