Acessibilidade  
Central de Atendimento ao Aluno Área do aluno
Vestibular 2022

Alunos da PUC-Campinas vencem Prêmio ABAG/RP de Jornalismo em duas modalidades

Produções acadêmicas ligadas ao agronegócio foram contempladas na 13ª edição do Prêmio; estudantes receberam R$ 6 mil

Estudantes da PUC-Campinas venceram, nas modalidades áudio e texto, o 13º Prêmio ABAG/RP de Jornalismo, realizado pela Associação Brasileira do Agronegócio da Região de Ribeirão Preto. Os alunos, que concorreram à premiação na categoria Jovem Talento com graduandos de outras instituições de Ensino Superior, foram favorecidos com R$ 6 mil por suas produções acadêmicas ligadas ao agronegócio.

Criado para estimular e reconhecer o trabalho de profissionais do jornalismo, além de aproximar futuros jornalistas da realidade do Agro, o Prêmio ABAG/RP de Jornalismo José Hamilton Ribeiro teve início em setembro com a promoção de um ciclo de palestras sobre o agronegócio, do qual os estudantes tiveram de participar para validar a inscrição na premiação. Foram apresentados, por meio de diversas conferências, os desafios e oportunidades do Agro brasileiro.

Uma das produções vencedoras, elaborada pelos alunos Luiz Oliveira e Oscar Nucci, apresentou justamente um desafio a ser enfrentado pelo agronegócio: o combate à homofobia. A discussão, feita por meio de um podcast, levantou aspectos como as dificuldades da comunidade LGBTQIA+ no mercado de trabalho em virtude do preconceito de gênero, bem como os planos de empresas do agronegócio para a inclusão de profissionais pertencentes a esses grupos no setor.

Agronegócio desenvolve ações para combater homofobia

Oscar conta que a proposta da pauta surgiu da necessidade de fomentar o debate sobre gêneros no agronegócio, cujo mercado é ocupado majoritariamente por homens brancos. “Vivemos num país em que a sexualidade considerada fora dos padrões heteronormativos é um tabu e o tema é tido como polêmico. Por isso a importância de trazer o assunto à tona, mostrando a relevância da diversidade e da inclusão para toda a sociedade”, destaca.

Luiz avalia que a escolha pelo tema do podcast, que abordou aspectos sociais inseridos no setor do agronegócio, foi determinante para a decisão dos jurados. “Em 13 anos do Prêmio ABAG/RP, nunca havia sido explorado um assunto de característica mais humana. Os temas eram voltados à indústria do agronegócio. E por trás de toda a produção há vidas, há seres humanos envolvidos. Vencer o prêmio destacando esse contexto foi muito importante para nós. Para mim, estudante bolsista, esse reconhecimento é ainda mais gratificante: me impulsiona, me estimula a melhorar sempre e me dá indicativos de que estou no caminho certo”, pontua.

A estudante Fernanda Machado, por sua vez, foi a vencedora na modalidade ‘texto’ com matéria que aborda os caminhos para a diminuição dos impactos ambientais no agronegócio brasileiro. A reportagem explora, de forma mais ampla, o potencial econômico do extrativismo no Brasil, que produziu, em 2019, mais de 670 toneladas de alimentos de origem vegetal e gerou um valor na ordem de R$ 1,2 bilhão. A reportagem também citou os desafios para uma agricultura sustentável, bem como a introdução de novas tecnologias no setor, como ferramentas de agricultura de precisão 2.0 e 4.0, principalmente para cultivos anuais de soja, milho e algodão.

Extrativismo é o novo Eldorado amazônico

“Pensei em escrever algo fora da caixa. Foi quando tive a ideia de pesquisar sobre o extrativismo e de falar sobre as nossas florestas e suas riquezas, que têm sido devastadas nos últimos meses. Saber que a comissão julgadora, composta por grandes profissionais do agronegócio e da área da comunicação, escolheu a minha reportagem como vencedora é algo muito gratificante, que, com certeza, agrega bastante na minha formação acadêmica”, analisa Fernanda.

Para a Profa. Dra. Cyntia Andretta, diretora da Faculdade de Jornalismo da PUC-Campinas, essas premiações recebidas recompensam o trabalho e a dedicação dos alunos, mesmo diante do ano atípico e das mudanças ocasionadas pela pandemia. “A Faculdade de Jornalismo está muito feliz com o resultado do prêmio. Nosso Curso tem tradição de 50 anos e o reconhecimento externo nos dá a certeza de que estamos na direção certa na formação dos nossos estudantes”, afirma.

Os materiais premiados, bem como outras produções de alunos de Jornalismo, estão disponíveis no Digitais, portal noticioso da Faculdade de Jornalismo da PUC-Campinas.

Foto: ABAG



Vinícius Purgato
6 de dezembro de 2020