Acessibilidade  
Central de Atendimento ao Aluno Área do aluno
Vestibular 2021

Professora Bell Machado explica técnica de audiodescrição

A experiência audiovisual não é exclusividade das pessoas que enxergam. Ela também pode ser vivenciada por pessoas cegas ou com deficiência visual. A PUC-Campinas apresenta amanhã, dia 17 de março, uma palestra sobre a técnica da audiodescrição – um recurso de acessibilidade que permite a inclusão de pessoas com deficiência visual em cinema, televisão e espetáculos de um modo geral, além da acessibilidade aos produtos audiovisuais disponíveis na mídia da internet.

A palestra será realizada às 8h, na sala 800 – Campus I. Os participantes terão a oportunidade de assistir a um curta-metragem com o os olhos vendados para conhecerem a sensação de um deficiente visual ou cego, em uma sala de cinema. Em seguida, o curta será reapresentado com recurso de audiodescriação, ainda com os olhos vendados. E, por último, o curta será exibido com a plateia sem as vendas. Depois da experiência, será realizado um debate sobre a importância da técnica e dos equipamentos de audiodescrição.

Sobre Bell Machado – é bacharel em Filosofia pela Unicamp e professora de História do Cinema no MIS – Museu da Imagem e do Som de Campinas e na Escola de Artes Pandora. Cursou Fonoaudiologia na PUC-Campinas e Agronomia na Universidade de Padova, Itália.
Em 2000, na Unicamp, iniciou seus estudos sobre filósofos iluministas que investigaram as metáforas óticas e a construção do conhecimento por meio dos sentidos.
Coordena desde 2005, projeto de inclusão social, cultural e digital do Ministério da Cultura: “Ponto de Cultura Cinema em Palavras”, no Centro Cultural Braille.
Como audiodescritora, participou de importantes ciclos e mostras de cinema com acessibilidade, como a 1ª e 2ª Mostra Cinema e Direitos Humanos na América do Sul, em 2006 e 2007. É agente cultural do Projeto apoiado pela Petrobrás, Cinema BR em Movimento, no qual exibe filmes brasileiros com audiodescrição ao vivo.



Portal Puc-Campinas
16 de março de 2011