Acessibilidade  
Central de Atendimento ao Aluno Área do aluno
Vestibular 2021

Os dados do Boletim Econômico – Acompanhamento Comércio Exterior da PUC-Campinas, referente ao mês de junho, revela que a Região Metropolitana de Campinas (RMC) exportou cerca de 364 milhões de dólares em mercadorias, o valor é 15,8% maior que maio. Comparado ao primeiro semestre de 2008, ocorreu uma diminuição do fluxo de comércio exterior na região. A exportação da RMC diminuiu 36% e a importação 24,3%.

O valor exportado no primeiro semestre do ano, cerca de 1,92 bilhões de dólares foi 36% menor do que no mesmo período em 2008, quando a RMC exportou cerca de 3 bilhões de dólares. A exportação de celulares diminuiu cerca de 42%, a de automóveis 28% e de pneus 59%.

A importação da RMC foi de 8,8% maior que a de maio, mas comparando a importação do primeiro semestre de 2009 com o mesmo período de 2008 ocorreu um recuo de 24,3%. Dos dezenove municípios da RMC, onze apresentaram melhoras na exportação, em relação ao mês de maio.

Campinas e Jaguariúna, as duas maiores exportadoras da RMC, contribuíram significativamente para esta recuperação, pois apresentaram acentuada melhora na exportação de junho. A exportação de Campinas neste mês aumentou 34,5% e a de Jaguariúna aumentou em 56,4%.

A pesquisa completa pode ser vista no site www.puc-campinas.edu.br/imprensa. Os dados do Boletim Econômico da PUC-Campinas – Acompanhamento Comércio Exterior é realizado pelo professor Adauto Roberto Ribeiro do Centro de Economia e Administração (CEA) da PUC-Campinas.



Portal Puc-Campinas
21 de julho de 2009