Acessibilidade  
Central de Atendimento ao Aluno Área do aluno
Vestibular de Inverno

Plantio no Campus I simboliza compromisso da Universidade com a sustentabilidade 

Muda de araucária foi escolhida por ser uma espécie em risco de extinção 

Alunos do Curso de Ciências Biológicas da PUC-Campinas participaram de um evento no dia 23 de junho, dentro das comemorações dos 80 anos da Universidade, para o plantio de um araucária no Campus I, ao lado do prédio da Reitoria. O plantio simbolizou o compromisso da Instituição com a preservação do meio ambiente e da priorização da sustentabilidade em seus campi.

No Viveiro de Mudas da Faculdade de Ciências Biológicas são produzidas mudas para doação. No início de junho, com o projeto “Biodiversidade: Vamos Reflorestar?”, 3 mil mudas do viveiro foram colocadas à disposição dos interessados, que puderam fazer as retiradas no Campus II.

A diretora do Curso de Ciências Biológicas Luciane Kern Junqueira acompanhou os alunos que desenvolvem o projeto dentro do Programa de Educação Tutorial (PET Biologia). A escolha da muda de Araucária angustifólia por eles foi simbólica, pois ela é uma das árvores em risco extremo de extinção no Brasil.

“Como franciscano de origem, aprendi que Deus abençoa a terra. Tanto que a terra é capaz de cuidar de todos nós, é só a gente não impedir o seu fluxo natural”, disse o Arcebispo Metropolitano e Grão-Chanceler da PUC-Campinas D. João Inácio Müller, que fez o plantio da muda.

“O Papa Francisco, na encíclica Laudato Si, pede que a gente cuide da vida e também do planeta Terra. O que vocês têm feito no Projeto PET não é só uma doação de mudas, mas é também um gesto de convidar as pessoas a plantarem árvores e protegerem nosso planeta”, disse o Reitor Prf. Dr. Germano Rigacci Júnior.



Marcelo Andriotti
24 de junho de 2021