Acessibilidade  
Central de Atendimento ao Aluno Área do aluno
Vestibular 2021

Cardeal Giuseppe Versaldi do Vaticano participa do Colóquio da PUC-Campinas

“A Educação Superior Católica à Luz do Instrumentum Laboris: Educar Hoje e Amanhã. Uma Paixão Que Se Renova” foi o tema do evento que aconteceu nos dias 21 e 22 de novembro

 

Por Sílvia Perez

O Prefeito da Sagrada Congregação para a Educação Católica da Santa Sé, em Roma, Cardeal Giuseppe Versaldi, ministrou duas conferências durante o Colóquio “A Educação Superior Católica à Luz do Instrumentum Laboris: Educar Hoje e Amanhã. Uma Paixão Que Se Renova”. Além dele, o evento, que é organizado pelo Núcleo de Fé e Cultura da Universidade, também contou com a presença do Prof. Dr. Pe. José Aguiar Nobre, Pesquisador de Pós-Doutorado em Filosofia na Universidade Federal do Paraná, e do Prof. Dr. Samuel Mendonça, Docente do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Educação da PUC-Campinas.

O tema da primeira conferência ministrada pelo Cardeal Giuseppe Versaldi foi “A Contribuição da Fé para uma Razão Aberta à Verdade”, no qual ele falou sobre o drama da separação entre fé e razão. “O diálogo entre fé e razão não foi fácil, já que, assim como hoje, a própria razão não pode fechar-se em si mesma e recusar a abertura ao transcendente. As nossas instituições escolásticas, de qualquer ordem e grau, são, certamente, instrumentos eficazes nessa direção, abrindo a todo o povo de Deus o aprofundamento do conhecimento dos instrumentos necessários para o diálogo entre fé e razão, a ponto de conseguir espalhar a fé em todos os contextos da sociedade e não só internamente na Igreja”, declarou.

Já na segunda palestra, intitulada “A Pedagogia Evangélica, Alma do Ensinamento Cristão”, o Cardeal afirmou que a Igreja tem se empenhado no campo da educação, antecipando muitas vezes a sociedade civil. “Foi instaurado um diálogo profundo entre fé e razão, entre dimensão humana e religiosa, de modo a construir escolas de todas as ordens e graus que contribuam não somente para formar bons e maduros cristãos, mas também cidadãos honestos para a construção de um mundo segundo o projeto de amor com o qual Deus o criou”, declarou.

O Reitor da PUC-Campinas, Prof. Dr. Germano Rigacci Júnior, destacou que o Colóquio vai ao encontro da missão da Universidade que é de produzir, enriquecer e disseminar o conhecimento, contribuindo para a construção de uma sociedade justa e solidária. “A construção do processo formativo deve partir do reconhecimento de que o coração da educação católica é sempre a pessoa de Jesus Cristo. Sustentado neste fundamento, o processo formativo possibilitará que o indivíduo egoísta se reconheça como pessoa e como tal comprometa-se com respeito à dignidade de toda pessoa humana; e que a formação das competências técnico-científicas para o exercício profissional não seja construída apenas para a competição no mercado de trabalho, mas sobretudo para a prática da cooperação e da solidariedade”, afirmou.

Cardeal

Formado em Psicologia, com Doutorado em Direito Canônico, obteve o título de advogado da Sagrada Rota Romana em 1981. Foi Bispo de Alessandria (2007-2012), Presidente da Prefeitura dos Assuntos Econômicos da Santa Sé (2011-2015), Cardeal-Diácono do Sagrado Coração (2012) e é o atual Prefeito da Sagrada Congregação para a Educação Católica da Santa Sé (2015).

Colóquio

O tema escolhido trata das características fundamentais das escolas e universidades católicas, bem como dos desafios que estas instituições têm em seu projeto. O documento Instrumentum Laboris tem o objetivo de propor uma reflexão sobre a importância da educação católica e de promover ações de atualização e formação.

Fonte: Jornal da PUC-Campinas

Confira a galeria de fotos.



Silvia Perez de Freitas
4 de dezembro de 2018