Acessibilidade  
Central de Atendimento ao Aluno Área do aluno
Vestibular 2021

Mostra de Inovação escolherá 20 projetos para programa de aceleração

No dia 8 de outubro serão divulgados os projetos escolhidos entre os 40 apresentados 

A 3ª Mostra de Inovação e Empreendedorismo (Motiv.se), realizada pelo espaço Mescla, vinculado à Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários (PROEXT), teve a participação de 40 projetos apresentados por alunos de forma individual ou em grupos. No dia 8 de outubro, serão divulgados os 20 selecionados para participarem do I Programa de Aceleração de Startups da PUC-Campinas.

O objetivo do evento é estimular os estudantes a compreender e participar do universo de startups. Os grupos selecionados participarão de uma programação de trabalhos por dois semestres, recebendo orientações dos professores do Mescla e profissionais da Venture Hub. Na fase preliminar, realizada na Mostra de Inovação e Empreendedorismo, houve exposições de 5 minutos em formato de pitch, uma prática comum adotada pelo mercado em rodadas de apresentações de projetos.

Alunos do 4°semestre de Relações Internacionais foram alguns dos participantes da Mostra com um projeto para auxiliar médias e pequenas empresas da região a realizar negócios no Exterior. O grupo foi formado por Nathália Falsetti, Júlia Martucci dos Santos, Giovana Pulido Fossaluzza, Guilherme de Menezes Carloni e Thaina Rodrigues Paizan Bittencourt.

“Gostei muito da iniciativa, a mostra foi muito bacana e o pessoal do Mescla muito receptivo, mas foi muito difícil apresentar um projeto tão complexo em apenas cinco minutos. Esperamos continuar a avançar com o nosso projeto, acreditamos muito na importância dele para o crescimento do país”, disse Nathália.

Ela também destacou que o desenvolvimento de seus próprios projetos é muito importante para os alunos, principalmente para os que têm cursos em período integral e querem começar a atuar na área antes de se formarem.

Outro grupo, formado por Edmar Rezende, Daniele Rodrigues, Vinicius Trevisan e Caio Monazzi, apresentou uma plataforma, a xRayAID, capaz de agilizar a detecção de pneumonia utilizando inteligência artificial.

“Achei muito importante essa iniciativa da Universidade para fazer a aproximação com o universo do empreendedorismo. Isso vai ter uma grande influência na minha formação”, disse Vinicius, que está no 10º período do Curso de Engenharia de Computação.

Flávia Fernandes Penha Gonçalves de Assis, aluna de Especialização em Design de Interação, apresentou uma proposta de desenvolvimento de móveis para animais de estimação com um design pensado no bem-estar e cuidados preventivos para lesões nas articulações/coluna e outros problemas comuns aos pets.

“Eu gostei bastante. Os feedbacks foram sinceros, o que achei muito importante. Quando queremos abrir um negócio, queremos saber quais são os pontos fortes e principalmente os fracos. E foi exatamente esse ponto que os professores e convidados falaram. Eu realmente penso em dar continuidade ao projeto”, disse Flávia.



Marcelo Andriotti
30 de setembro de 2020