Acessibilidade  
Central de Atendimento ao Aluno Área do aluno
Vestibular 2021
Quando:
19 de setembro de 2016@09:30 – 17:00
2016-09-19T09:30:00-03:00
2016-09-19T17:00:00-03:00
Onde:
Auditório Novo Prédio CCHSA, Campus I
Custo
Grátis
Contato:
6º Encontro Anual de Extensão Universitária @ Auditório Novo Prédio CCHSA, Campus I

INSCREVA-SE

Apresentação

“A participação em atividades de extensão me capacitou a ter um entendimento mais aprofundado de como as demandas surgem, quais os limites éticos e políticos de atuação junto à sociedade e o que significa ser um profissional que atua muito além da sala de aula” (Depoimento de um aluno bolsista de extensão da PUC-Campinas)

A Extensão desenvolvida na PUC-Campinas como uma das três atividades principais que a constituem enquanto universidade oportuniza o compartilhamento de conhecimentos e competências – construídos pelas dimensões formativas de Ensino e Pesquisa – com a sociedade. Esta, por sua vez, alimenta com novos questionamentos e demandas o dinamismo inerente a essa troca de saberes. Desse processo fértil e instigante nascem parcerias enriquecedoras que contribuem para qualificar a formação profissional e a geração de novos conhecimentos na Universidade, assim como a solução de problemas contemporâneos na sociedade. Grupos sociais organizados localizados na Região Metropolitana de Campinas, de natureza pública ou privada, representam o público-alvo preferencial dos projetos de Extensão. A possibilidade de submeter à prova os temas discutidos em salas de aula enriquece o processo de formação dos alunos, não apenas no plano profissional, mas, sobretudo, no humano como evidencia o depoimento reproduzido acima.

No biênio 2016/2017, 41 projetos de extensão estão sendo realizados por professores e alunos da Universidade abrangendo todas as grandes áreas de conhecimento. Como coordenador de um projeto, o professor dedica 20 horas semanais. Os 64 alunos bolsistas de extensão, por sua vez, dedicam 24 horas semanais a seus respectivos projetos. As atividades de extensão contam com a parceria de 56 entidades e atingem diretamente aproximadamente dezessete mil pessoas e indiretamente mais de um milhão.

A conjugação entre o compromisso institucional de estimular e fomentar a realização de projetos de extensão e a relação dialógica de professores e alunos com as entidades tem se revelado eficiente e criativa. Pelo segundo ano consecutivo (2015/2016), a PUC-Campinas foi, dentre as instituições comunitárias de ensino superior, aquela com maior número de projetos e recursos aprovados pelo Ministério da Educação.

O 6º Encontro de Anual de Extensão Universitária da PUC-Campinas disponibilizará contexto institucional apropriado para que os 64 alunos bolsistas de Extensão possam apresentar oralmente o desenvolvimento de seus Planos de Trabalho e os principais resultados alcançados até o momento. Neste ano, mais uma vez, as sessões de Comunicação Oral contarão com a presença de avaliadores externos, isto é, docentes convidados, provenientes de outras Universidades, que contribuirão com sua experiência para aperfeiçoar as atividades de extensão desenvolvidas na PUC-Campinas. A sexta edição do Encontro de Anual de Extensão Universitária traz também uma novidade em relação aos anos anteriores. Pela primeira vez, haverá uma sessão de comunicação oral dedicada aos estudantes que participam dos grupos de aprendizagem do Programa de Educação Tutorial (PET).

Prof. Dr. André Pires
Coordenador Geral de Projetos de Extensão da PUC-Campinas

Profa. Dra. Vera Engler Cury
Pró-Reitora de Extensão e Assuntos Comunitários da PUC-Campinas

Palestrante

Profa. Dra. Henriette Tognetti Penha Morato

Instituto de Psicologia – Universidade de São Paulo – USP

Graduou-se em Psicologia pelo Instituto de Psicologia da USP/SP, é Mestre em Psicologia Educacional e Doutora em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano pela mesma Universidade. É Livre Docente pela Universidade de São Paulo, tendo realizado estágio pós doutoral na Universidade Paris 7 entre 2005 e 2006, e desenvolveu pesquisa na Universidade de Firenze. Publicou 26 artigos em periódicos especializados e 59 trabalhos em anais de eventos. Possui 33 capítulos de livros e 2 livros publicados. Possui 97 itens de produção técnica. Participou de 29 eventos no Brasil. Orientou 29 dissertações de mestrado e co-orientou 7. Orientou 9 teses de doutorado, além de 10 trabalhos de iniciação científica nas áreas de psicologia, saúde coletiva e educação. Recebeu 11 prêmios e/ou homenagens. Atualmente coordena 2 projetos de pesquisa. Atua na área de psicologia, com ênfase em psicologia do desenvolvimento humano. Em suas atividades profissionais interagiu com 198 colaboradores em co-autorias de trabalhos científicos. Em seu currículo Lattes os termos mais frequentes na contextualização da produção científica, tecnológica e artístico-cultural são: psicologia clínica, atenção psicológica, plantão psicológico, aprendizagem significativa, aconselhamento psicológico, fenomenologia existencial, experiência, desenvolvimento humano, formação do psicólogo e prática psicológica em instituições. Coordena o Laboratório de Estudos em Fenomenologia Existencial e Prática em Psicologia (LEFE) do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo. É membro do GT ANPEPP: Práticas psicológicas em Instituições e líder do Grupo de Pesquisa no Diretório CNPq Aprendizagem Significativa na formação de profissionais de saúde e educação. Bolsa CNPq: PQ-2 – Vigência: 2011 a 2014; 2014 a 2017.



Fernando Finardi
14 de setembro de 2016