Acessibilidade  
Central de Atendimento ao Aluno Área do aluno
Vestibular 2021

II Fórum Observatório PUC-Campinas discute indicadores socioeconômicos da RMC

Evento, gratuito e aberto ao público, ocorre no dia 2 de dezembro, no Campus I

A PUC-Campinas, por meio de sua Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários (PROEXT), promove, no próximo dia 2 de dezembro, das 8h às 12h30, no Auditório Cardeal Agnelo Rossi, no Campus I, o “II Fórum Observatório PUC-Campinas: a Universidade na era dos dados como linguagem universal”, buscando debater os dados socioeconômicos da Região Metropolitana de Campinas (RMC) analisados ao longo do ano por docentes extensionistas. O evento é gratuito e aberto ao público mediante inscrição.

O encontro tem como principal finalidade estreitar o diálogo com os públicos de interesse, como secretarias municipais da RMC, ONGs, lideranças comunitárias, representantes de organizações do setor privado, e veículos de imprensa, exibindo balanço dos indicadores regionais referentes a quatro temáticas principais: Desenvolvimento Social, Educação e Saúde; Trabalho, Produção e Comércio; Inovação e Sustentabilidade; e Trabalho, Emprego e Renda.

Responsáveis pelos levantamentos – gerados da leitura e sistematização de microdados cedidos por organizações referências na coleta de dados estatísticos no Brasil, como IBGE, AGEMCAMP, INEP etc. –, os professores doutores da Faculdade de Ciências Econômicas da PUC-Campinas vão apresentar em uma mesa-redonda, às 9h, os resultados obtidos nas análises, que possibilitaram compreender certas características das 20 cidades que integram a região.

Entre diversos aspectos, tornou-se possível identificar o panorama das mulheres no mercado de trabalho; a perda do dinamismo das atividades no setor industrial; a elevada taxa da população idosa; o alto número de veículos por habitante na RMC; a condição de déficit comercial regional; as oportunidades para a Economia do Turismo; entre outros. As análises retratam a realidade da região e contribuem à elaboração de políticas públicas e ao desenvolvimento de planos em benefício da sociedade.

“O conhecimento sistematizado e gerado pelo Observatório PUC-Campinas pode ser utilizado a favor do desenvolvimento regional, constituindo indicadores para nortear planos e projetos que ajudem a observar, corrigir ou reforçar tendências, contribuindo para a comunidade equacionar problemas e desenvolver soluções”, enfatizou a Profa. Dra. Teresinha Cristiane de Morais, que coordena o projeto na Universidade.

“Esses indicadores permitem uma leitura da realidade da RMC sob muitos aspectos, sendo uma importante contribuição da Universidade para os órgãos de opinião pública, prefeituras e outras entidades governamentais, que podem aproveitar essas informações para apresentar as ações necessárias”, acrescentou o Pró-Reitor de Extensão e Assuntos Comunitários, Prof. Dr. Rogério Eduardo Rodrigues Bazi.

Destinado a agentes públicos e à sociedade civil, o II Fórum Observatório PUC-Campinas ocorre no Auditório Cardeal Agnelo Rossi, localizado no Prédio do CCHSA (Bloco E), no Campus I, espaço que abriga o Curso de Direito da Universidade. Para se inscrever, o interessado deve clicar aqui.

Observatório PUC-Campinas

O Observatório PUC-Campinas, lançado no dia 12 de junho de 2018, nasceu com o propósito de atender às três atividades-fim da Universidade: a pesquisa, por meio da coleta e sistematização de dados socioeconômicos da Região Metropolitana de Campinas; o ensino, impactado pelos resultados obtidos, que são transformados em conteúdo disciplinar; e a extensão, que divide o conhecimento com a comunidade.

A plataforma, de modo simplificado, se destina à divulgação de estudos temáticos regionais e promove a discussão sobre o desenvolvimento econômico e social da RMC.  As informações, que englobam indicadores sobre renda, trabalho, emprego, setores econômicos, educação, sustentabilidade e saúde, são de interesse da comunidade acadêmica, de gestores públicos e de todos os cidadãos.



Vinícius Purgato
18 de novembro de 2019