Acessibilidade  
Central de Atendimento ao Aluno Área do aluno
Vestibular 2021

Sugestão de pauta – Dia do Professor

A voz é o principal recurso de trabalho do docente, por isso precisa ser aprimorada e preservada

Amanhã, dia 15 de outubro, comemora-se o Dia do Professor e muitas discussões sobre as novas realidades educacionais e o perfil do professor deste século são colocadas em evidência.

A professora da Faculdade de Fonoaudiologia da PUC-Campinas, Emilse Aparecida Merlin Servilha, aponta que o papel do docente do século 21 é desmistificar a relação de poder entre o profissional e os alunos.

Para Emilse, é necessário que o professor conheça o perfil do aluno e crie metodologias de ensino que os incentive mais a participar das aulas. “O sucesso da aula é 50% do professor, o restante é do aluno. Com a inclusão digital, o aluno de hoje tem mais informações que os de antigamente, por isso o conteúdo das aulas nem sempre é o mais atrativo, e sim a forma com que ele é trabalhado”.

Emilse propõe que o professor passe por um processo de qualificação por meio de cursos e palestras que o ajudem a preparar atividades mais ativas e que o auxiliem na expressividade, principalmente a oral. “A voz é o principal recurso de trabalho do professor, por isso ela precisa ser aprimorada e preservada”.

A professora dá alguns exemplos de como explorar melhor a voz para atrair atenção dos alunos como fazer pausas, dar várias entoações durante a fala, trabalhar a velocidade adequada, entre outros recursos que podem ser trabalhados junto com um profissional de fonoaudiologia.

Para preservar a voz, a fonoaudióloga orienta que o docente prepare aulas mais criativas que envolvam mais os alunos, como trabalhos em grupo e discussões, de forma que não precise gastar tanto sua voz. Outra dica é não ser repetitivo e não elevar o tom de voz na tentativa de “competir” com o ruído da sala. Beber água em abundância, ter uma alimentação saudável, tempo reservado para o lazer e para boas horas de sono também são grandes aliados do docente e proporcionam condições adequadas para uma aula de qualidade.

Alguns sintomas do mau uso da voz: rouquidão, dor de garganta, garganta seca.



Portal Puc-Campinas
14 de outubro de 2008