Observatório PUC-Campinas
Observatório
PUC-Campinas
Facebook
Central de
Atendimento
ao Aluno

Estímulo às exportações é fator-chave à recuperação da economia brasileira

Economistas do Observatório PUC-Campinas veem reação da Indústria como necessária para a retomada do crescimento

Um estudo do Observatório PUC-Campinas, relativo ao panorama econômico no 1º trimestre de 2019, avalia que o incentivo às exportações – sobretudo de produtos industriais mais complexos – é um fator-chave para a recuperação da economia brasileira na atual conjuntura. Responsáveis pela investigação, os economistas Cristiano Monteiro e Izaías de Carvalho Borges entendem que a medida pode impulsionar o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto), cuja variação para os três primeiros meses do ano foi negativa em 0,2%.

Os especialistas sustentam a afirmação nos indicadores recentes voltados ao comércio exterior, que apontam ao declínio nas transações comerciais nos últimos anos, especialmente em setores considerados estratégicos à geração de emprego e renda e ao crescimento econômico do país. O setor automobilístico, por exemplo, vem reduzindo sua participação na pauta de exportação, situação que deve persistir em função da situação política e econômica da Argentina, que figura como o grande mercado consumidor destes produtos.

Na Região Metropolitana de Campinas (RMC), que abriga grandes montadoras e multinacionais de autopeças, os impactos já começam a ser sentidos: no mês de maio, a venda de automóveis de passageiros sofreu variação negativa de 21,29% se comparada ao mesmo período de 2018. Naquela ocasião, o volume financeiro movimentado foi superior a US$ 165 milhões. Desta vez, o valor exportado foi de US$ 130,4 milhões.

Embora necessárias, as providências estão cercadas de desafios. Segundo o estudo, a profunda redução dos gastos públicos – decorrente da nova situação política, somada ao déficit primário e às leis de controle fiscal – resulta em impactos negativos no investimento e na produtividade do setor privado. Os dados do PIB no 1º trimestre, por exemplo, demonstram queda no produto da Indústria (-0,7%) e da Agropecuária (-0,5%), bem como um baixo crescimento das atividades de Serviços (0,2%).

“Para a recuperação do PIB industrial, as propostas devem passar necessariamente pelas trocas comerciais, no sentido de suscitar a expansão na capacidade de vender no mercado externo, em especial nessa Indústria mais intensiva em tecnologia e capital”, afirmou Monteiro.

Observatório PUC-Campinas

O Observatório PUC-Campinas é responsável pelo monitoramento de dados socioeconômicos da Região Metropolitana de Campinas (RMC) e está, atualmente, amparado em quatro eixos temáticos: Atividade Econômica/Comércio Internacional; Emprego/Renda; Sustentabilidade/ Desafios do Milênio; e Indicadores Sociais. Os estudos se estruturam na seleção de indicadores e análise sistêmica de dados que podem ser usados em diversos setores da sociedade.




Pesquisar



Próximos eventos


dez
10
ter
08:30 Hackatruck na PUC-Campinas
Hackatruck na PUC-Campinas
dez 10@08:30 – dez 13@17:00
Hackatruck na PUC-Campinas @ Campus I
A PUC-Campinas, em parceria com a IBM e com o Instituto Eldorado, realiza o workshop “Hackatruck na PUC-Campinas” para alunos, professores e profissionais convidados, com atividades[...]

Estude na PUC-Campinas

Termina domingo período de inscrições para o Vestibular de Inverno 2019

Universidade divulga calendário do Processo Seletivo – Vestibular 2020

Universidade divulga o Resultado do Novo Vestibular 2019

PUC-Campinas divulga o Resultado da 4ª Chamada Vestibular Social 2019

Veja a lista de aprovados nos Cursos de Especialização

Veja também

Projetos sustentáveis desenvolvidos por alunos da Universidade são expostos no Paço Municipal de Campinas

Novos Cursos de Especialização nas áreas de Comunicação Digital e Linguagem

Déficit comercial da RMC até novembro já supera todo o acumulado de 2018, mostra Observatório PUC-Campinas

Veja documentário feito para WhatsApp por alunas de Jornalismo sobre tiroteio na Catedral

Aberto processo seletivo para o Curso de Bacharelado em Teologia