Acessibilidade  
Central de Atendimento ao Aluno Área do aluno
Vestibular 2021

Alunos de Jornalismo entrevistam 39 candidatos a deputados de Campinas

Projeto ‘Digitais Eleições’ visa prestar serviço à sociedade

O ‘Digitais’, produto laboratorial da Faculdade de Jornalismo da PUC-Campinas, encerrou, no início deste mês de outubro, um projeto especial relacionado às Eleições de 2018, no qual candidatos aos cargos de deputado estadual e federal de Campinas foram entrevistados pelos alunos do 3º ano do Curso.

O projeto, idealizado pelo professor Carlos Alberto Zanotti, um dos responsáveis pela edição do portal – que reúne as produções dos estudantes nas disciplinas práticas e nos projetos experimentais para a conclusão do curso –, recebeu 39 aspirantes às vagas para deputados no Poder Legislativo, o que corresponde a 75% dos candidatos em Campinas. Todos os 52 foram convidados, mas 13 declinaram ao convite.

Os profissionais, entrevistados pelos estudantes no estúdio do Laboratório de Imagem e Som (Labis) – destinado à produção de materiais audiovisuais do Curso –, puderam responder, em um tempo pré-determinado, a três perguntas padronizadas elaboradas pelos alunos: por que a decisão de concorrer ao cargo; quais as principais propostas; e qual seria a contribuição para o Município de Campinas e para o Estado de São Paulo.

De acordo com a diretora do Curso, Profa. Dra. Cyntia Andretta, a iniciativa teve como objetivo principal prestar um serviço à sociedade a partir da apresentação das pessoas que pretendem assumir posições de relevância no ente público.  Além disso, serve como aprendizado prático aos futuros profissionais de Jornalismo. “É uma questão de não fechar os olhos para o que está acontecendo na nossa realidade, um exercício diário da profissão”, destacou.

O panorama político contemporâneo também foi abordado no projeto por meio de entrevistas com diversos especialistas, como cientistas políticos e sociólogos, que falaram, por exemplo, a respeito da importância de se pensar não apenas no executivo, mas também no legislativo. O trabalho foi orientado pela professora Ivete Cardoso Roldão, que fez uma avaliação positiva da experiência dos alunos. “Eles tiveram que correr contra o tempo, como é na vida real, e ainda se dedicaram a aprender um pouco mais sobre a política, o que é muito importante”, frisou.

Concluída esta etapa, há a previsão de que os estudantes se debrucem na produção de novos conteúdos sobre o tema até o segundo turno das eleições. O aluno Rafael Martins afirmou que o desafio, embora tenha causado certo receio no início, serviu para reforçar a capacidade de cada estudante: “Conforme o tempo foi passando e as entrevistas foram ocorrendo, se criou uma grande satisfação de ver que a gente é capaz de chamar os candidatos, de realizar os contatos com as assessorias e, por fim, de criar um trabalho bem feito como nos grandes veículos”.

Já a Mariana Gomes, também no 6º semestre, enxerga os benefícios da vivência para o futuro. “Acho que vai contribuir na minha carreira, porque o exercício de entrar em contato com os políticos, de fazer as entrevistas, é muito importante”, concluiu.

Todos os materiais podem ser vistos no site do Digitais.



Vinícius Purgato
4 de outubro de 2018