Observatório PUC-Campinas
Observatório
PUC-Campinas
Facebook
Central de
Atendimento
ao Aluno
ebanner_mestrado_direito

Capes aprova implantação do Mestrado em Direito

O Curso deve iniciar as atividades no primeiro semestre de 2019

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) aprovou a criação do Mestrado em Direito na PUC-Campinas. O Programa de Pós-Graduação (PPG) Stricto Sensu em Direito deve iniciar sua primeira turma no primeiro semestre de 2019.

A notícia foi recebida com satisfação pela Universidade que tem trabalhado continuamente para o desenvolvimento da pesquisa científica, como destaca o Reitor, Prof. Dr. Germano Rigacci Júnior. “É um projeto institucional que foi se construindo e amadurecendo com o tempo e com o empenho dos gestores e professores pesquisadores. Além disso, nossa Faculdade de Direito tem quase 70 anos de tradição e poderá agora oferecer uma formação continuada aos bacharéis e demais profissionais da área.”

O Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Direito da PUC-Campinas tem como área de concentração Direitos Humanos e Desenvolvimento Social, que é sustentada por duas linhas de pesquisa: Direitos Humanos e Políticas Públicas e Cooperação Internacional e Direitos Humanos, que se articulam de forma plena por realizarem pesquisas a partir do paradigma jurídico do desenvolvimento social.

De acordo com a Pró-Reitora de Pesquisa e Pós-Graduação, Profa. Dra. Alessandra Borin Nogueira, a aprovação do Mestrado em Direito vem consolidar a pesquisa na Universidade. “O Direito é uma área de excelência na PUC-Campinas e a abertura do Mestrado confirma a qualidade, engajamento e a relevância científica dos seus pesquisadores. Esse será o nosso décimo Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu que enriquecerá ainda mais a cadeia da pesquisa, desde a iniciação científica até o pós-doutorado, já existente na nossa Universidade”, declarou.

O Diretor do Centro de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas (CCHSA), Prof. Dr. Luís Arlindo Feriani Filho, explica que a abertura do PPG em Direito fortalece uma luta antiga da área de Ciências Humanas que há anos vem ganhando em qualidade e quantidade de pesquisa. Esse processo começa na Graduação, com os projetos de Iniciação Científica (IC), além de atender a uma demanda de mercado. “Existe uma demanda reprimida em Campinas e região e a PUC-Campinas tem o protagonismo necessário para responder a essa necessidade. Outro ponto importante é que a área de concentração em Direitos Humanos e Desenvolvimento Social é extremamente atual e permite que sejam discutidos vários assuntos de relevância para a sociedade, indo ao encontro da missão social da Universidade”, aponta.

Entre os objetivos do Mestrado em Direito estão formar pesquisadores e docentes, capacitar o pesquisador para compreender o Direito sob uma perspectiva crítica, seja no âmbito do Direito internacional, de integração e interno, estimular a capacidade de reflexão, aperfeiçoar a formação profissional, e também consolidar a PUC-Campinas como referência na pesquisa em Direito tanto em nível nacional, quanto internacional.

Para o Diretor da Faculdade de Direito, Prof. Me. Francisco Vicente Rossi, além de favorecer a pesquisa, o Curso representa um grande avanço para a Graduação. “Formamos cerca de 500 bacharéis por ano, que poderão aqui prosseguir na complementação da sua formação; ademais, toda a pesquisa beneficia diretamente os estudantes, especialmente aqueles que se dedicam às atividades de Iniciação Científica, com orientação dos docentes pesquisadores, que ministrarão simultaneamente suas aulas na Graduação e na Pós-Graduação”, complementa.

Já o Prof. Dr. Lucas Catib de Laurentiis, que integra o PPG, reforça que a aprovação do Mestrado representa uma elevação no nível de reconhecimento da Universidade no âmbito acadêmico. “Existe uma exigência muito grande da Capes para a aprovação de novos programas, em todo o país existem apenas 100 como este, o que demonstra a solidez e a qualidade oferecida pela Universidade. Temos uma via aberta para o futuro para a produção de conhecimento inovador com muito profissionalismo e seriedade”, disse.

O Mestrado em Direito da PUC-Campinas terá duração de quatro semestres, com a exigência do cumprimento de 32 créditos pelos alunos, distribuídos na estrutura curricular. As informações do processo seletivo serão divulgadas em breve, mas contemplará prova dissertativa, prova de suficiência de língua estrangeira, análise de currículo, análise de projeto de pesquisa e entrevista.


Pesquisar

Veja também

20 Projetos de Iniciação Científica e Tecnológica e de Extensão são premiados

Presidente da OAB Campinas considera o Mestrado em Direito um marco para a cidade

Lista de aprovados no Vestibular 2019 para o Curso de Medicina

Processo Seletivo de Teologia – 1º semestre de 2019

Premiação dos Projetos de Iniciação Científica e Tecnológica e de Extensão