Acessibilidade  
Central de Atendimento ao Aluno Área do aluno
Vestibular 2021

Três trabalhos da Faculdade de Relações Públicas da PUC-Campinas venceram o 27º Prêmio Nacional de Monografias e Projetos experimentais, promovido pela ABRP (Associação Brasileira de Relações Públicas). Os vencedores foram: “Relações Públicas em apoio ao Marketing –Hotel Fazenda Quatro Estações” primeiro lugar na categoria Projeto Experimental Empresarial, “MIS – Museu de Imagem e Som de Campinas” primeiro lugar na categoria Projeto Experimental Governamental e “SPA Med Sorocaba”, segundo lugar na categoria Ações estratégicas de Relações Públicas – Responsabilidade social.

No total, foram inscritos 105 trabalhos de 20 Instituições de Ensino Superior de todo o Brasil. De acordo com a diretora da Faculdade de Relações Públicas, Cláudia Maria de Cillo Carvalho, esse prêmio valoriza um amplo trabalho desenvolvido pelos alunos durante o curso. “Essa conquista representa a certeza de que o trabalho desenvolvido tem preparado o profissional para a vida e para o mundo do trabalho”, afirmou a diretora.

As alunas Amanda Galofaro, Beatriz Gutierres, Camila Amorim, Márcia da Rocha, Nayara Lopes e Karina Valeretto, autoras do projeto vencedor “Relações Públicas em apoio ao Marketing –Hotel Fazenda Quatro Estações”, trataram da readequação da prestação de serviços do hotel fazenda para atender tanto ao aumento da demanda e da concorrência quanto às novas exigências do setor hoteleiro. O plano de comunicação desenvolvido engloba três campanhas que visam o envolvimento do hotel com seus públicos de interesse. Sobre o prêmio, a aluna Márcia da Rocha disse que a equipe se sentiu orgulhosa e reconheceu o apoio da Universidade. “O prêmio sela um projeto com a marca do grupo, que preza pela seriedade, respeito, inovação, conhecimento e atitude. Tudo isso só foi possível graças as oportunidades oferecidas pela Universidade”, expôs.

O Projeto Experimental “MIS – Museu de Imagem e Som de Campinas”, dos alunos Gabriela Iannaccone, Thiago Rodrigues, Rachel dos Santos, Deborah Dias e Flávia Pereira, também vencedor, se resume em três programas com o objetivo de viabilizar a reestruturação da sede do Museu por meio de leis de incentivo à Cultura, aprimorar o clima organizacional da instituição e consolidar sua imagem junto à população local. De acordo com a estudante Flávia Pereira, o prêmio foi muito emocionante, pois mostrou que o esforço do trabalho valeu à pena. “Fiquei muito feliz e vi que sem esse esforço não teríamos conquistado este prêmio”, disse.

O projeto “SPA Med Sorocaba”, que deu o prêmio às alunas Alliny Fernanda, Ana Paula Maia, Fabiane Bertolozzi, Mariana de Vasconcelos, Mariana Sobreiro e Mônica de Souza, se baseia na busca de alternativas para fortalecer o relacionamento da empresa com seus públicos interno, misto e externo. Foi elaborado o Programa “Equilíbrio”, que tem como objetivo implantar ações sócio-ambientais no local, a fim de conscientizar e valorizar a organização perante os seus públicos de interesse. Segundo a aluna Mariana Sobreiro, o prêmio é um reconhecimento da dedicação e emprenho da equipe. “Senti uma alegria imensa e reconheci que se não fosse pela base teórica do curso, pelo envolvimento, experiência e dedicação dos professores não teríamos chegado até aqui”, contou.

O Curso de Relações Públicas da PUC-Campinas existe desde 1970 e forma cerca de 120 relações públicas anualmente. Atualmente estão matriculados quase 500 alunos no curso, nos períodos matutino e noturno.



Portal Puc-Campinas
4 de novembro de 2009