Acessibilidade  
Central de Atendimento ao Aluno Área do aluno
Vestibular 2021

Fragmentos da história de jornais campineiros, desde o Diário do Povo criado em 1912, até o Destak, último veículo impresso, lançado em 2011, passando pelos anos 70 e 80, fase em que a cidade contava com diversas experiências como a Sucursal do Estadão, a Folha Sudeste e o Jornal de Domingo, são contadas no livro “A imprensa em Campinas – retratos da história”, da Editora Setembro, que dedica também dois capítulos ao jornal Correio Popular. O evento de lançamento será no dia 1° de março, terça-feira, no Giovanetti Cambuí (Campinas), às 19h.

 

O livro, organizado por Carlos Gilberto Roldão, Fabiano Ormaneze e Ivete Cardoso do Carmo-Roldão, reúne professores da Faculdade de Jornalismo da PUC-Campinas e dois jornalistas (ex-alunos da Universidade), e será comercializado a R$ 40,00. Alguns autores contam histórias das quais fizeram parte em diferentes períodos do jornalismo campineiro. O objetivo desse registro é preencher uma lacuna importante para a história da imprensa e da própria cidade de Campinas.

 

A pesquisa foi feita com base em documentos, arquivo de jornais e entrevistas. Com o prefácio do respeitado jornalista Zaiman de Brito Franco e o posfácio do renomado professor e pesquisador José Marques de Melo, a obra está dividida em 12 capítulos:

• Diário do Povo (1912-2012): uma história centenária, de Carlos Gilberto Roldão e Ivete Cardoso do Carmo-Roldão

 

• O braço do Estadão em Campinas, de Juliana Sangion e Rosemary Bars Mendez

 

• Getulino: imprensa negra e luta contra a discriminação em Campinas, de José Roberto Gonçalves

 

• Do chumbo ao offset: a modernização gráfica do Correio Popular, de Marcel J. Cheida

 

• Correio Popular: o cenário a partir da criação da RAC, de Cyntia Belgini Andretta

 

• Jornal de Hoje: comunistas, grevistas e bem-humorados, de Carlos Alberto Zanotti

 

• Jornal de Domingo: um semanário de sucesso por mais de 20 anos, de Cecília Helena Toledo-Vieira

 

• Folha Sudeste: uma trajetória de dez anos concorrendo com a mídia campineira, de Luiz Roberto Saviani Rey

 

• A Gazeta Mercantil em Campinas: estratégia de regionalização em contexto de crise, de Maria Lúcia de Paiva Jacobini

 

• A experiência do Metro e Destak em Campinas, de Adauto Marin Molck

 

• Notícia Já: jornalismo popular em Campinas, de Benedicto Carlos Chiquino Júnior e Márcia Eliane Rosa

 

• Mulheres na imprensa de Campinas: dos pseudônimos às grandes reportagens, de Fabiano Ormaneze

 

Serviço
“A imprensa em Campinas – retratos da história”

Organizado pelos jornalistas, docentes da PUC-Campinas, Carlos Gilberto Roldão, Fabiano Ormaneze e Ivete Cardoso do Carmo-Roldão
Lançamento: 01 de março de 2016
Local: Giovanetti Cambuí – Rua Padre Vieira, nº 1277 – Campinas/SP
Horário: 19h



Portal Puc-Campinas
16 de fevereiro de 2016