Acessibilidade  
Central de Atendimento ao Aluno Área do aluno
Vestibular 2021

A Faculdade de Jornalismo da PUC-Campinas promove no dia 02 de março, às 8 horas, no Auditório Dom Gilberto – Campus I (Rodovia Dom Pedro I, Km 136, Parque das Universidades – Campinas/SP), a exibição do documentário “Estranhos na noite: Mordaça no Estadão em tempos de censura”, produzido pelo jornal O Estado de S.Paulo. Participa do evento o jornalista José Maria Mayrink, respeitado profissional da imprensa e com extensa carreira no Estadão. Após a exibição do documentário, de 1h15, será realizado um debate com o jornalista, que participou ativamente do jornal durante o período dos anos de chumbo.

O filme conta a história de jornalistas que, em defesa da liberdade de imprensa, escreveram suas reportagens sob ameaça de prisão, tortura e morte. A censura imposta pelo AI-5, em 13 de dezembro de 1968, foi mais rigorosa no Estadão, com a presença de censores na redação até 4 de janeiro de 1975, no centenário do jornal. Os agentes da polícia se retiraram nesta data, mas a pressão continuou durante toda a vigência do AI-5, até 13 de dezembro de 1978.

 

Com roteiro do jornalista José Maria Mayrink, direção do cineasta Camilo Tavares e produção do Estadão, “Estranhos na Noite – Mordaça no Estadão em Tempos de Censura” mostra os fatos por meio de depoimentos dos jornalistas e outros profissionais que trabalhavam na redação durante a Ditadura Militar. O filme também traz depoimentos das atrizes Eva Wilma e Irene Ravache e do ex-ministro Delfim Neto.

 

Para contar os bastidores, Mayrink entrevistou os jornalistas Ricardo Kotscho, Miguel Jorge, Carlos Chagas, Oliveiros Ferreira, Fernando Mitre, Flavio Tavares, Sérgio Mota Melo e outros profissionais que participaram desse importante capítulo da história brasileira. O filme conta como nasceu a estratégia de denunciar a censura aos leitores publicando versos de Luiz de Camões e receitas culinárias no lugar das notícias proibidas Também relata como, mesmo depois do fim desse controle, o regime militar perseguiu jornalistas do Estadão com prisões, torturas e ameaças de morte.

 

A entrada do evento é gratuita e aberta a estudantes, docentes, funcionários, ex-alunos e interessados no tema. Não há necessidade de fazer inscrição.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (19) 3343-7158.

 

Serviço
Exibição do documentário “Estranhos na noite: Mordaça no Estadão em tempos de censura”

Dia: 02 de março de 2016
Horário: 8h
Local: Auditório Dom Gilberto – Campus I da PUC-Campinas (Rodovia Dom Pedro I, Km 136, Parque das Universidades – Campinas/SP)
Entrada gratuita



Portal Puc-Campinas
29 de fevereiro de 2016