Acessibilidade  
Central de Atendimento ao Aluno Área do aluno
Vestibular 2021

Os dados do Boletim Econômico da PUC-Campinas – Acompanhamento Comércio Exterior aponta que no mês de novembro aponta uma diminuição de 8,4% na exportação de bens da Região Metropolitana de Campinas (RMC). A importação de bens também recuou em 10,3%.

No acumulado do ano, janeiro a novembro, o total exportado pela RMC somou US$ 3,9 bilhões e a importação chegou a US$ 8,2 bilhões, os dados apontam um recuo de 30,6% na exportação e de 21,9 % na importação, em relação ao ano de 2008.

Na RMC, as empresas exportadoras estão encontrando dificuldades para recuperar o valor exportado em 2008. Depois de 2 meses de crescimento nas vendas externas, novembro apresentou um recuo nos valores comercializados com o exterior. A exportação caiu 8,4% e a importação recuou 10,3%.

Os dados da pesquisa demonstram que a recuperação econômica do mercado externo, afetado pela crise de 2008, esta sendo lenta e que a valorização da moeda brasileira esta dificultando a recuperação das exportações da região. No acumulado do ano, a exportação é hoje cerca de 30% menor que a do mesmo período no ano passado e a importação é 22% menor.

Por categoria de bens, há uma queda mais acentuada na exportação dos bens de intermediário e do lado importador, observa-se pequeno crescimento da importação de bens de consumo duráveis, o que já era esperado dado à menor incidência da crise na economia brasileira. Nos destinos da exportação, além da manutenção do MERCOSUL como principal destino, cabe destaque, no acumulado do ano, para o crescimento da exportação para a Ásia (11%).

Os dados do Boletim Econômico da PUC-Campinas – Acompanhamento Comércio Exterior é produzido pelo professor Adauto Roberto Ribeiro do Centro de Economia e Administração (CEA) da PUC-Campinas. A pesquisa completa está disponível no site: www.puc-campinas.edu.br/imprensa.



Portal Puc-Campinas
17 de dezembro de 2009