Acessibilidade  
Central de Atendimento ao Aluno Área do aluno
Vestibular 2021

A semana de 23 a 26 de fevereiro marca o início do ano letivo na PUC-Campinas. Por meio de diversas atividades, envolvendo todos os centros da Universidade – Centro de Linguagem e Comunicação (CLC), Centro de Ciências Exatas, Ambientais e de Tecnologia (CEATEC), Centro de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas (CCHSA), Centro de Economia e Administração (CEA) e Centro de Ciências da Vida (CCV) – os veteranos recepcionam os alunos ingressantes.

A PUC-Campinas desenvolve a prática de ações solidárias, como a arrecadação de agasalhos, alimentos, livros, brinquedos para serem doados a instituições de caridade, entre outras atividades que tragam melhoria de vida nas comunidades carentes. “O objetivo da ação social é despertar o espírito solidário e de cidadania nos calouros e veteranos, proporcionando aos estudantes uma aproximação entre eles e a comunidade”, esclarece o Presidente do Comitê Permanente de Acolhida aos Calouros, Prof. Me. José Donizeti de Souza.

 

Este ano, os cursos de Arquitetura e Urbanismo e Engenharia Ambiental promovem ações no Núcleo de Ação Social (localizado no Real Parque) e no Lar dos Velhinhos de Campinas, como cultivo de horta, pintura, além de arrecadação de roupas e alimentos. Os cursos de Biblioteconomia, Ciências Sociais, Direito, Educação Física, Filosofia, História, Pedagogia, Serviço Social e Teologia promovem arrecadação de produtos para a Casa Maria de Nazaré e Casa Hosana, no bairro Satélite Iris I. O curso de Engenharia Química também promove ações solidárias na Associação Pestalozzi de Campinas, como pintura de muro e gincana solidária para arrecadação de produtos para doação.

 

Outras atividades, como palestras com profissionais em atividade no mercado de trabalho, plantio de mudas, tour pelos Campi, apresentações der dança, bate-papo com os Diretores de Faculdades e gincanas, marcam a recepção aos calouros. Destaque para a “Calour´Arte”, uma noite cultural e artística para os ingressantes, na qual os veteranos irão apresentar aos calouros as atividades do Centro de Cultura e Arte (CCA), por meio da atuação artística nos grupos de teatro, dança, coral, música popular e música de câmara 

 

Todas as ações são coordenadas pelo Comitê Permanente de Acolhida aos Calouros, formado por Diretores de Centros, docentes representantes e funcionários de diversos órgãos da Instituição. O Comitê é responsável por planejar, executar e avaliar todas as atividades voltadas à chegada de novos acadêmicos à PUC-Campinas.

 

Trote é proibido

 

A prática de qualquer tipo de trote é proibida na Universidade pela Resolução Normativa PUC nº 018/2005.  De acordo com a Resolução, comprovada a participação, os autores do trote devem ser submetidos às penalidades previstas em seu Estatuto e Regimento Geral.

 

A PUC-Campinas é favorável a todo tipo de recepção que integre calouros e veteranos. No entanto, se posiciona completamente contra ao trote que constrange, intimida e machuca física e emocionalmente o calouro. “Por isso, no lugar de trotes, a Universidade propõe ações solidárias que são excelentes oportunidades de integrar calouros e veteranos e, ainda, praticar o bem à comunidade, contribuindo para a construção de uma sociedade justa e solidária”, analisa o Prof. Me. José Donizeti de Souza.

 

O veterano que praticar atos agressivos aos calouros será punido, conforme resolução normativa da Universidade. E, em caso de constrangimento, é possível denunciar por meio do Fone Trote: (19) 3343-7241.

 

Saiba mais aqui



Portal Puc-Campinas
23 de fevereiro de 2015