Acessibilidade  
Central de Atendimento ao Aluno Área do aluno
Vestibular 2021

PUC recebe alunos do Ensino Fundamental em Semana Municipal de Ciência e Tecnologia

 Jovens conheceram laboratórios e participaram de jogos de resolução matemática

A PUC-Campinas recebeu, nos dias 16 e 18 de outubro, no Campus I, mais de 60 alunos dos 7º e 8º anos da EMEF Maria Pavanatti Fávaro, para atividades da Semana Municipal de Ciência e Tecnologia de Campinas, da qual participou como parceira pela segunda vez.

Os adolescentes, que estão na faixa etária de 12 a 15 anos, conheceram a estrutura do Centro de Ciências Exatas, Ambientais e de Tecnologia (CEATEC) a partir dos laboratórios de Ensino de Matemática, Química, Mecânica e Robótica, Elétrica, Eletrônica, Engenharia Civil e Ambiental. Com o suporte de técnicos e professores, algumas atividades práticas foram realizadas, como jogos voltados à resolução de cálculos matemáticos e oficinas de Scratch, que apresentaram aos jovens um pouco sobre a lógica da programação.

No segundo dia de visitas, os estudantes do 8º ano ainda participaram de oficinas de formas tetraédricas, tendo como desafio a construção de formas geométricas e outras estruturas que enaltecem elementos da matemática. De acordo com o professor Alexandre Monteiro, diretor da Faculdade de Matemática da PUC-Campinas, o grande objetivo é propiciar um ambiente de interação entre os jovens, de modo a estimular os processos cognitivos e o raciocínio lógico. “O propósito é despertar o interesse deste público pelas áreas de exatas e de tecnologias, que estão em alta e representam uma grande potencialidade no presente e no futuro”, destacou.

Professora da Escola Municipal participante, Eliane de Abreu Lepesteur avaliou que a vivência cumpre com a missão do evento – que teve como tema, em 2018, a “Ciência para a redução das desigualdades” – de estimular os alunos para os estudos matemáticos. “Além disso, eles tiveram a oportunidade de conhecer as várias carreiras oferecidas no mercado. Caso eles não conhecessem os laboratórios, como iriam saber se desejam trabalhar em um ambiente assim? Essas iniciativas ajudam muito para que tenham um futuro mais certo”, complementou.

O aluno Rian Vieira da Silva, de 14 anos, corroborou com a afirmação da professora, e garantiu que a experiência será de grande valia para a sua decisão. “Achei muito bom tudo o que pude aprender aqui, porque já começo a pensar o que quero fazer no futuro”.

Veja algumas fotos das atividades

fotos_oficina_ceatec (4)fotos_oficina_ceatec (10)fotos_oficina_ceatec (11)fotos_oficina_ceatec (28)fotos_oficina_ceatec (32)fotos_oficina_ceatec (35)



Vinícius Purgato
18 de outubro de 2018