Acessibilidade  
Central de Atendimento ao Aluno Área do aluno
Vestibular 2021

Os dados do Boletim Econômico da PUC-Campinas – Acompanhamento Comércio Exterior mostra um crescimento de 2,1% nas exportações de bens da Região Metropolitana de Campinas (RMC), no mês de dezembro. As importações tiveram um recuo de 11,3%. No ano de 2009, as exportações somaram US$ 4,31 bilhões e a importação US$ 8,97 bilhões, estes valores significam diminuição de 30% na exportação e de 20 % na importação, em relação a 2008.

A pesquisa destaca que o ano de 2009 foi um período de recuperação no comércio exterior para as empresas da RMC. O restabelecimento do fluxo de comércio, em especial da exportação, está sendo lento em função do baixo crescimento econômico externo da recuperação mais rápida da demanda na economia brasileira e da valorização do Real ocorrida no período.

No ano de 2009, na categoria de bens notamos uma queda generalizada nas exportações em todas as categorias de bens. Há um aumento nas importações de bens de consumo e bens duráveis.

O destino dos produtos exportados continuam sendo a Ásia e os países pertencentes ao MERCOSUL. Para 2010, a perspectiva é de manutenção no processo de recuperação lenta do fluxo de comércio, com forte dependência da taxa de crescimento econômico da América Latina e dos Estados Unidos e da trajetória da taxa de câmbio da moeda brasileira. Os dados do Boletim Econômico da PUC-Campinas Acompanhamento Comércio Exterior é produzido pelo professor Adauto Roberto Ribeiro do Centro de Economia e Administração (CEA) da PUC-Campinas.

Finanças Públicas na RMC

Durante todo ano de 2009 os 19 municípios da RMC receberam cerca de R$ 2,033 bilhões, número que superou, por pequena margem (0,22%) o total dos repasses recebidos em 2008. Dentre os principais repasses, o ICMS (81,9 % do total dos repasses) apresentou variação negativa (- 2,16%) enquanto que o IPVA (17,5% dos repasses) apresentou variação positiva (14,66 %).

No ano de 2009 houve ainda um aumento do desconto do imposto para o FUNDEB (de 18,33% em 2008 para 20,00% em 2009). Desta forma, as diferentes variações dentre os municípios da RMC são explicadas principalmente pela variação do índice de participação.

Engenheiro Coelho foi o município da RMC com maior variação de recebimento de repasses do ICMS, tendo seus valores aumentados em 20,58%. Todos os municípios da RMC apresentaram variação positiva no recebimento de repasses do IPVA. Indaiatuba foi o que obteve maior variação, com 20,59%. Os dados do Boletim Econômico da PUC-Campinas Acompanhamento Finanças Públicas é feito pelo professor Pedro de Miranda Costa do Centro de Economia e Administração (CEA) da PUC-Campinas.

Emprego

Os dados do Boletim Econômico – Acompanhamento Emprego da PUC-Campinas, referente ao mês de novembro, mostra que a Região Metropolitana de Campinas (RMC) criou cerca de 6.337 novos postos de trabalho. No acumulado do ano, o saldo de emprego fica positivo em mais de 27 mil vagas. Mesmo com o resultado já positivo na criação de emprego, as perdas acumuladas na massa salarial em 2009 ultrapassam o valor de R$ 25 milhões.

Atividades industriais e comerciais lideram o processo de criação de vagas. Ao todo foram geradas 2.080 novas vagas na indústria e 2.460 no comércio. O município de Campinas mantém a liderança com a criação de 2.231 novas vagas. Outros municípios que se destacaram na criação de empregos são: Indaiatuba (721) e depois Americana (484), Itatiba (431) e Santa Bárbara D´Oeste (392).

Os níveis de remuneração média dos contratados ficam acima da média observada na RMC tanto em Hortolândia (R$ 1.341) como em Jaguariúna (R$ 1.292), devido à participação do emprego industrial nesta média. No entanto, tais municípios não se destacam na geração de emprego.

Com a criação de mais 2.080 postos de trabalho em novembro, o setor industrial consolida sua participação no processo de contratação da RMC. Os segmentos de material de transporte (494), de material elétrico e de comunicações (340) e de produtos alimentícios e de bebidas (330) lideram as contratações. O Boletim Econômico – Acompanhamento Emprego é feito pela professora do Centro de Economia e Administração (CEA) Eliane Navarro.

Artigo

O boletim ainda traz um artigo sobre a evolução do Produto Interno Bruto (PIB) na RMC, desde 2003 até 2007. A pesquisa completa está disponível no portal www.puc-campinas.edu.br/imprensa.



Portal Puc-Campinas
29 de janeiro de 2010