Acessibilidade  
Central de Atendimento ao Aluno Área do aluno
Vestibular 2021

Encontro de Extensão discute aplicação e desenvolvimento de tecnologias sociais 

Evento reuniu especialistas e participantes dos projetos de Extensão da PUC-Campinas 

O 10º Encontro de Extensão Universitária da PUC-Campinas teve a tecnologia social como tema central de sua abertura, na manhã de 29 de outubro. O evento on-line contou com a participação do Reitor, Prof. Dr. Germano Rigacci Júnior, do Pró-Reitor de Extensão e Assuntos Comunitários, Prof. Dr. Rogério Bazi, e do professor da Unicamp Rafael Dias, que fez a palestra de abertura.

No encontro, além dos debates sobre o tema “Tecnologia Social e Extensão Universitária: articulação na busca de soluções para os problemas sociais”, houve apresentações artísticas de grupos da Universidade e haverá mostra dos resultados dos projetos de extensão, divididos em cinco módulos temáticos.

A PUC-Campinas  desenvolve projetos voltados para a comunidade em setores como Direitos Humanos, Cultura e Identidade, Inovação e Empreendedorismo, Observatório PUC-Campinas (dados socioeconômicos), Promoção da Saúde e Sustentabilidade.

O Reitor Germano abriu o evento agradecendo a todos os professores, alunos e funcionários que participam dos projetos de extensão. “Vocês ajudam no cumprimento de uma missão da Universidade, que é, a partir do conhecimento, ajudar na construção de uma sociedade mais solidária”, disse. Ele lembrou que a PUC é conhecida como um centro de disseminação de tecnologia social, um conceito complexo e difícil de ser compreendido e construído.

O Pró-Reitor Bazi também fez agradecimentos aos integrantes dos projetos de Extensão. “Em um ano atípico como 2020, quando todos achavam que nossos projetos seriam prejudicados, não foi isso que aconteceu. Todos os nossos projetos se adaptaram, continuamos conversando e atuando com as comunidades de diversas localidades de Campinas e região”, disse.

O Prof. Dr. Rafael de Brito Dias, da Faculdade de Ciências Aplicadas da Universidade Estadual de Campinas, que também é assessor da Diretoria Executiva de Relações Internacionais (DERI) da Unicamp, disse que acompanha os trabalhos de extensão da PUC-Campinas.

“Acompanho com muito interesse e sou admirador dos trabalhos de extensão realizados pela PUC-Campinas”, disse. Ele falou sobre a tecnologia e ciência não como áreas neutras, mas como resultados de influências políticas e de poder. Ele destacou ser importante ter noção de que essa neutralidade não existe, para que se possa interferir e usar a tecnologia para potencializar soluções para a comunidade.

Também destacou que essas tecnologias sociais devem ser desenvolvidas em interação com as comunidades na busca de soluções de transformações sociais.



Marcelo Andriotti
21 de outubro de 2020