Acessibilidade  
Central de Atendimento ao Aluno Área do aluno
Vestibular 2021

Na próxima semana o Campus I da PUC-Campinas será o palco do 2º Arte Intrusa, um projeto que reúne atores com e sem deficiência, realizado em parceria pelo Centro Interdisciplinar de Atenção ao Deficiente (Ciad), da Universidade, e pelo Laboratório do Ator. O evento ocorrerá na sexta-feira (06/10), a partir das 10h, no Auditório Dom Gilberto, Campus I – Rodovia Dom Pedro I, km 136, Parque das Universidades. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas diretamente no Ciad.

O projeto resultou na criação da Companhia de Arte Intrusa, que visa difundir uma concepção diferente sobre o trabalho de teatro para pessoas portadoras de necessidades especiais. Não se trata de superar limites, mas assumir as próprias características de cada indivíduo no espaço cênico. São os diferentes seres, a partir da apropriação consciente de seus corpos, de suas relações e de sua carga poética que compõem as cenas levadas ao palco.

O evento terá uma abertura solene, na qual o projeto será apresentado ao público presente. No período da tarde, das 14h às 18h, haverá uma oficina aberta a todos os interessados em conhecer os exercícios e as técnicas desenvolvidas pela Companhia. A atividade será ministrada pela preparadora corporal Valéria Franco e pelo diretor José Tonezzi. Às 20h, haverá demonstrações de cenas, conforme a concepção dramática expressa pelo projeto. Todas essas atividades serão realizadas no Auditório Dom Gilberto, abertas ao público e com ingressos gratuitos.

Para participarem da oficina os interessados devem fazer inscrição através dos telefones do Ciad: (19) 3756-7116 e 3756-7022. Informações sobre a Companhia de Arte Intrusa podem ser obtidas com José Tonezzi pelo telefone (19) 9222 5956.

CIAD promove evento nacional sobre inclusão

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), no Brasil cerca de 14,5% da população são de pessoas com algum tipo de deficiência. A professora Roberta Puccetti, coordenadora do Ciad, diz que somente na década de 80 este grande contingente populacional passou a sair de suas casas. “Nos anos 90 as pessoas com deficiência já contaram com mais oportunidades de inclusão na sociedade, embora ainda tenhamos muito o fazer por elas”, observa Roberta.

O Ciad promoverá em novembro o Congresso Nacional sobre Inclusão de Pessoas com Deficiência, que deverá reunir os principais especialistas brasileiros na PUC-Campinas, a fim de fomentar debates sobre a sociedade e os deficientes. Paralelamente ao Congresso, ocorrerá o Festival de Arte Sem Barreira Albertina Brasil. O Festival é vinculado ao Programa Arte Sem Barreira da Fundação Nacional de Arte (Funarte), que visa a promoção da arte, educação e a expressão criativa de jovens e adultos.



Portal Puc-Campinas
29 de setembro de 2006