Acessibilidade  
Central de Atendimento ao Aluno Contatos oficiais Área do aluno
Novo Vestibular

Estudante de Arquitetura é premiada por projeto de moradias para tribos no Jaraguá 

Prêmio foi dado pelo Conselho de Arquitetura e Urbanismo de São Paulo 

A estudante de Arquitetura e Urbanismo da PUC-Campinas Camila Cecagno foi uma das vencedoras do concurso Boas Práticas de Ensino, Extensão e TFG (Trabalho Final de Graduação) do Conselho de Arquitetura e Urbanismo de São Paulo (CAU/SP). Ela apresentou o trabalho “Plano de Preservação da Paisagem Cultural Jaraguá Guarani”, sob orientação da Profa. Dra. Vanessa Gayego Bello Figueiredo.

O projeto premiado elaborou moradias e melhorias da estrutura de aldeias de tribos guaranis localizadas na região do Pico do Jaraguá, na cidade de São Paulo. Denominado “Tekoa – Aldeias Jaraguá Guarani”, ele foi proposto para compor, junto com demais projetos estratégicos, o Plano de Preservação da Paisagem Cultural Jaraguá Guarani.

O estudo apresenta três eixos importantes do desenvolvimento da região: Rodovia dos Bandeirantes (ao leste), Rodovia Anhanguera (a oeste) e Rodoanel (ao norte). Na região, está inserido o Parque Estadual do Jaraguá, uma área de 491,89 hectares com remanescente de Mata Atlântica, que se destaca por apresentar o ponto mais alto do município, o Pico do Jaraguá, com 1.135 metros de altitude.

Nessa área existem algumas aldeias de índios guaranis, e o projeto propõe evidenciar a importância da cultura indígena, pondo em questão a adaptabilidade do modo de morar diante da convivência com a cultura do homem branco.

Para isso, foram desenvolvidos módulos que se adaptam ao ciclo de vida dos índios e que podem ser construídos e rearranjados em qualquer aldeia e topografia, com técnica construtiva sustentável e resistente, desenvolvendo, assim, tipologias factíveis de serem construídas pela própria comunidade.



Marcelo Andriotti
10 de março de 2022