Acessibilidade  
Central de Atendimento ao Aluno Área do aluno
Vestibular 2021

PUC-Campinas e Polícia Federal terão convênio de cooperação

Em reunião, representantes das duas instituições decidiram criar Grupo de Trabalho para definir os termos


O Reitor da PUC-Campinas, Prof. Dr. Germano Rigacci Júnior, e o Vice-Reitor Prof. Dr. Pe. José Benedito de Almeida David, se reuniram com autoridades da Polícia Federal em Campinas. O encontro foi nesta quinta-feira, 8 de novembro, no Aeroporto Internacional de Viracopos.

A reunião serviu para iniciar o processo de cooperação entre as partes. Dessa forma, a Universidade poderá, por meio do ensino, da pesquisa e da extensão, trocar conhecimento e aprimorar as atividades da Polícia Federal na área técnico-científica.

“A Polícia Federal já conta com estagiários da PUC-Campinas em seus quadros. E a Universidade está muito feliz por saber que o desempenho desses estudantes foi muito bem qualificado”, disse o Prof. Dr. Germano Rigacci Júnior.

O reitor ressaltou que essa aproximação entre as instituições vai ao encontro da missão da Universidade de disseminar o conhecimento e contribuir com a construção de uma sociedade justa e solidária.

O reitor da PUC-Campinas e o delegado Paulo Víbrio Júnior, Chefe da Polícia Federal em Campinas, se comprometeram a criar um grupo de trabalho para que o convênio de cooperação evolua.

Entre os representantes da PUC-Campinas, compuseram o encontro o coordenador do Escritório de Relações Corporativas, Edilson Baqueiro, e o diretor da Faculdade de Química, Prof. Me. Marcelo José Della Mura Jannini. Pela Polícia Federal, além de Víbrio Junior, Lourival Moreira, chefe do Núcleo Técnico-Científico (NUTEC) da PF, e o coordenador do Laboratório de Química Forense do NUTEC, Rogério Matheus Vargas.



Silvia Perez de Freitas
8 de novembro de 2018