Acessibilidade  
Central de Atendimento ao Aluno Área do aluno
Vestibular 2021

O mau funcionamento da válvula triscúpide do coração, detectado por meio do exame de ecocardiograma, pode levar a sintomas importantes relacionados a inchaço em membros inferiores (pernas e pés) e até alterações das funções do fígado, o correto tratamento da válvula tricúspide, pode aumentar a sobrevida e, principalmente, melhorar a qualidade de vida dos pacientes.

O tratamento da válvula tricúspide é cirúrgico e já é realizado nos hospitais do país. Com o objetivo de tornar mais bem sucedidas as cirurgias corretivas dessa válvula, o Serviço de Cardiovascular do Hospital da PUC-Campinas realizou um estudo durante três anos com 30 corações de cadáveres que possuíam a válvula tricúspide normal. “A pesquisa determinou e difundiu a padronização das medidas desta válvula o que garante corrigir apenas a parte doente da válvula, não realizada ainda no país”, explica o cirurgião Fernando Antoniali.

Mais informações

A valva ou válvula tricúspide é uma das válvulas do coração, a qual é formada por três folhetos ou segmentos e que pode apresentar doenças que necessitem tratamento cirúrgico. Antoniali ressalta que agora os pacientes têm uma boa notícia, pois há uma padronização na correção das doenças da válvula tricúspide, como já existia para outras válvulas do coração. “Na maioria das vezes o tratamento da válvula tricúspide é feito com uma plástica. Esta plástica valvar é uma das maneiras de deixá-la com o mesmo tamanho e formato que tinha antes de ficar doente”, completa.

Com o estudo, os valores que foram encontrados passaram a ser aplicados também nas técnicas de anuloplastia valvar com ótimos resultados. “A anuloplastia valvar é a melhor técnica de correção das doenças da válvula tricúspide e consiste na diminuição do tamanho desta válvula, a qual está dilatada na maior parte das vezes”, esclarece.

Serviço
O Hospital e Maternidade Celso Pierro da PUC-Campinas foi premiado no Congresso Brasileiro de Cirurgia Cardíaca, nesse mês, com o trabalho Determinação da proporção entre os segmentos do anel da valva tricúspide normal e aplicação na anuloplastia valvar, sob orientação do cirurgião cardíaco Fernando Antoniali. Este estudo que durou três anos foi feito com 30 corações de cadáveres que possuíam a válvula tricúspide normal. “Este tipo de tratamento já é realizado em outros hospitais. O que nosso grupo fez foi determinar e difundir a padronização das medidas”, explica Antoniali.

O Serviço de Cirurgia Cardiovascular do Hospital e Maternidade Celso Pierro completou 2 anos de funcionamento, em março de 2007. Conta com quatro cirurgiões e ao longo deste período o Serviço criou os ambulatórios de pré-operatório e pós-operatório, além de ser credenciamento pelo Ministério da Saúde para atendimento a pacientes do convênio do Sistema Único de Saúde (SUS). Publicaram trabalhos científicos em alguns veículos de comunicação, como Journal of Cardiac Failure, European Heart Journal, Journal of Clinical Science e a Revista Brasileira de Cirurgia Cardiovascular



Portal Puc-Campinas
25 de abril de 2007