Acessibilidade  
Central de Atendimento ao Aluno Área do aluno
Vestibular 2021

Em um momento em que as discussões sobre a publicação de biografias ganham destaque no cenário nacional, o professor da PUC-Campinas, Fabiano Ormaneze, avalia as diferentes opiniões.

Ormaneze é professor da Faculdade de Jornalismo e ministra a disciplina de Jornalismo Literário, na qual se discute o gênero biografias, tema em que também abordou em seu mestrado. De acordo com o professor, a gênero biografia – pela sua aceitação pelo público e pelas características – contribui para fomentar a cultura do País e registrar sua história. A discussão, segundo o professor, deve se centrar na qualidade das apurações realizadas pelos biógrafos e não seria resolvida pela censura antes das publicações.

Na Faculdade de Jornalismo da PUC-Campinas várias biografias já foram produzidas. De acordo com Ormaneze, cerca de 30% dos Trabalhos de Conclusão de Curso, entre os que optam por produzir um livro-reportagem, são biografias.

O docente está à disposição para conceder entrevistas aos veículos de comunicação que se interessarem pelo tema. 

Fabiano Ormaneze – Mestre em Divulgação Científica e Cultural pelo Laboratório de Estudos Avançados em Jornalismo (LabJor), da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Graduado em Comunicação Social – Jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas, especialista em Jornalismo Literário pela Academia Brasileira de Jornalismo Literário (ABJL). Professor na PUC-Campinas desde 2008, responsável pelo curso de extensão universitária Jornalismo Literário: Perfis, Biografias e Narrativas de Viagem.



Portal Puc-Campinas
23 de outubro de 2013