Acessibilidade  
Central de Atendimento ao Aluno Contatos oficiais Área do aluno
Vestibular 2023

Curso de Relações Internacionais recebe nota máxima do MEC

Profissionais da área são procurados por empresas para internacionalização

O curso de Relações Internacionais da PUC-Campinas, implantado em 2017, já é reconhecido pela qualidade de todos os quesitos de avaliação pedagógica. Ele conseguiu nota 5, a pontuação máxima, na avaliação realizada pelo Ministério da Educação (MEC) em 2022.

Os avaliadores receberam toda a documentação exigida para a análise do curso, reunida ao longo dos meses de abril e maio, que foi conferida durante a visita realizada nos dias 6, 7 e 8 de junho.

Os principais pontos analisados pelos técnicos são projeto pedagógico, estrutura e corpo docente. O curso da PUC-Campinas, apesar de sua implantação recente, recebeu a nota 5 em quase todos os quesitos.

“O resultado mostra a seriedade e o comprometimento da direção e da Instituição na formação de bons profissionais”, disse a diretora-adjunta Profa. Me. Kelly de Souza Ferreira. O curso oferece 60 vagas em período integral e tem oito semestres de duração.

Os estudantes de Relações Internacionais estão ganhando novas atividades e recursos fora da sala de aula, como o espaço do Korea Corner, inaugurado em agosto no Campus I, em conjunto com a Embaixada da Coreia. Lá haverá cursos, workshops, oficinas, cursos de coreano e intercâmbios.

Também está sendo celebrada uma parceria com o escritório do Ministério das Relações Exteriores do Brasil em São Paulo para a realização do projeto MONUEM, que é a simulação da ONU em escolas públicas promovida e organizada pelos alunos.

A área de Relações Internacionais está em expansão e os profissionais são procurados por empresas para internacionalização, assim como para trabalharem como diplomatas corporativos representando as empresas em outros países.

“O profissional de Relações Internacionais é muito versátil, podendo trabalhar em outros setores como ONGs, setor financeiro, logística, além da tradicional carreira diplomática. Entre as suas características valorizadas estão versatilidade, resiliência, tolerância e habilidade de negociação”, disse a diretora.



Marcelo Andriotti
31 de agosto de 2022