Acessibilidade  
Central de Atendimento ao Aluno Contatos oficiais Área do aluno
Novo Vestibular

Depois de 59 anos, professor de Letras deixa PUC-Campinas e recebe homenagem

Aos 91 anos de idade, Carlos de Aquino Pereira encerra trajetória na Instituição em que foi docente, diretor de Faculdade e vice-reitor

O ex-docente do Centro de Linguagem e Comunicação (CLC) da PUC-Campinas Carlos de Aquino Pereira, que atuou em diferentes cargos na Instituição desde 1963, encerrou nesta sexta-feira (8), aos 91 anos, sua passagem pela Universidade. A despedida foi marcada por homenagens no Prédio da Reitoria, no Campus I.

Nascido no distrito de Vila Real, em Portugal, Aquino iniciou sua trajetória acadêmica em 1947, na Universidade Católica de Campinas, com a graduação em Letras Clássicas. Concluiu também, em 1951, o curso de licenciatura na mesma área. “A família queria que eu seguisse carreira no campo de Direito, mas prestei vestibular para Letras Clássicas com o objetivo de me aprofundar em língua e literatura”, disse Aquino em entrevista para estudantes de jornalismo, em 2012.

Em 1963, convidado pelo Monsenhor Dr. Emílio José Salim, um dos principais responsáveis pela criação da PUC-Campinas, Aquino começou sua docência na Universidade com as disciplinas de literatura brasileira e teoria literária. Ao longo de quase seis décadas dedicadas à Instituição, ele assumiu diferentes posições, incluindo a de Vice-Reitor, no biênio de 1979/1980, e de diretor da Faculdade de Letras, de 1981 a 1994, e de 2002 a 2010. Em 2011, durante as comemorações de 70 anos da PUC-Campinas, recebeu título de Doutor Honoris Causa, concedido pela importância de seu trabalho.

Além da carreira como docente, Aquino atuou em instituições públicas como Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (1950), Ministério da Educação e Cultura (1956 a 1959) e Prefeitura Municipal de Paulínia (1976 a 1979). Desde 2005, é membro titular da 3ª cadeira (Carlos de Laet) da Academia Campinense de Letras. Publicou livros, artigos e recebeu uma série de prêmios ao longo de sua trajetória profissional.

Das mãos do Reitor da PUC-Campinas, Prof. Dr. Germano Rigacci Júnior, Aquino recebeu uma placa pela excelência do serviço prestado à Universidade por 59 anos. “Receba o reconhecimento de toda a comunidade acadêmica pelo lindo trabalho que desempenhou nesse tempo. Essa placa é um sinal da nossa gratidão”, disse o Reitor.

“Sentirei muita saudade”, respondeu o professor, emocionado.

Fonte: Currículo Lattes – CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico)



Vinícius Purgato
8 de abril de 2022